domingo, 15 de março de 2015

Melhor do início ao fim, Minas atropela Brasil Kirin e pega Sada Cruzeiro na semi da Superliga

Superior durante toda a série, equipe minas-tenista conta com grande atuação defensiva, fecha o jogo em 3 a 0 e garante a vaga em dois jogos


De Belo Horizonte.
Por João Vítor Marques.

15/03/2015 – A expectativa para o confronto de quartas de final entre Minas Tênis Clube e Brasil Kirin era de muito equilíbrio, afinal, apenas um ponto separou as duas equipes durante a primeira fase da Superliga Masculina de Vôlei 2014/2015. Mas a história foi completamente diferente. Após vencer o primeiro jogo por 3 sets a 0 em casa, o Minas viajou a Campinas e atropelou o adversário. Com ótima atuação da defesa – a melhor da Liga segundo as estatísticas da CBV  e boas participações ofensivas de Otávio e Escobar, a equipe passou fácil nos dois primeiros sets: 25 a 16 e 25 a 17. Os donos da casa só acordaram no terceiro set, mas não dava mais. Após jogo equilibrado, o Minas fez 28 a 26, fechou a série em 2 a 0 e se classificou para a semifinal, onde se reencontrará com o rival Sada Cruzeiro, que eliminou o Montes Claros também em dois jogos.

Foto: Orlando Bento/Minas

Com 12 pontos e essencial nos bloqueios, o central Otávio dividiu a responsabilidade com o oposto Escobar (15 pontos) e levou o Troféu VivaVôlei. O ponteiro Canuto também saiu de quadra com 12 pontos. Pelo time de Campinas, o ponta e capitão João Paulo Bravo foi o principal pontuador, outro com 12 acertos. 

As quartas de final da Superliga seguem ainda neste domingo, às 13h, com Vôlei Canoas e Taubaté/Funvic, no Ginásio Poliesportivo La Salle. Na primeira partida, o Taubaté confirmou o favoritismo e venceu por 3 sets a 0 (33/31, 25/16 e 25/17). No outro jogo, disputado no sábado (14), o Maringá fez valer o mando de quadra, derrotou o Sesi por 3 sets a 1 e levou a decisão para o terceiro jogo, realizado às 18h30 desta segunda (16).

Quando a bola subiu...

Com muitas dificuldades na cobertura e no bloqueio, o Brasil Kirin começou mal e logo viu o Minas abrir vantagem em boa sequência de saques flutuantes de Flávio. As atuações consistentes de Otávio e Escobar – que juntos marcaram 11 pontos – aliadas aos erros sucessivos da equipe paulista deram tranquilidade aos visitantes. O total domínio mineiro levou a uma vitória tranquila por 25 a 16.

O segundo set da partida foi quase uma repetição do primeiro: o bom trabalho de recepção dos visitantes dava tranquilidade ao levantador Everaldo, que distribuía bem as bolas entre os atacantes. O Brasil Kirin até esboçou reação, chegou a ficar apenas um ponto atrás, mas a manhã parecia mesmo da boa atuação coletiva do Minas. A defesa era principal destaque, com ótima participação do bloqueio. Nos contra-ataques, era a hora de Escobar aparecer: o oposto cubano seguiu como bola de segurança e pontuou cinco vezes na vitória tranquila por 25 a 17.

Apesar de o ataque do Brasil Kirin ter melhorado no terceiro set com a boa atuação de Bravo, a tônica do jogo parecia a mesma: Minas começa bem, abre vantagem e lidera o placar durante quase todo o jogo. Mas não foi bem assim. A equipe mineira até impôs um bom ritmo no início, chegou a ficar quatro pontos na frente, mas errou mais do que o costume: cedeu oito pontos ao adversário no set, mesma quantidade se somados os dois sets anteriores. Após uma sequência de bons saques de Vini, o Brasil Kirin empatou em 24 a 24 e teve um set point logo na sequência. Mas não teve jeito. O Minas fez jus à superioridade na série e encerrou o jogo de forma categórica: após recepção errada do Brasil Kirin, Everaldo teve a bola na mão para acionar Escobar pela ponta. O oposto cubano passou pelo bloqueio duplo e fechou o equilibrado terceiro set em 28 a 26.

Ficha do jogo:

Brasil Kirin 0x3 Minas Tênis Clube 
16/25, 17/25 e 26/28

BRASIL KIRIN:
Começaram: Sandro (0 ponto), Vini (5), João Paulo Bravo (12), João Paulo Tavares (9), Gustavão (7) e Luizinho (6). Líbero: Alan.
Entraram: Jotinha (0), Bahiano (1) e Ary (3).
Técnico: Alexandre Stanzioni

MINAS:
Começaram: Everaldo (3), Escobar (15), Samuel (10), Canuto (12), Flávio (2) e Otávio (12). Líbero: Lucianinho.
Entraram: Felipe (0), João (0) e Franco (0).
Técnico: Nery Tambeiro

2º jogo das quartas de final da Superliga Masculina de Vôlei 2014/2015
Local: Arena Taquaral, em Campinas (SP)
Data: 15/03/2015
Horário: 10h30 (de Brasília) 

Melhor em quadra - Troféu VivaVôlei: Otávio (MTC)

Maior pontuador: Escobar (MTC), com 15 pontos


***

QUARTAS DE FINAL - SUPERLIGA MASCULINA:

1ª rodada - todos os jogos com transmissão do SporTV:
Sábado (7/3), às 10h30:
21h30:
Domingo (8/3), às 13h:
Segunda (9/3), às 18h30:

***

2ª rodada - todos os jogos com transmissão do SporTV:
Sábado (14/3), às 12h30: 
21h30: 
Domingo (15/3), às 10h30: 
Brasil Kirin 0x3 Minas, no Taquaral, em Campinas (SP) - 16/25, 17/25 e 26/28
13h: 
Canoas x Taubaté, no La Salle, em Canoas (RS) 

***

3ª rodada (se necessário):
Segunda (16/3), às 18h30: 
Sesi-SP x Maringá, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) 
Terça (17/3), às 21h30: 
Minas x Brasil Kirin, na Arena Minas TC, em Belo Horizonte (MG) 
Taubaté x Canoas, no Abaeté, em Taubaté (SP)

0 comentários :

Postar um comentário