segunda-feira, 9 de março de 2015

Após Feijão perder batalha, Bellucci não segura Delbonis e Argentina avança às quartas da Davis

Duelo entre Delbonis e Bellucci, adiado por falta de luz natural no domingo, termina nesta segunda com vitória argentina. Hermanos encaram a Sérvia nas quartas


De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

09/03/2015 - O argentino Leonardo Mayer (27º do mundo) e o brasileiro João Souza (72º) protagonizaram o duelo mais longo da história da Copa Davis em jogos de simples, com vitória do argentino após 6h42min, neste domingo (8). Se Feijão vencesse, a série da primeira rodada da competição entre seleções seria fechada a favor do Brasil, e Thomaz Bellucci (85º) e Federico Delbonis (83º) nem precisariam entrar em quadra na sequência. Como o resultado foi favorável à Argentina, empatando o confronto em 2 a 2, Delbonis e Bellucci voltaram à quadra nesta segunda-feira (9) para finalizar um duelo iniciado na noite anterior e interrompido devido à falta de luz natural. E o resultado foi favorável ao argentino, empurrado pela barulhenta torcida no complexo Tecnópolis, em Buenos Aires.

Delbonis, que havia vencido o primeiro set por 6/3, completou a vitória com 3/6, 6/2 e 7/5, fechou a partida em 3 sets a 1 (3h de confronto) e classificou a Argentina às quartas de final da Davis, onde irá se encontrar com a Sérvia de Novak Djokovic. Os jogos serão realizados entre os dias 17 e 10 de julho.

Bellucci não conseguiu classificar o Brasil às quartas da Davis, feito inédito desde 2001.
(Foto: Divulgação/Brasil Open)

O Brasil chegou a estar em vantagem após João Souza vencer Carlos Berlocq na sexta-feira, e a dupla Marcelo Melo/Bruno Soares vencer Berlocq e Diego Schwartzman nas duplas no sábado. Porém, Mayer, que já havia vencido Bellucci na sexta, empatou a série com a vitória história do domingo e forçou a definição no quinto jogo.

Com a eliminação, o Brasil disputará novamente a repescagem para tentar retornar ao Grupo Mundial. O adversário será definido em sorteio e os confrontos serão realizados em setembro. Alemanha, Estados Unidos, República Tcheca, Itália, Croácia, Japão e Suíça também foram eliminados na primeira rodada (confira os resultados no fim da matéria).

O jogo

Após o 6/3 feito por Delbonis no domingo, o jogo recomeçou duro nesta segunda-feira. Bellucci teve que salvar três break points para confirmar o serviço logo no terceiro game da parcial, mas se safou e seguiu no jogo. O brasileiro soube fazer o argentino cometer erros e esperar a oportunidade para atacar, até conseguir a quebra no oitavo game. Sacando para o set, Bellucci fez 6/3 e empatou o jogo em 1 a 1.

Delbonis iniciou o terceiro set dando mostras de que sentiu a derrota no set anterior. Bellucci esteve em vantagem de 15-40 para quebrar o serviço adversário logo de cara, mas o argentino se recuperou. E mais: foi Delbonis quem conseguiu a quebra no game seguinte, chegando a 3 a 0 na sequência. Bellucci seguiu com muitas dificuldades no seu jogo, acumulando erros não forçados, e, com nova quebra, Delbonis fechou em 6/2 e abriu 2 a 1 no confronto.

A quarta parcial também começou equilibrada, com Bellucci mais firme em seus serviços e conseguindo quebra importante no quinto game, abrindo 3 a 2, apesar de não ser tão agressivo em seus golpes (Delbonis chegou a ter 7 a 0 em winners, mas ia errando muito). Porém, logo na sequência, o argentino devolveu a quebra e voltou a crescer. Bellucci voltou a sacar bem e mostrou estar no jogo ao vencer o oitavo game "de zero" e empatar o set em 4 a 4. Pressionado, Bellucci teve que sacar com um 5/4 contra, mas conseguiu defender seu serviço. Ainda assim, o brasileiro desperdiçava muitas bolas relativamente tranquilas, que impediam seu crescimento no jogo. Novamente pressionado com um 6/5 contra, Bellucci não segurou as devoluções de Delbonis, que quebrou e fechou em 7/5.

Argentina 3x2 Brasil - Tecnópolis, Buenos Aires, Argentina
Carlos Berlocq 2x3 João Souza - 4/6, 6/3, 7/5, 3/6 e 2/6
Leonardo Mayer 3x1 Thomaz Bellucci - 6/4, 6/3, 1/6 e 6/3
Diego Schwartzman/Carlos Berlocq 0x3 Marcelo Melo/Bruno Soares - 5/7, 3/6 e 4/6
Leonardo Mayer 3x2 João Souza - 7/6 (4), 7/6 (5), 5/7, 5/7 e 15/13
Federico Delbonis 3x1 Thomaz Bellucci - 6/3, 3/6, 6/2 e 7/5

Resultados - 1ª rodada da Copa Davis (melhor de 5 jogos):
Alemanha 2x3 França
Grã-Bretanha 3x2 Estados Unidos
República Tcheca 2x3 Austrália
Cazaquistão 3x2 Itália
Argentina 3x2 Brasil
Sérvia 5x0 Croácia
Canadá 3x2 Japão
Bélgica 3x2 Suíça

Confrontos das quartas de final (entre os dias 17 e 19 de julho):
França x Grã-Bretanha
Austrália x Cazaquistão
Argentina x Sérvia
Canadá x Bélgica

0 comentários :

Postar um comentário