sábado, 28 de fevereiro de 2015

Superliga: Sesi-SP bate reservas do Sada Cruzeiro e garante 3º lugar

Com o 1º lugar garantido, time mineiro escala reservas na última rodada e é derrotado pela equipe paulista, que assegura o 3º lugar. Confrontos dos playoffs já estão definidos


De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

28/02/2015 - O Sesi-SP era uma das equipes interessadas na última rodada da fase classificatória da Superliga Masculina de Vôlei 2014/2015, que teve seis jogos na noite deste sábado (28). Ao contrário do rival paulista, que estava de olho na manutenção do terceiro lugar, o Sada Cruzeiro estava tranquilo. Depois de 19 vitórias em 21 jogos, a equipe de Marcelo Méndez já tinha a liderança assegurada (com 10 pontos de vantagem) e colocou em quadra apenas jogadores reservas para o duelo contra o Sesi, disputado no Riacho, em Contagem. Precisando do resultado positivo para não depender de outros jogos, o Sesi aproveitou a ausência das principais peças do time celeste e venceu o confronto por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 25/27, 25/22, 25/21 e 25/20.

Com 21 pontos, o central Lucão foi o principal pontuador da partida. Outro meio de rede do Sesi, Riad anotou 10 pontos, foi escolhido o melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei. Pelo lado do Sada, o maior pontuador foi o oposto PV, com 19 acertos.

Maior pontuador do Sada, PV tenta passar pelo bloqueio do maior pontuador do jogo, Lucão.
(Foto: Divulgação/CBV)

Com a vitória, o Sesi chega aos 45 pontos e termina a fase classificatória em terceiro lugar, com 15 vitórias e sete derrotas. Nas quartas de final, a equipe paulista terá pela frente o sexto colocado, o Ziober Maringá, liderado por Ricardinho. Já o Sada Cruzeiro, que já estava garantido na liderança, terminou a primeira fase com 56 pontos, sete a mais que o vice-líder Taubaté/Funvic, e com 19 vitórias e três derrotas. Na primeira etapa dos playoffs, o adversário do atual campeão será outro mineiro, o Montes Claros, que ficou na oitava posição. Datas e horários ainda serão divulgados. Clique e confira tudo sobre a rodada final e os jogos das quartas

O jogo

O treinador Marcos Pacheco preparou o Sesi para encarar Wallace, Leal, William e companhia e foi surpreendido por um Sada Cruzeiro formado pelos jogadores reservas. O técnico Marcelo Méndez poupou o time titular para dar ritmo aos atletas que tiveram poucas oportunidades ao longo da Superliga. Com grande atuação do levantador Fernando, os donos da casa fizeram bonito no primeiro set. O time paulista encontrou dificuldades para marcar as jogadas ofensivas de oponentes não tão conhecidos. O Sada apresentou bom volume de jogo, esteve em vantagem no marcador na maior parte do set e venceu por 27 a 25.

O segundo set começou com muitos erros de saques pelos dois lados. Quando as equipes acertaram esse fundamento, o jogo passou a ter grandes lances no ataque. Ambos mostraram um bom repertório ofensivo para vencer a marcação adversária. Após ser surpreendido no primeiro set, o Sesi, com o passar do tempo, conseguiu fazer uma melhor leitura do oponente e encaixou o seu ataque, abrindo 18 a 15. Porém, depois de uma boa passagem de PV pelo saque, o Sada igualou o marcador em 18 a 18. Apesar da reação dos donos da casa, o time visitante foi decisivo na reta final e não deu chances ao adversário. O Sesi venceu a parcial por 25 a 22 e deixou o jogo empatado. 

A exemplo do set anterior, os dois times foram protagonistas de um festival de erros de saques na terceira parcial. Além da dificuldade para acertar o saque, o Sada mostrou problemas com a recepção. Melhor para o Sesi, que esteve em vantagem durante a maior parte do set e não precisou de muito esforço para abrir cinco pontos de vantagem em 21 a 16. O time da casa até correu atrás da diferença, porém, o empenho da equipe mineira não foi o suficiente para evitar a vitória do Sesi, que fechou em 25 a 21 e abriu 2 a 1 no jogo.

A partida continuou no mesmo ritmo no quarto set, com muitos erros de serviço, mas com o Sesi apresentando maior consistência e já abrindo quatro de folga na primeira parada técnica. A partida ficou mais disputada e o Cruzeiro chegou a empatar o jogo em 12 a 12. Entretanto, a superioridade técnica e o volume de jogo do time paulista em relação aos jogadores da equipe mineira que estavam em quadra falaram mais alto. Mais uma vez, o Sesi cresceu no fim do set e venceu com tranquilidade por 25 a 20, decretando a vitória do jogo por 3 sets a 1 e a terceira colocação na Superliga.

Ficha de jogo:

Sada Cruzeiro 1 x 3 Sesi-SP
27/25, 22/25, 21/25 e 20/25

SADA CRUZEIRO:
Começaram: Fernando Cachopa (2 pontos), PV (19), Winters (6), Kadu (13), Douglas Cordeiro (10) e Éder Levi (7). Líbero: Kachel.
Técnico: Marcelo Méndez

SESI-SP:
Começaram: Marcelinho (1), Mão (14), Maurício (10), Lucarelli (15), Lucão (21) e Riad (10). Líbero: Serginho.
Entraram: Theo (4), Murilo (0) e Thiaguinho (0).
Técnico: Marcos Pacheco

Local: Ginásio do Riacho, em Contagem (MG)
Público: 2000
Data: 28/02/15
Horário: 21h30 (de Brasília)

Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Riad (SESI)
Maior pontuador: Lucão (SESI), com 21 pontos

Arbitragem: Paulo Turci (PR) e Gustavo Costa (MG)

***

22ª rodada (11ª do 2º turno) - ÚLTIMA DA PRIMEIRA FASE:
Sábado (28/2), às 21h30: 
Maringá 3x0 São José dos Campos, no Chico Neto, em Maringá (PR) - 25/20, 25/20 e 25/19 
UFJF 3x0 São Bernardo, na UFJF, em Juiz de Fora (MG) - 25/19, 25/22 e 25/14 
Taubaté 3x0 Canoas, no Abaeté, em Taubaté (SP) - 25/22, 25/23 e 25/14
Voleisul 1x3 Minas, na Soc. Ginástica, em Novo Hamburgo (RS) - 18/25, 25/23, 20/25 e 13/25 
Montes Claros 3x1 Brasil Kirin, no Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) - 25/23, 22/25, 25/14 e 25/21
Sada Cruzeiro 1x3 Sesi-SP, no Riacho, em Contagem (MG) - 27/25, 22/25, 21/25 e 20/25

PRÓXIMOS JOGOS - QUARTAS DE FINAL (tabela cronológica):
Datas e horários a serem divulgados pela CBV:
(1º) Sada Cruzeiro x Montes Claros (8º)
(2º) Taubaté x Canoas (7º) 
(3º) Sesi-SP x Maringá (6º) 
(4º) Minas x Brasil Kirin (5º)

0 comentários :

Postar um comentário