domingo, 11 de janeiro de 2015

Líder da Superliga, Sada Cruzeiro conquista grande virada sobre o Taubaté e abre 7

Após perder os dois primeiros sets, Sada Cruzeiro vira e vence mais uma partida na Superliga Masculina de Vôlei. Vantagem do líder é de sete pontos


De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

11/01/2015 - Após grande virada, o Sada Cruzeiro venceu o Taubaté/Funvic, no ginásio Abaeté, interior paulista, pela quarta rodada do returno da Superliga Masculina de Vôlei 2014/2015. A equipe mineira, líder da competição, começou a partida com um rendimento abaixo do esperado e perdeu os dois primeiros sets. Entretanto, no terceiro set, o técnico Marcelo Méndez acertou o time e corrigiu os erros defensivos, colocando Filipe e Winters em quadra para melhorar a recepção. Dessa forma, o Sada melhorou no jogo e venceu por 3 sets a 2, com parciais de 19/25, 21/25, 25/22, 25/22 e 15/9. Com mais essa vitória na competição, o Sada Cruzeiro se consolida ainda mais na liderança com 41 pontos, sete pontos de vantagem para o Taubaté e o Brasil Kirin, que vêm em seguida. 

Maiores pontuadores, Wallace e Leozão se encontram na rede.
(Foto: Alexandre Arruda/CBV)

O oposto Wallace, do Sada e da seleção, foi o maior pontuador da partida, com 17 acertos, assim como o também oposto Leozão, do Taubaté. O ponteiro canadense Winters, do Cruzeiro e que começou entre os reservas, saiu de quadra com 14 pontos, um a menos que o também ponta Lipe, do time paulista. O Troféu VivaVôlei ficou com Winters, escolhido o melhor em quadra.

As duas equipes entram em quadra novamente no próximo sábado (17). O Sada Cruzeiro enfrenta a UFJF, às 17h, no Poliesportivo do Riacho, em Contagem. Já o Taubaté encara o Montes Claros, no ginásio Tancredo Neves, no Norte de Minas, às 19h. Antes disso, os times entram em quadra pela segunda rodada da Copa Brasil. O Taubaté recebe o Maringá na quarta (14), às 20h, enquanto o Cruzeiro joga um dia depois, também às 20h, contra a UFJF, mesma adversária do sábado.

O jogo

A partida começou muito equilibrada. As duas equipes disputavam a ponta do marcador ponto a ponto, até que o saque do Taubaté começou a fazer a diferença e o time da casa conseguiu abrir 18 a 14. O Sada Cruzeiro mostrava dificuldades na recepção, o que resultou em um passe quebrado e pouca eficiência no ataque. A equipe mineira não conseguia parar o ataque adversário e, sem força de reação, perdeu-se no jogo, cometendo erros atípicos. Dessa maneira, o Taubaté fechou o primeiro set em 25 a 19.

O segundo set foi de muitos erros pelos dois lados. O Sada Cruzeiro continuou com os mesmos problemas do primeiro set e não conseguia virar a bola. A instabilidade da equipe mineira deixou o Taubaté em uma situação confortável, já que, apesar de ter errado mais, esteve grande parte do set à frente no marcador e com vantagem. O time paulista não teve dificuldades de fazer 19 a 16 diante de um adversário apático e foi só questão de tempo para fechar o set em 25 a 21.

O Sada Cruzeiro esboçou uma reação no início do terceiro set, abrindo 8 a 5. Porém, o Taubaté se recuperou e deixou tudo igual em 12 a 12. O time visitante acertou a recepção com Filipe e Winters, dando mais liberdade para William e Wallace, e começou a apresentar efetividade no ataque. Com o melhor rendimento dos mineiros, a partida ficou mais equilibrada, apesar das duas equipes não deixarem de cometer muitos erros. Na reta final do set, o Sada Cruzeiro sustentou a vantagem que conseguiu construir e venceu por 25 a 22.

O quarto set foi o mais disputado e o de melhor qualidade técnica, com os dois times revezando na ponta do marcador até o fim com grandes ralis. O Sada Cruzeiro começou na frente, porém, o Taubaté não deu moleza e ficou na cola da adversário. O equilíbrio permaneceu até a equipe mineira conseguir abrir 23 a 21 e, com o bloqueio sendo um fundamento chave, o Sada deixou tudo igual na partida após fechar o set novamente em 25 a 22.

No tie-break, o Sada Cruzeiro manteve o ritmo e sem muito esforço fez 8 a 3. A equipe mineira não dava espaço para o adversário e foi decisiva no último set. O levantador William, que teve atuação apagada no principio da partida, fez grandes jogadas. O Taubaté, que havia vencido os dois primeiros sets com tranquilidade, não se encontrava no momento crucial do jogo e acabou sendo dominado pelo time visitante, que venceu o set por 15 a 9.

Ficha de jogo:

Taubaté 2 x 3 Sada Cruzeiro
(25/19, 25/21, 22/25, 22/25, 9/15)

TAUBATÉ:
Começaram: Raphael, Leozão, Dante, Lipe, Sidão e Maurício. Líbero: Felipe.
Entraram: Lorena, Diego, Djalma, Pedro.
Técnico: Cezar Douglas

SADA CRUZEIRO:
Começaram: William, Wallace, Winters, Leal, Eder e Isac. Líbero: Serginho.
Entraram: PV, Fernando, Filipe.
Técnico: Marcelo Méndez

Local: Ginásio Abaeté, em Taubaté (SP)
Público: 2200
Data: 10/01/2015
Horário: 21h30 (de Brasília)

***

15ª rodada (4ª do 2º turno):
Sábado (10/1), às 11h: 
Voleisul 3x1 Montes Claros, na Soc. Ginástica, em Novo Hamburgo (RS) - 21/25, 25/21, 25/23 e 25/22
17h: 
São Bernardo 0x3 Minas, no Adib Moises Dib, em São Bernardo do Campo (SP) - 18/25, 28/25 e 21/25
18h: 
Canoas 3x0 São José dos Campos, no La Salle, em Canoas (RS) - 25/20, 25/18 e 26/24
18h30: 
Maringá 3x0 Brasil Kirin, no Chico Neto, em Maringá (PR) - 25/15, 25/15 e 25/18
19h:
UFJF 3x2 Sesi-SP, na UFJF, em Juiz de Fora (MG) - 25/20, 20/25, 25/22, 21/25 e 15/12
21h30: 
Taubaté 2x3 Sada Cruzeiro, no Abaeté, em Taubaté (MG) - 25/19, 25/21, 22/25, 22/25 e 9/15 - ao vivo no SporTV


0 comentários :

Postar um comentário