sábado, 10 de janeiro de 2015

Em grande jogo, Molico/Nestlé bate Brasília e vai à semi da Copa Brasil de Vôlei Feminino

No tie-break, Osasco supera equipe do Distrito Federal e fará a semi contra o Sesi. A outra será entre Rexona-Ades e Pinheiros 


De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

10/01/2015 - Em grande jogo, digno de uma eliminatória, o Molico/Nestlé - mesmo com três desfalques importantíssimos - venceu o Brasília Vôlei por 3 sets a 2 (27/25, 15/25, 25/23, 21/25 e 15/10) e cravou uma das vagas para a semifinal da Copa Brasil de Vôlei Feminino. A partida das quartas de final foi disputada no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), na noite dessa sexta-feira (9). Nesta Copa Brasil, as oito melhores equipes do primeiro turno da Superliga Feminina se classificaram e se enfrentaram em cruzamento olímpico.

A oposta Ivna, do Osasco, foi a maior pontuadora da partida, com 20 acertos, enquanto Adenízia, Gabi e Marjorie anotaram 15.

Adenízia vibra: ela anotou 15 pontos na suada vitória.
(Foto: Divulgação/Molico Nestlé)

Nos outros jogos da noite, vitórias mais tranquilas. O adversário do Osasco, o Sesi-SP, sem muitas dificuldades, venceu o Camponesa/Minas, no ginásio da Vila Leopoldina, por 3 sets a 0 (25/21, 25/21 e 31/29). Já o Pinheiros bateu o Dentil/Praia Clube pelo mesmo placar (25/11, 25/20 e 25/22), enquanto o Rexona-Ades venceu o São Cristóvão Saúde/São Caetano também em três sets (25/12, 25/22 e 25/18).

As semifinais serão disputadas no dia 16, sexta-feira da próxima semana, às 17 e 22h (de Brasília), no Poliesportivo Colégio Salesiano São Gonçalo, em Cuiabá (MT). A primeira será entre Rexona-Ades e Pinheiros e a segunda, entre Sesi-SP e Molico/Nestlé. A final também será sediada no mesmo local, no dia 17, sábado, às 19h30. 

O jogo

Molico e Brasília entraram em quadra com desfalques importantes. Osasco perdeu Thaisa, Dani Lins e Carcaces, enquanto o Brasília não contou com Erika Coimbra, com uma tendinite. Mesmo com tantos desfalques, o jogo não perdeu em emoção e as meninas não deram chance para o azar. No primeiro set, as duas equipes disputavam ponto a ponto, até o momento em que o Osasco abriu dois pontos de vantagem (18/16). A equipe candanga não permitiu a reação paulista e chegou a passar à frente no placar (23/22). Contudo, o Molico virou e fechou a etapa em 27 a 25.

No segundo set, o Brasília deu um show à parte. E com as atuações expressivas de Paula Pequeno, Elisângela e Roberta, a equipe de Sergio Negrão tinha um aproveitamento excepcional de pontos de bloqueio, saques e de ataque. O Molico cometia erros infantis, como saques e recepção. No final, vitória candanga por 25 a 15.

O set seguinte mostrou uma sequencia incrível de pontos do Brasília, apontado também pelo nervosismo do Molico/Nestlé. O placar chegou a ficar 16/9 para as candangas, mas após pedido de tempo de Luizomar de Moura, a equipe paulista marcou sete pontos seguidos até virar o placar (18/17). O Brasília se descontrolou em quadra e passou a cometer vários erros, que ajudaram o Osasco a vencer por 25 a 23.

No quarto set, decisivo para ambos os times, o Molico/Nestlé começou melhor e aproveitando os ataques com muita excelência, mas o Brasília se ajeitou em quadra com as orientações de Sergio Negrão e ficou à frente no placar (13/10). Durante a etapa, as candangas não deram chances e venceram por 25 a 21, com destaque para Paula Pequeno e Bruna.

No "tie-break", os pontos eram disputados um a um, até o erro de saque de Bruna, que ofereceu a vantagem de 6/4 para o Molico/Nestlé. Era o suficiente para Osasco atuar com maestria, abrir vantagem e vencer por 15 a 10, fechando em 3 sets a 2.

Copa Brasil de Vôlei - Quartas de final:
Sexta (9/1), às 19h30:
Rexona-Ades 3 x 0 São Cristóvão Saúde/São Caetano - 25/12, 25/22 e 25/18
Sesi-SP 3 x 0 Camponesa/Minas - 25/21, 25/21 e 31/29
Pinheiros 3 x 0 Dentil/Praia Clube - 25/11, 25/20 e 25/22
21h30:
Molico/Nestlé 3 x 2 Brasília Vôlei - 27/25, 15/25, 25/23, 21/25 e 15/10

Semifinais - Jogos no Poliesportivo Colégio Salesiano São Gonçalo, em Cuiabá (MT):
Sexta (16/1), às 17h:
Rexona-Ades x Pinheiros
22h:
Molico/Nestlé x Sesi-SP

Final: 
Sábado (17/1), às 19h

0 comentários :

Postar um comentário