terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Superliga Feminina: Rexona-Ades vence Sesi-SP e termina 1º turno na liderança

Reeditando a final da última temporada, Rio vence Sesi fora de casa e é único invicto


De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

22/12/2014 - Oito meses depois, Rexona-Ades e Sesi-SP reeditaram a finalíssima da temporada 2013/2014 da Superliga Feminina de Vôlei. E assim como foi na decisão passada, o Rio de Janeiro bateu a equipe paulistana por 3 sets a 1 (25/20, 20/25, 25/20 e 25/18), em partida disputada no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), em 2h10 de jogo válido pela 13ª e última rodada do primeiro turno da competição. A equipe carioca corria o risco de perder a liderança, mas fecham a primeira fase em primeiro lugar, com 35 pontos e com 12 vitórias em 12 jogos.

O time paulista, que também vinha invicto, precisava vencer por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1 para ultrapassar as adversárias. O Sesi fechará a primeira parte da fase classificatória em segundo lugar, e ainda tem um jogo a fazer. No momento, o time tem 29 pontos (10 vitórias e uma derrota).

Rio encerra primeiro turno como líder isolado.
(Foto: Alexandre Arruda/CBV)

O Troféu VivaVôlei foi dado para a veterana Fofão, do Rexona-Ades. Comemorando a boa fase, a levantadora foi escolhida a melhor jogadora em quadra. A maior pontuadora do jogo também foi da equipe carioca: a ponteira Gabi marcou 20 pontos. Do lado do Sesi, 12 pontos da ponteira Mari Cassemiro.

A Superliga Feminina de Vôlei volta em 2015 para a maioria dos times, mas o Sesi-SP ainda tem um jogo adiado por fazer. Na segunda-feira (29), às 18h (de Brasília), recebe o Rio do Sul/Equibrasil na Vila Leopoldina, em duelo da terceira rodada. O Rexona-Ades retorna apenas no dia 13 de janeiro contra o São José dos Campos, às 19h30, no interior paulista.

O jogo

Com início arrasador, o Rexona-Ades saltou à frente no placar com eficiência nos ataques e eficiência nos bloqueios (4/0). O Sesi-SP conseguiu empatar (7/7) após parada do técnico Talmo de Oliveira para consertar os erros do time paulistano. Depois disso, a equipe carioca aproveitou os erros adversários para abrir cinco pontos de vantagem (16/11). Após nova parada do treinador paulista, o Sesi-SP voltou a encostar (17/15). Bernardinho parou o jogo para orientar as atuais campeãs da Superliga e a parada fez bem. O Rio de Janeiro voltou melhor, abriu boa vantagem (21/16) e fechou o primeiro set em 25/20.

No set seguinte, foi a vez do Sesi-SP jogar as cartas na mesa e fazer as visitantes entrarem em seu jogo. Abrindo 4/1, as paulistanas continuaram se aproveitando dos erros do Rexona e abriram 8/4. A diferença subiu para cinco pontos (15/10), mas com recuperação das cariocas, que chegaram a empatar o jogo (15/15). O bloqueio tornou-se um aliado das paulistas, que voltaram à frente (21/19) e conseguiram empatar o jogo em 25/21.

O terceiro set começou equilibrado, mas com leve vantagem para o Rexona-Ades (5/3), que seguiu a frente até a primeira parada técnica (8/5). Na volta, os pontos de saque e ataque aumentaram a vantagem para cinco pontos (14/9). Posteriormente, foi a vez do Sesi-SP encostar (14/13), mas no fim, os ataques de Natália e Carol foram certeiros e determinantes para mais uma vitória carioca por 25/20.

No quarto set, o Rexona-Ades deu um show logo de início (8/2), colocando a torcida visitante em festa na Vila Leopoldina. As visitantes continuaram ditando o ritmo e mantendo a vantagem no placar (16/9). No final, deu Rio de Janeiro de novo, dessa vez por 25/18, fechando a partida em 3 sets a 1, repetindo o placar da final da última edição da Superliga Feminina de Vôlei.

Ficha do jogo:

Sesi-SP 1x3 Rexona-Ades
20/25, 25/21, 20/25 e 18/25

SESI-SP:
Começaram: Carol Albuquerque (1 ponto), Bárbara (5), Suelle (8), Mari Cassemiro (12), Fabiana (10) e Bia (9). Líbero: Suellen
Entraram: Claudinha (0), Liz (0) e Pri Dariot (6).
Técnico: Talmo de Oliveira

REXONA-ADES:
Começaram: Fofão (3), Bruna (15), Gabi (20), Natália (12), Juciely (12) e Carol (11). Líbero: Fabi
Entraram: Roberta (1), Régis (2) e Amanda (0).
Técnico: Bernardinho

13ª rodada da Superliga Feminina de Vôlei 2014/2015
Local: Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)
Público: 800
Data: 22/12/2014
Horário: 21h (de Brasília)

Troféu VivaVôlei: Fofão (REX)
Maior pontuadora: Gabi (REX) - 20 pontos

***


13ª rodada:

Domingo (21/12), às 14h: 
Molico/Nestlé 3x0 São José dos Campos, no José Liberatti, em Osasco (SP) - 25/16, 25/18 e 25/12 - ao vivo no SporTV
17h: 
Praia Clube 3x0 Maranhão, no Praia Clube, em Uberlândia (MG) - 25/16, 25/23 e 25/17
Segunda (22/12), às 15h30: 
São Caetano 1x3 Minas, no Lauro Gomes, em São Caetano (SP) - 21/25, 15/25, 25/19 e 19/25 - ao vivo no SporTV
19h30: 
Pinheiros 3x0 Rio do Sul, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) - 28/26, 25/18 e 25/22
20h: 
Brasília 3x0 Uniara, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) - 25/17, 25/20 e 25/22
21h: 
Sesi-SP 1x3 Rexona-Ades, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) - 20/25, 25/21, 20/25 e 18/25 - ao vivo no SporTV


0 comentários :

Postar um comentário