quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

No tie-break, líder Sada Cruzeiro bate o Minas e segue invicto na Superliga

No clássico mineiro e jogando na casa do Minas, atual campeão abre 2 a 0, mas só fecha após cinco sets. Cruzeiro tem nove vitórias em nove jogos


De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

04/12/2014 - Em mais um clássico mineiro na temporada 2014/2015, o Minas recebeu o Sada Cruzeiro na Arena Minas Tênis Clube na noite dessa quarta-feira (3) tentando manter o bom momento e quebrar a invencibilidade do rival, atual campeão da Superliga Masculina de Vôlei, Em jogo válido pela nona rodada do torneio, o time visitante abriu dois sets com facilidade. Porém, após um apagão cruzeirense, os donos da casa cresceram na partida e buscaram o empate. Apesar da reação do Minas, o Sada levou a melhor no tie-break e venceu por 3 sets a 2, com parciais de 25/16, 25/17, 18/25, 22/25 e 15/9. Esse resultado mantém o Sada Cruzeiro invicto na competição e líder, com 26 pontos. O Minas, por ter levado o jogo para o set desempate, conseguiu um ponto e subiu para o quarto lugar, com 16.

O maior pontuador do jogo foi o cubano Escobar, do Minas, com 15 pontos. Pelo Sada Cruzeiro, o oposto Wallace e o ponteiro Leal marcaram 14 pontos cada, um a mais que o central Éder, que foi eleito o melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei.

Wallace foi um dos maiores pontuadores da partida. 
(Foto: Orlando Bento/Minas TC)

O jogo

A partida começou equilibrada e, na primeira parada técnica, o Sada Cruzeiro terminou à frente com uma vantagem pequena, 8 a 6. O Minas voltou apresentando dificuldade para marcar o ataque cruzeirense, que era muito efetivo e tinha várias opções nas jogadas bem distribuídas pelo levantador William. Dessa maneira, os visitantes foram para o segundo tempo técnico com seis pontos de vantagem e, sem muito esforço, conseguiram fechar o set em 25 a 16.

Como no primeiro, o segundo set iniciou com as duas equipes brigando ponto a ponto pela frente do marcador e novamente o Sada Cruzeiro foi para o primeiro tempo técnico à frente, agora por 8 a 7. O time da casa continuava com dificuldades na recepção, entretanto, mostrava mais qualidade no ataque, impedindo que os cruzeirenses abrissem uma grande vantagem no marcador. Mesmo assim, o time visitante estava à frente na segunda parada técnica: 16 a 13. Na reta final do set, a força ofensiva cruzeirense sobressaiu e o Sada fechou em 25 a 17.

Parecia que o Sada Cruzeiro venceria o terceiro set com facilidade, entretanto, o time caiu de ritmo e o Minas dominou. Pela primeira vez na partida, a equipe da casa chegou à parada técnica em vantagem, 8 a 7. Se nos outros sets o Minas não conseguia parar o ataque cruzeirense, no terceiro, os jogadores do Sada tinham dificuldades para virar a bola e esbarraram no bloqueio adversário, capaz de anular as principais peças do oponente. Dessa forma, os donos da casa abriram uma boa vantagem que lhes deu tranquilidade para fechar o set em 25 a 17.

O Minas iniciou o quarto set superior e fez 5 a 1 com facilidade. Porém, o Sada Cruzeiro buscou a diferença e deixou tudo igual em 9 a 9. Apesar de ter alcançado a igualdade no marcador, o Sada cometia muitos erros, principalmente no saque, o que permitiu que o Minas crescesse na partida e abrisse 18 a 14. Nada parecia dar certo para o time visitante, que cometia falhas na recepção e não conseguia ser efetivo no ataque. Com o oponente fragilizado, a equipe da casa venceu o set por 25 a 22 e levou o jogo para o tie-break.

O Sada Cruzeiro acordou do apagão dos últimos sets e voltou a mostrar sua força no ataque no tie-break. O último set começou com o saque de Isac entrando e facilitando para o time visitante pontuar e abrir 5 a 0. O Minas tentou esboçar uma reação, porém, cometia muitos erros, contribuindo para o adversário fazer 12 a 7. O Sada só precisou controlar o jogo até fechar em 15 a 9 e garantir mais uma vitória.

Ficha de jogo:

Minas Tênis Clube 2x3 Sada Cruzeiro
16/25, 17/25, 25/18, 25/22 e 9/15

MINAS:
Começaram: Everaldo (7 pontos), Escobar (15), Bruno Canuto (3), João Rafael (11), Flávio (4) e Otávio (2). Líbero: Lucianinho.
Entraram: Madaloz (1), Felipe (0), Samuel (8), Pétrus (6) e Willian (0).
Técnico: Nery Tambeiro

SADA CRUZEIRO:
Começaram: William (0), Wallace (14), Leal (14), Winters (7), Éder (13) e Isac (12). Líbero: Serginho.
Entraram: Fernando (1), PV (3), Douglas Cordeiro (0) e Filipe (5).
Técnico: Marcelo Mendez

Local: Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (MG)
Data: 03/12/2014
Horário: 21h30 (de Brasília)

Arbitragem: Anderson Caçador (MG) e Henrique Salles (MG)

Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Éder (SDC)

0 comentários :

Postar um comentário