sábado, 20 de dezembro de 2014

NBA: Lillard acaba com Spurs em jogo de três prorrogações

Armador consegue melhor marca da carreira e comanda Portland na espetacular vitória fora de casa


De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo
.

20/12/2014 - Imparável. Assim podemos definir a atuação de Damian Lillard no fim da noite dessa sexta-feira (19) no AT&T Center, em San Antonio, contra os Spurs, pela temporada regular da NBA. O camisa 0 do Portland Trail Blazers anotou 43 pontos na vitória sobre os donos da casa por 129 a 119, resultado definido após três prorrogações. Foi a vitória número 21 de Portland em 27 partidas na temporada, terceiro melhor desempenho do Oeste. San Antonio, atual campeão, tem 17-10 e é sétimo.

Lillard anotou seus incríveis 43 pontos em 52 minutos jogados, além de seis assistências e três rebotes. O número de pontos representa a melhor marca da carreira do armador que está apenas em seu terceiro ano na liga. Apenas na última prorrogação, foram nove pontos dele, com 4-4 nos chutes. Outro com atuação espetacular foi LaMarcus Aldridge, com 32 pontos e 16 rebotes.

Melhor em quadra, Lillard tenta passar por Ginóbili.
(Foto: NBAE/Getty Images)

Com problemas de lesão atrapalhando a equipe do Texas — Tony Parker e Kawhi Leonard não jogaram —, Gregg Popovich terá que administrar também o tempo de quadra de seu experiente time. San Antonio jogou três prorrogações pela segunda vez seguida (também perdeu para Memphis na quarta-feira), desafio pesado para Tim Duncan, Manu Ginóbili e cia. O último time a jogar três overtimes seguidos foi o Baltimore Bullets, em 1951. Foi a quarta prorrogação de San Antonio nos últimos dez jogos. No jogo desta noite, 32 pontos e 10 rebotes em noite espetacular do veterano Duncan, que jogou 43 minutos. Danny Green anotou 27 pontos e 10 rebotes.

No tempo normal, Lillard teve a chance de definir o duelo na última bola de Portland no jogo. Ele partiu para o garrafão e tentou enterrada que seria espetacular, mas acabou levando toco do aro. No contragolpe, bola na mão de Dany Green, que acertou de três e empatou o duelo para San Antonio em 97 a 97. 

Nas duas primeiras prorrogações, cenários parecidos: os Spurs abriam vantagem, pareciam que iriam vencer bem, mas os Blazers corriam atrás, comandados por Lillard, para empatar. E tudo deu certo.
No terceiro overtime, quem deu o ritmo foi Portland, mais uma vez liderado por seu jovem armador, que comprova ser um dos gigantes desde seus primeiros passos na liga.

San Antonio joga novamente já neste sábado, visitando o vizinho Dallas Mavericks, às 22h30 (de Brasília). Portland encara o New Orleans Pelicans, também fora de casa, às 22h.

Resultados da sexta-feira (19) na temporada regular da NBA (horário de Brasília):
22h: Utah Jazz 101 @ 94 Orlando Magic
22h: Charlotte Hornets 109 @ 91 Philadelphia 76ers
22h30: Minnesota Timberwolves 98 @ 114 Boston Celtics
22h30: Broooklyn Nets 91 @ 95 Cleveland Cavaliers
22h30: Toronto Raptors 110 @ 100 Detroit Pistons
22h30: Washington Wizards 105 @ 103 Miami Heat
23h: Chicago Bulls 103 @ 97 Memphis Grizzlies
23h: Portland Trail Blazers 129 @ 119 San Antonio Spurs - TRIPLA PRORROGAÇÃO (ao vivo na ESPN)
0h: Los Angeles Cliippers 106 @ 109 Denver Nuggets
1h30: Oklahoma City Thunder 104 @ 103 Los Angeles Lakers (ao vivo na ESPN)


Jogos deste sábado (20):
16h: Phoenix Suns @ New York Knicks
22h: Portland Trail Blazers @ New Orleans Pelicans
22h: Utah Jazz @ Charlotte Hornets
22h: Atlanta Hawks @ Houston Rockets
22h30: San Antonio Spurs @ Dallas Mavericks (ao vivo no Sports+)
0h: Indiana Pacers @ Denver Nuggets
1h30: Milwaukee Bucks @ Los Angeles Clippers


Na página da NBA, tabela de jogos e classificações.

0 comentários :

Postar um comentário