sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

NBA: Jimmy Butler dá show na vitória do Bulls

Sem Derrick Rose, Jimmy Butler rouba a cena e faz melhor partida da carreira na vitória do Chicago Bulls sobre o New York Knicks


De Aracaju.
Por Henrique Ferrera.

19/12/2014 - Jimmy Butler fez 35 pontos, o máximo que já fez em sua carreira na NBA. Na noite dessa quinta (18), sem a presença dos all-stars Derrick Rose e Carmelo Anthony, o Chicago Bulls bateu o New York Knicks por 103 a 97 e chegou a 16 vitórias em 25 jogos, quarta melhor campanha da Conferência Leste. Nova York perdeu a 23ª em 28 partidas e é o 14º, penúltimo.

Jogando sem Rose, que ficou de fora doente, o Bulls teve mais um jogo sólido de Butler. Ele acertou 11 de 21 nos arremessos de quadra, sendo quatro bolas de três, cinco rebotes, sete assistências e quatro roubos. Mesmo assim, o Bulls teve problemas ao enfrentar New York, que anda sofrendo com a mão curta, e já perdeu três seguidas, além de 13 das últimas 14 partidas.

Jimmy Butler foi mais uma vez a estrela da equipe sem Rose.
(Foto: Jeff Haynes/NBAE/Getty Images)

Carmelo ficou fora com dores no joelho direito. Ele tinha médias de 23.4 pontos em 24 jogos pelo Knicks, mas vinha lutando contra o problema no joelho, um problema que o tirou da primeira partida de New York em Chicago desde que Carmelo rejeitou o Bulls na free agency da última offseason.

New York também não contou com Andrea Bargnani (coxa direita), Cleanthony Early (joelho direito), Iman Shumpert (ombro esquerdo) e J.R. Smith (pé esquerdo). Amar'e Stoudemire também deveria ficar de fora poupado, mas jogou cerca de 31 minutos e marcou 16 pontos.

Rose havia jogado em onze jogos consecutivos, tentando se recuperar totalmente da lesão no menisco que encerrou sua temporada 2013-14. Ele tem média de 16.8 pontos e 5.1 assistências pela equipe de Chicago, que perdeu para Atlanta na segunda, encerrando uma sequência de três jogos com vitórias. O ala Taj Gibson, dos Bulls, também ficou de fora. Já Joakim Noah teve quatro pontos e 13 rebotes após retornar sem problemas no tornozelo direito que o deixou quatro jogos fora.

O jogo

No intervalo, o placar era de 52 a 45 para o Bulls. Samuel Dalembert fez uma cesta com dois segundos restando no terceiro período, para dar ao Knicks uma vantagem de 74 a 73 rumo ao período final. New York bateu o Bulls por 29 a 21 neste quarto, segurando Chicago em apenas seis arremessos de quadra acertados.

O Bulls respondeu no último quarto, abrindo uma sequência de doze pontos sem resposta, que colocou vantagem de 87 a 77 no placar, uma explosão que incluiu uma enterrada de Butler com 8:43 no relógio, e foi fechado com uma bola de três de Nikola Mirotic.

New York se segurou, conseguindo deixar a desvantagem em um ponto com uma cesta de Amar'e com 4:13 restando, e novamente com 1:06 restando em novo arremesso de Stoudemire. Mas Pau Gasol (20 pontos) fez uma bandeja embaixo da cesta, após Hardaway errar uma agressiva bola de três com 37.9 segundos para o fim, Aaron Brooks acertou um lance livre e Gasol pegou o rebote do segundo para carimbar a vitória.

Resultados da quinta-feira (18) da NBA:
23h: New York Knicks 97 @ 103 Chicago Bulls (ao vivo no Sports+)
23h30: New Orleans Pelicans 99 @ 90 Houston Rockets
1h: Milwaukee Bucks 108 @ 107 Sacramento Kings
1h30: Oklahoma City Thunder 109 @ 114 Golden State Warriors (ao vivo no Space)

Jogos desta sexta (19), no horário de Brasilia:
22h: Utah Jazz @ Orlando Magic
22h: Charlotte Hornets @ Philadelphia 76ers
22h30: Minnesota Timberwolves @ Boston Celtics
22h30: Broooklyn Nets @ Cleveland Cavaliers
22h30: Toronto Raptors @ Detroit Pistons
22h30: Washington Wizards @ Miami Heat
23h: Memphis Grizzlies @ Chicago Bulls
23h: Portland Trail Blazers @ San Antonio Spurs (ao vivo na ESPN)
0h: Los Angeles Cliippers @ Denver Nuggets
1h30: Oklahoma City Thunder @ Los Angeles Lakers (ao vivo na ESPN)

Na página da NBA, classificações e tabela de jogos.

0 comentários :

Postar um comentário