quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Definidos os grupos da 56ª edição da Libertadores

Com clubes tradicionais, incluindo cinco brasileiros, a Taça Libertadores 2015 promete fortes emoções; 1ª fase pode ter confronto brasileiro


De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

03/12/2014 - Em evento realizado na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol, em Assunção (PAR), na noite dessa terça-feira (2), foram definidos os grupos e os confrontos prévios da 56ª edição da Taça Libertadores da América, que terá início no dia 28 de janeiro de 2015, com a Pré-Libertadores. Com a presença de cinco brasileiros, poderemos ter um confronto local ainda na fase de grupos, onde o São Paulo, já garantido, pode pegar Corinthians ou Internacional.

O Brasil está representado pelo Cruzeiro, campeão brasileiro, Atlético-MG, campeão da Copa do Brasil, São Paulo, vice-campeão brasileiro, Internacional e Corinthians, que ainda definirão quem ficará na terceira e quarta colocação, respectivamente. Quem ficar em quarto terá que passar pela fase prévia e, avançando, poderá cair no grupo do São Paulo.

O sorteio foi comandado pelo presidente da Conmebol, Juan Ángel Napout.
(Foto: Norberto Duarte/AFP)

Clubes tradicionais como Boca Juniors e River Plate, da Argentina, Nacional, do Uruguai, e Colo-Colo, do Chile, também são presenças confirmadas. A decisão da próxima temporada está marcada para os dias 29 de julho e 5 de agosto de 2015. Durante o torneio, haverá uma paralisação para a disputa da Copa América.

O primeiro campeão do torneio foi o Peñarol-URU, em 1960, e o maior vencedor ainda é o Independiente-ARG, com sete títulos, podendo ser igualado pelo rival, Boca Juniors, que tem seis e disputa a edição 2015 da Libertadores. No Brasil, os primeiros representantes foram Bahia e Santos, campeão e vice da Taça Brasil de 1959. Os maiores campeões são São Paulo e Santos, cada um com três conquistas. O último a vencer foi o Atlético-MG, em 2013.

O sorteio

O evento começou às 22h (de Brasília) e perdurou com mais de uma hora entre homenagens e apresentações musicais. Uma das homenagens foram a pais e filhos que chegaram a disputar a Taça Libertadores da América e sagraram-se campeões. Entre eles, Juan Ramón Verón, e seu filho, Juan Sebástian Verón, campeões pelo Estudiantes nos anos 1960 e na primeira década dos anos 2000, respectivamente.

Durante o sorteio, quatro potes traziam as equipes definidas e aqueles países que ainda iriam definir seus representantes. Atlético-MG e Cruzeiro foram cabeças de chave dos grupos 1 e 3. O Galo recebeu um grupo teoricamente difícil, com Atlas-MEX, Colo-Colo-CHI e o vice-campeão do Campeonato Colombiano. A Raposa, no Grupo 3, teve sorte e recebeu times considerados fáceis, como Mineros-VEN, Universitário de Sucre-BOL e o vencedor do confronto entre um time do Peru e o Huracán-ARG.

O outro brasileiro definido, o São Paulo, caiu no chave 2, encabeçada pelo San Lorenzo-ARG, atual campeão. O brasileiro que tiver que disputar a fase prévia (Corinthians ou Internacional) jogará contra o terceiro representante da Colômbia, ainda indefinido.

Fase prévia: 
Peru 3 x Huracán (ARG)
Deportivo Táchira (VEN) x Paraguai 3
Chile 3 x Nacional (URU)
Equador 3 x Argentina 6
Monarcas (MEX) x The Strongest (BOL)
Brasil 5 x Colõmbia 3

Fase de grupos:

GRUPO 1
Atlético-MG
Colombia 2 (Independiente Medellín, Santa Fé ou Atlético Huila)
Colo-Colo-CHI
Atlas-MEX

GRUPO 2
San Lorenzo-ARG
São Paulo
Danúbio-URU
Brasil 5 (Internacional ou Corinthians) ou Colombia 3 (Santa-Fé, Junior, Once Caldas, Independiente Medellín ou Águilas Doradas)

GRUPO 3
Cruzeiro
Mineros de Guayama-VEN
Universitário de Sucre-BOL
Peru 3 (Alianza ou Melgar) ou Huracán-ARG

GRUPO 4
Emelec-EQU
Brasil 4 (Internacional ou Corinthians)
Chile 2 (Universidad de Chile ou Santiago Wanderers)
Monarcas Morelia-MEX ou The Strongest-BOL

GRUPO 5
Zamora-VEN
Argentina 4 (Boca Juniors ou Velez Sarfield)
Montevideo Wanderes-URU
Chile 3 (Universidad do Chile, Wanderers, Palestino, O'Higgins, Huachipato, Unión La Calera, Unión Española, Audax Italiano ou Barnechea) ou Nacional-URU

GRUPO 6
River Plate-ARG
Peru 2 (Juan Aurich, Alianza Lima ou Sporting Cristal)
San José de Oruro-BOL
Tigres-MEX

GRUPO 7
Atlético Nacional-COL
Equador 2 (Emelec, Independiente, Barcelona ou LDU)
Libertad-PAR
Argentina 6 (Boca Juniors ou Estudiantes) ou Equador 3 (Independiente, Barcelona ou LDU)

GRUPO 8
Peru 1 (Juan Aurich, Sporting Cristal ou Alianza Lima)
Argentina 3
Paraguai 2 (Cerro Porteño ou Guaraní)
Deportivo Táchira-VEN ou Paraguai 3 (Cerro Porteño ou Guaraní)

0 comentários :

Postar um comentário