sábado, 25 de outubro de 2014

Vasco empata com a Ponte e vê título longe

Dois gols no início da segunda etapa definiram o empate por 1 a 1 em São Januário; Macaca volta à Ponta

De Aracaju.
Por Henrique Ferrera.

25/10/2014 - Era um confronto importante em São Januário, na tarde deste sábado (25), pela Série B, entre Vasco e Ponte Preta. O duelo entre postulantes ao título terminou em empate por 1 a 1: pior para o time carioca, terceiro colocado e que fica distante do título da segunda divisão, permanecendo seis pontos distante dos campineiros, líderes da competição a seis rodadas do final e com 61 pontos.

O Vasco vai tentar dar fim à sequência ruim na próxima sexta-feira, quando vai à Curitiba enfrentar o Paraná Clube. No sábado, a Ponte Preta recebe o Sampaio Corrêa no Moisés Lucarelli.

O jogo

Foi a Ponte Preta quem começou mais ligada, e logo aos 4 minutos, Rafael Costa acertou uma bomba no travessão de Martín Silva. Foi o necessário para que o Vasco se atentasse mais na marcação e desse pouco espaço. Com isso, o jogo ficou truncado demais e as defesas prevaleceram, deixando o jogo frio. Outra chance só ocorreria aos 27, quando Kléber recebeu na área e chutou cruzado, mas parou em Roberto.

Vasco e Ponte Preta fizeram jogo muito disputado (Foto: Marcelo Sadio / Vasco.com.br)

Na metade final da primeira etapa, o Vasco jogou melhor que o adversário. Kléber teve outra chance de marcar, em cobrança de escanteio desviada por Aranda, mas o Gladiador, bem posicionado na segunda trave, escorou para fora. Diego Renan também finalizou, mas parou em Roberto.

Antes do apito para o intervalo, Dakson arriscou um chute forte, porém Roberto mais uma vez defendeu. Na volta da segunda etapa, o ritmo vascaíno continuou alto, e não demorou muito para o zero sair do placar: em desatenção do goleiro Roberto, Lucas Crispim abriu o marcador.

Só que a torcida cruzmaltina não teve nem tempo de comemorar. Dois minutos depois, Roni fez bela jogada e rolou para Rafael Costa, que bateu em progressão, e venceu Martín Silva com um chute alto, igualando o placar. Com o gol sofrido rapidamente, o Vasco nem pode pensar em diminuir o ritmo, e Lucas Crispim tentou mais uma vez, mas Roberto estava atento.

Novamente, as defesas prevaleceram sobre os ataques e o jogo se arrastou até o final. Com os contra-ataques pontepretanos neutralizados, e o setor ofensivo do Vasco inoperante, o jogo chegou ao final sob vaias da torcida ao técnico Joel Santana.

Ficha do jogo:

Vasco 1x1 Ponte Preta

VASCO
Martín Silva, Diego Renan, Rodrigo, Douglas Silva (Luan) e Lorran (Marlon); Guíñazú e Aranda; Dakson e Maxi Rodríguez; Lucas Crispim (Montoya) e Kléber.
Técnico: Joel Santana

PONTE PRETA
Roberto, Rodinei, Thiago Alves, Gilvan e Bryan; Fernando Bob (Adilson Goiano) e Juninho; Renato Cajá (Thomás); Cafu, Rafael Costa e Alexandro (Roni).
Técnico: Alexandre Faganello

32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2014
Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 11.209 pagantes
Renda: R$238.745,00
Data: 25/10/2014
Horário: 16h20 (de Brasília)

Gols: Lucas Crispim, aos 3'/2°T (Vasco); Rafael Costa, aos 6/2°T (Ponte Preta)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Guilherme Dias Camilo (MG)

Cartões amarelos: Lorran e Kléber (Vasco); Rodinei (Ponte Preta)

***


32ª rodada - Série B: 
Sexta (24/10), às 19h30: 
Portuguesa 1x2 Icasa 
21h50: 
Ceará 0x2 Santa Cruz 
ABC 2x1 Paraná 
Sábado (25), às 16h20: 
Vasco 1x1 Ponte Preta 
Náutico 1x2 Atlético-GO 
Bragantino 4x2 Boa Esporte 
21h: 
Luverdense 1x0 Oeste 
Vila Nova 4x1 Sampaio Corrêa 


Classificação: 
1º - Ponte Preta - 61 pontos (32 jogos)
2º - Joinville - 60 pontos (32 jogos)
3º - Vasco - 55 pontos (32 jogos)
4º - Avaí - 52 pontos (32 jogos)
5º - Ceará - 50 pontos (32 jogos)
6º - Atlético-GO - 49 pontos (32 jogos)
7º - América-MG - 48 pontos e 16 vitórias (32 jogos) *
8º - Santa Cruz - 48 pontos e 12 vitórias (31 jogos)
9º - Boa Esporte - 47 pontos e 14 vitórias (32 jogos)
10º - Sampaio Corrêa - 47 pontos e 11 vitórias (32 jogos)
11º - Náutico - 45 pontos (32 jogos)
12º - Luverdense - 43 pontos (32 jogos)
13º - Paraná - 40 pontos (32 jogos)
14º - Bragantino - 39 pontos (32 jogos)
15º - ABC - 38 pontos (32 jogos)
16º - Icasa - 35 pontos e 9 vitórias (32 jogos)
17º - Oeste - 35 pontos e 8 vitórias (32 jogos)
18º - América-RN - 33 pontos (32 jogos)
19º - Vila Nova - 26 pontos (31 jogos)
20º - Portuguesa - 21 pontos (32 jogos)

* O América-MG perdeu 6 pontos por escalar o lateral Eduardo de forma irregular.

0 comentários :

Postar um comentário