sábado, 25 de outubro de 2014

Taubaté vence Sesi de novo e fica com título inédito do Paulista Masculino de Vôlei

Jogando em casa e após vencer o jogo de ida, Taubaté/Funvic supera todas as adversidades, vence em cinco sets e fica com o titulo estadual


De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

25/10/2014 – O Taubaté/Funvic vem com tudo para a temporada da Superliga. A prova maior foi dada na tarde deste sábado, quando a equipe do interior paulista decidiu o estadual com o Sesi-SP, atual vice-campeão brasileiro. Depois de vencer o primeiro jogo na casa dos adversários por 3 sets a 0, o Taubaté começou o segundo duelo no Ginásio Abaeté com cara de que seria fácil a vitória para os donos da casa. Porém, o jogo se transformou em uma verdadeira batalha, com direito a cinco sets. Dante, Lorena, Lipe e companhia conseguiram o titulo inédito com a vitória por de 3 a 2, com parciais de 25/16, 25/17, 24/26, 22/25 e 15/11.

Em casa, o forte Taubaté do ponteiro Lipe desbanca Sesi e fica com titulo inédito.
(Foto: Jonas Barbetta/Tuddo Comunicação)


O Taubaté começou a partida de maneira avassaladora, abriu dois sets a zero e parecia ter encaminhado o titulo de maneira fácil. Mas depois o Sesi reagiu, Rapha saiu machucado com uma torção no pé e acabou que o time de vermelho conseguiu abalar os donos da casa e o jogo foi para o tie-break. A parcial decisiva foi nervosa, e com muita garra a equipe do Vale do Paraíba garantiu a vitória empurrado pela torcida e por Lorena.

A Superliga para Taubaté e Sesi-SP começa na próxima semana. Na quarta-feira (29), às 19h30, o time da capital vai até o interior mineiro pegar Montes Claros; às 20h, o Taubaté recebe o Minas, que abre a competição neste sábado enfrentando a UFJF em casa às 17h. O Boleiros da Arquibancada acompanha o jogo.

O jogo

O Taubaté começou muito forte na partida, forçando bem o saque na passagem de Lipe pelo serviço e sendo preciso no uso do bloqueiom abrindo boa vantagem na decisão. Com muitos problemas na recepção, o Sesi não conseguiu utilizar todo seu poder de ataque e viu os adversários voarem, garantindo a vitória no primeiro set por 25 a 16.

O Sesi voltou muito melhor para o segundo set, usando o bloqueio como arma, coisa que não aconteceu na parcial anterior. O time paulistano liderou até a primeira parada técnica com segurança. Depois, o Taubaté ressurgiu forte, empatou e conseguiu virar de maneira extraordinária, fazendo 25 a 17.

Mais uma vez o Sesi começou bem na terceira parcial, na frente dos adversários, mas deixaram o ritmo do Taubaté fazer a diferença. O final da parcial foi nervosa e equilibrada e quando Lorena e companhia sentiram a pressão, o time de vermelho aproveitou e em um ponto de bloqueio fez 26 a 24, se mantendo vivo na partida.

O fato de não conseguir fechar o jogo cedo pereceu ter mexido com o time do Taubaté, que viu o Sesi jogar solto durante todo o quarto set. O time acordou no final da parcial e deu um calor nos adversários, mas perdeu o levantador titular, Rapha, contundido e o Sesi respirou, conseguindo forçar o tie-break, ganhando por 25 a 22.

O Sesi precisava vencer o quinto set para forçar a realização do Golden Set, para definir o título. No tie-break, o Taubaté entrou no clima da decisão, jogou muito com força no saque e no bloqueio. O Sesi ficou apagado diante da luta dos adversários, e mesmo com todas as dificuldades e com um cartão vermelho para a equipe da capital, Dante e companhia ficaram com o titulo vencendo por 15 a 11.

0 comentários :

Postar um comentário