domingo, 19 de outubro de 2014

Sada Cruzeiro e Dentil/Praia Clube conquistam Mineiro de Vôlei

Tanto no masculino quanto no feminino, adversário foi o Minas. Em Uberlândia, o Praia levantou o troféu feminino; em Contagem, deu Cruzeiro no masculino


De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

19/10/2014 - Saíram neste fim de semana os campeões estaduais de vôlei em Minas Gerais. Na última sexta-feira (17), o Dentil/Praia Clube levantou o troféu feminino ao derrotar o Camponesa/Minas por 3 sets a 1, em Uberlândia. No sábado, foi a vez do Sada Cruzeiro também derrotar o Minas e conquistar o título masculino, em três sets. As equipes seguem agora a preparação para a Superliga, que começa na próxima semana para os homens e em novembro para as mulheres.

O Praia levantou o troféu no feminino.
(Foto: FMV/Divulgação)

A conquista feminina foi repetida pelo Praia, que também levantou o troféu em casa em 2013. Neste ano, a equipe de Uberlândia e o Minas chegaram à decisão em um torneio que teve outras três equipes: o terceiro colocado Conselheiro Lafaiete/Dom Pedro II, a Prefeitura de Itabirito e a AABB/Comercial. Na decisão, deu Praia por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/17 e 25/16. O Praia, com equipe forte e reformulada, chegou à conquista de forma invicta.

No masculino, deu o favoritismo. Com a base do elenco mantida, o Sada Cruzeiro passou fácil pelo Minas e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/16 e 25/15. Foi a quinta conquista celeste consecutiva. O estadual masculino contou com as quatro equipes que disputarão a Superliga. Além do Minas e do Cruzeiro, Montes Claros e UFJF defendem o estado no torneio nacional.

O Sada Cruzeiro é o campeão masculino.
(Foto: FMV/Divulgação)

Pensando na Superliga...

Praia e Minas apresentam equipes bastante reformuladas para a nova temporada nacional. Na equipe do Triângulo, uma estrutura bem modificada, onde permanecem apenas jogadoras como a líbero Tássia e a central Natália Martins. Entre os novos nomes, o Praia conta com a cubana Daymi Ramirez, as pontas Sassá e Ju Costa e a oposta/ponteira Tandara, da seleção brasileira. No time da capital, a mudança também é grande, com a chegada de experientes nomes como as centrais Walewska e Carol Gattaz, e as opostas Lia e Ju Nogueira.

No masculino, o Minas perdeu muitas peças com a saída do seu patrocinador e passará por uma temporada de reconstrução. Já o Sada Cruzeiro aposta na manutenção do elenco vencedor e que aparece entre os principais do vôlei mundial nos últimos anos.

As estreias:

Superliga Masculina:
25/10, às 17h: Minas x UFJF (2ª rodada)
29/10, às 19h30: Montes Claros x Sesi-SP
30/10, às 21h30: São José dos Campos x Sada Cruzeiro

Superliga Feminina:
08/11, às 18h30: Dentil/Praia Clube x São Bernardo (4ª rodada)
11/11, às 19h30: Camponesa/Minas x Pinheiros

0 comentários :

Postar um comentário