quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Robinho faz dois e Santos vence Botafogo nas quartas da Copa do Brasil

Defesa botafoguense falha, Robinho dá show e Santos vence Botafogo na abertura das quartas


De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

01/10/2014 - Botafogo e Santos já protagonizaram muitos jogos, eram consideradas as melhores equipes do mundo nos anos 1960 e até fizeram uma final de Campeonato Brasileiro, mas o compromisso desta quarta-feira foi pela Copa do Brasil 2014. Mais uma vez, Robinho foi genial, fez dois, e o Peixe bateu o time da estrela solitária por 3 a 2, na primeira partida da fase de quartas de final do torneio. O outro gol do Santos foi de Geuvânio, enquanto Gabriel e Zeballos descontaram para o Fogão.

Entre os dois gols marcados por Robinho, um deles foi importante. O primeiro marcado pelo atacante foi o 100º dele pela camisa do Santos. O camisa 7 iniciou sua trajetória no Peixe em 2002 até 2005, passou pelo clube em 2010 e retornou nesta temporada. Sem dúvida, é um dos maiores jogadores da história recente da equipe santista.


Ambos os times lutaram bastante, mas deu Santos no Maracanã.
(Foto: Vitor Silva/SSPress/Divulgação Botafogo)

O próximo embate entre os times será no dia 16 de outubro, uma quinta-feira, às 20h30, na Vila Belmiro. O Santos joga pelo empate. O Botafogo precisará vencer por dois gols de diferença. Pelo Campeonato Brasileiro, ambos jogam no sábado e no mesmo horário. O Peixe segue no Rio de Janeiro para encarar o Flamengo, às 16h20. O time da Estrela Solitária vai até o Barradão enfrentar o Vitória.

O jogo

Nos primeiros minutos da partida, o Botafogo tomou conta da partida, principalmente buscando o lado esquerdo, com a velocidade do lateral esquerdo Júnior César e do atacante Wallyson. E foi com Wallyson que o Fogão teve uma grande chance, mas que parou nas luvas de Vladimir. O Santos saiu da defesa e explorou mais o campo ofensivo e foi ganhando espaço de acordo com os erros cariocas durante o primeiro tempo.

Robinho roubou uma bola de Gabriel, tabelou com Leandro Damião e tocou na saída de Jefferson para abrir o placar aos 24 minutos. O Botafogo reagiu um minuto depois e não deu tempo do Santos comemorar. Gabriel acertou um belo chute e empatou. Três minutos depois, novamente Robinho e com nova colaboração de defesa adversária. Após trama com Cicinho e um drible desconcertante em Dankler, o atacante fez mais um. Com o resultado a seu favor, o Peixe jogou com inteligência e fez o terceiro com Geuvânio, contando com uma ajuda generosa do goleiro botafoguense.

No segundo tempo, o Botafogo perdeu Jefferson e Emerson Sheik, machucados. Mesmo assim, embalados pela torcida, o Fogão fez o segundo com Zeballos, se aproveitando da falha de posicionamento santista. Os donos da casa se animaram e passaram a pressionar. O Santos tinha o contra-ataque a seu favor, mas não conseguia aproveitá-lo da maneira mais adequada. Robinho teve a chance, mas cometeu excesso de preciosismo ao tentar driblar o goleiro Andrey.

Já no final da partida, Alan Santos perdeu um gol feito aos 44 após o passe de Lucas Lima. Nos acréscimos, Robinho simulou uma falta, levou cartão amarelo e, por consequência, o vermelho. O craque não jogará a partida de volta, mas o resultado de hoje tem todo o crédito pra ele.


Ficha do jogo

Botafogo 2 x 3 Santos

BOTAFOGO:
Jefferson (Andrey); Dankler, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Airton (Bolatti), Gabriel e Luiz Ramírez; Rogério, Emerson Sheik (Zeballos) e Wallyson.
Técnico: Vagner Mancini

SANTOS:
Vladimir; Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Mena (Caju); Alison, Arouca e Lucas Lima; Geuvânio (Alan Santos), Leandro Damião (Pato Rodríguez) e Robinho.
Técnico: Enderson Moreira

1º jogo das quartas de final da Copa do Brasil
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 8.714 presentes
Data: 01/10/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)

Gols: Gabriel, aos 25 minutos do primeiro tempo, e Zeballos, aos 11 minutos do segundo tempo (BOT); Robinho, aos 24 e aos 28, e Geuvânio, aos 42 minutos do primeiro tempo (SAN)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Guilherme Dias Camilo (MG)

Cartões amarelos: Dankler, Bolívar e Júnior César (BOT); Vladimir, David Braz, Geuvânio e Robinho (SAN) 
Cartões vermelhos: Robinho (SAN)


***

Copa do Brasil - Quartas de final (jogos de ida): 
Quarta (1/10), às 19h30: 
22h: 

0 comentários :

Postar um comentário