domingo, 19 de outubro de 2014

Recuperado, Corinthians vence Inter no Sul e cola no G-4

Em uma resposta à eliminação para o Galo, Timão é eficiente, marca dois e segura Inter, que joga fora mais uma chance na ponta


De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

19/10/2014 - Precisando dar uma resposta após a derrota do meio de semana para o Atlético e a eliminação na Copa do Brasil, o Corinthians começou o duelo da tarde deste domingo contra o Internacional da mesma maneira: no contra-ataque, abriu o placar com Guerreiro, muito cedo. Só que, desta vez, a equipe paulista conseguiu segurar o adversário gaúcho, jogando no Beira-Rio, contando também com o atendimento ao goleiro Cássio, que durou dez minutos. O Timão ainda marcou mais um no fim do primeiro tempo, com Gil, o que deu maior tranquilidade na etapa final do confronto válido pela 29ª rodada do Brasileirão. Nilmar ainda diminuiu, mas o Inter perdeu o jogo por 2 a 1, cai uma posição e desperdiça mais uma chance de colar no líder Cruzeiro, que ainda joga neste domingo.

O resultado faz o Corinthians voltar a pensar em G-4, já que está a um ponto do seu algoz Atlético-MG, quarto colocado, e do terceiro Internacional, ultrapassado pelo São Paulo. Em quinto, o Timão tem 49 pontos, enquanto o Inter tem 50, a dois do São Paulo e a seis do líder Cruzeiro, que encara o Vitória fora de casa no complemento da rodada.
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians/Divulgação

Os dois times voltam a jogar na quarta-feira (22), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, que está a nove rodadas do fim. Cumprindo perda de um mando de campo após confusão de seus torcedores, o time paulista joga em Cuiabá contra o vitória, às 19h30 (de Brasília). No mesmo horário, o Internacional visita o Flamengo no Maracanã.

Quando a bola rolou...

O começo foi igualzinho ao do confronto contra o Atlético na quarta-feira. O Inter tomava a iniciativa e restava ao Timão o contragolpe. Em uma investida pela esquerda, o cruzamento de Fábio Santos encontrou Guerrero, que tentou cabecear, mas acabou ajeitando com a cabeça e finalizando com o pé, na segunda tentativa, acertando as redes do goleiro Alisson. Gol alvinegro aos três minutos. Ao contrário do duelo contra o Galo, o Corinthians ainda tentou chegar mais algumas vezes após marcar.

Aránguiz tentou surpreender Cássio em cobrança de falta da ponta direita e acabou acertando o travessão, na primeira chance efetiva do Colorado, aos 10 minutos. Pouco depois do lance, o goleiro corintiano se chocou com Wellington Silva e o jogo ficou interrompido por seis minutos, para o atendimento ao goleiro. Depois, parou por mais quatro minutos, já que o sangramento não parou. Depois de muita pausa, benéfica para o time paulista, o jogo retornou com o Internacional buscando o empate a todo momento, mas o jogo era duro. Nilmar, até então apagado, incomodou Cássio aos 38, após girar na área e seu chute parar no goleiro.

O primeiro tempo só acabou após 13 minutos de acréscimo e muita insistência do Inter, mas quem marcou foi o Corinthians. Jadson cobrou falta da intermediária e Gil subiu para cabecear aos 53. Aos 56, Nilmar perdeu nova chance clara, que saiu raspando a trave direita de Cássio. Para mudar esse cenário, Abel chamou Valdívia para a vaga de Alan Patrick no segundo tempo. A iniciativa do jogo, claro, foi toda do Inter, que ficava com a bola todo o tempo, mas Cássio quase não era exigido. Na dele, o Timão marcaria o terceiro aos 19, se Gil não estivesse impedido na hora do cabeceio.

Abel arriscou. Aos 21 minutos, tirou o lateral Wellington Silva e o volante Willians e colocou os ofensivos Jorge Henrique e Wellington Paulista. Lutando também contra a chuva, o Inter conseguiu o empate em falha de Gil e Cássio aos 28. Após a confusão da defesa na área, a bola sobrou para Nilmar empurrar. No restante da partida, o Timão, que quase marcou com Fábio Santos do meio da rua em chute que parou no travessão, lutou para administrar a partida e contou com a desorganização do Internacional, que perde mais uma chance de colar no Cruzeiro.

Ficha do jogo:

Internacional 0x2 Corinthians

INTERNACIONAL: 
Alisson; Wellington Silva (Jorge Henrique), Ernando, Paulão e Fabrício; Willians (Wellington Paulista), Aránguiz, Alan Patrick (Valdivia), Alex e D'Alessandro; Nilmar. 
Técnico: Abel Braga 

CORINTHIANS: 
Cássio; Fágner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique (Guilherme Andrade), Elias, Petros, Jadson (Lodeiro) e Renato Augusto (Danilo); Paolo Guerrero. 
Técnico: Mano Menezes

29ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 19/10/2014
Horário: 16h (de Brasília)

Gols: Guerrero, aos 3, e Gil, aos 53 minutos do primeiro tempo (COR); Nilmar, aos 28 minutos do segundo tempo (INT)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Kleber Lucio Gil (SC)

Cartões amarelos: Ernando, Paulão, Fabrício, Willians e Alex (INT); Fágner, Elias, Petros, Guerrero e Cássio (COR)

***

29ª rodada - Brasileirão: 
Sábado (18/10), às 18h30: 
Fluminense 4x2 Criciúma 
21h: 
Domingo (19), às 16h: 
Atlético-PR 2x1 Flamengo 
Figueirense 4x0 Coritiba 
18h30: 
Botafogo 1x1 Sport 

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 59 pontos (29 jogos) 
2º - São Paulo - 52 pontos (29 jogos)
3º - Internacional - 50 pontos e 15 vitórias (29 jogos)
4º - Atlético-MG - 50 pontos e 14 vitórias (29 jogos)
5º - Corinthians - 49 pontos (29 jogos)
6º - Grêmio - 47 pontos (29 jogos)
7º - Santos - 45 pontos e 13 vitórias (29 jogos)
8º - Fluminense - 45 pontos e 12 vitórias (29 jogos)
9º - Goiás - 38 pontos (29 jogos)
10º - Atlético-PR - 37 pontos, 10 vitórias e -3 gols de saldo (29 jogos)
11º - Flamengo - 37 pontos, 10 vitórias e -6 gols de saldo (29 jogos)
12º - Sport - 37 pontos, 10 vitórias e -13 gols de saldo (29 jogos)
13º - Figueirense - 35 pontos (29 jogos)
14º - Palmeiras - 34 pontos e 10 vitórias (29 jogos)
15º - Chapecoense - 34 pontos e 9 vitórias (29 jogos)
16º - Vitória - 31 pontos (29 jogos)
17º - Botafogo - 30 pontos e 8 vitórias (29 jogos)
18º - Bahia - 30 pontos, 7 vitórias e -5 gols de saldo (29 jogos)
19º - Criciúma - 30 pontos, 7 vitórias e -17 gols de saldo (29 jogos)
20º - Coritiba - 29 pontos e 7 vitórias (29 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário