terça-feira, 21 de outubro de 2014

Ponte faz dever de casa, vence Avaí e mantém vantagem na Série B

Renato Cajá e Bryan desempatam jogo em cinco minutos, e equipe campineira chega aos 60 pontos e a 10 jogos sem derrota; Avaí conhece segunda derrota seguida, mas segue entre os quatro


De Belo Horizonte.
Por João Vítor Marques.

21/10/2014 – Mais líder do que nunca, a Ponte Preta mostrou sua força em Campinas, nesta terça-feira (21). Em confronto válido pela 31ª rodada da Série B do Brasileirão, a equipe de Guto Ferreira encontrou dificuldades diante do Avaí, rival direto na briga pelo acesso, mas o apoio da torcida e a boa troca de passes renderam à Macaca a vitória por 3 a 1, mantendo a sequência sem derrotas, que chega a 10 jogos. Cafu abriu o marcador logo aos 15 minutos, mas Pablo empatou ainda na primeira etapa. Apesar disso, a volta para o segundo tempo foi arrasadora: em cinco minutos, Cajá e Bryan desempataram para os donos da casa.

Com a vitória, a Ponte assegura a liderança por pelo menos mais uma rodada, e dá grande passo em direção ao acesso, com 60 pontos. Apesar do segundo revés seguido (o quarto nos últimos cinco jogos), o Avaí se beneficiou da derrota do Ceará para o Icasa, e segue na quarta posição, com 52.


Foto: PontePress/Victor Hafner

A próxima rodada é de confronto direto para as duas equipes. No sábado (25), às 16h20 (de Brasília), Ponte Preta e Vasco se enfrentam em São Januário, em disputa pela liderança da Série B. Já o Avaí tem clássico contra o Joinvile na sexta-feira (24), às 19h30, na Ressacada.

O jogo

A partida começou equilibrada, com as duas equipes buscando o ataque. Alexandro, Cafu e Renato Cajá erraram a pontaria logo no início, mas não demorou muito para a Ponte abrir o placar. Aos 15, Cajá encontrou Cafu na área. O atacante dominou com a direita e bateu na saída do goleiro Vagner, que não conseguiu evitar o gol.

Cinco minutos mais tarde, um lance inusitado no Moisés Lucarelli. Vagner interceptou cruzamento de Rodnei pelo alto, em disputa com três jogadores. Na queda, a bola escapou das mãos do goleiro e sobrou para Alexandro, que empurrou para as redes. Sob protestos, o juiz André Luiz de Freitas Castro anulou o gol, ao marcar falta do atacante em cima de Bruno Maia.

Com a vantagem no placar, a Ponte tomou as rédeas da partida e conseguia trocar passes com mais tranquilidade. Mas foi o Avaí quem chegou ao gol, em sua principal arma até então: a bola parada. Aos 46, Marquinhos cobrou falta pela direita na medida para Pablo. O zagueiro, que usava uma toca azul por conta de choque com Fernando Bob, subiu na segunda trave e testou firme, no canto esquerdo de Roberto.

A Ponte começou a segunda etapa num ritmo arrasador, e logo desempatou o jogo. Aos três minutos, Cafu recebeu de Rodnei, avançou pela direita e retribuiu a assistência de Renato Cajá. Desta vez, o meia aproveitou bom cruzamento e, sozinho, cabeceou no canto. Nem deu tempo para o Avaí assimilar o gol sofrido, e a Ponte marcou mais um, com Bryan. O volante carregou a bola pela intermediária e chutou forte no ângulo direito de Vagner, para marcar um golaço, aos quatro. O placar deu tranquilidade à equipe de Guto Ferreira. A Ponte trocou passes, segurou bem o jogo e criou as principais oportunidades até o fim da partida, mas o 3 a 1 persistiu no placar.

Vasco joga mal e cai diante do América na Arena das Dunas

A “excursão” do Vasco ao Nordeste rendeu as duas primeiras derrotas de Joel Santana no comando cruz-maltino. Depois de perder para o Santa Cruz no sábado (18) por 1 a 0, a equipe não encontrou seu melhor futebol no segundo tempo nesta terça-feira (21) contra o América-RN e saiu derrotado por 2 a 0. Os donos da casa jogaram melhor a maior parte do primeiro tempo, e encerraram a partida sob gritos de “olé” após os gols do ex-vascaínos Rodrigo Pimpão e de Isac, na segunda metade do jogo. Com a vitória, o América chega aos 33 pontos, a dois do Oeste – primeiro fora do Z-4 , e segue na luta contra o rebaixamento. Já o Vasco estaciona nos 54 pontos, em terceiro.

Ceará perde mais uma e segue fora do G-4

Também às 19h30, o Ceará foi ao Romeirão enfrentar o Icasa e encontrou dificuldades diante do 18º colocado do campeonato. A equipe mandante jogou melhor e aproveitou os erros de passe do rival para fazer 2 a 1, com gols de Nilson e Lucas. Os comandados de Sérgio Soares chegaram a empatar o jogo ainda no primeiro tempo, com o artilheiro Magno Alves, mas a reação parou por aí. Esta é a terceira derrota consecutiva do Vozão, que estaciona na quinta posição com 50 pontos, dois a menos que o Avaí, primeiro dentro do G-4. Já o Icasa ganha sobrevida na luta contra o rebaixamento, e chega aos 32 pontos, a três do Oeste, primeiro fora da zona.

Ficha do jogo:

Ponte Preta 3x1 Avaí

PONTE PRETA:
Roberto; Rodnei, Tiago Alves, Gilvan e Bryan; Fernando Bob, Juninho e Renato Cajá (Adrianinho); Jonathan Cafu (Adilson Goiano), Alexandro e Rafael Costa (Roni).
Técnico: Guto Ferreira

AVAÍ: 
Vagner; Marrone, Pablo, Bruno Maia e Thiago Carleto; Eduardo Costa, João Filipe (Diego Jardel), Eduardo Neto (Diego Felipe) e Marquinhos; Anderson Lopes e Bruno Mendes (Willen).
Técnico: Geninho

31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 21/10/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO) e Bruno Raphael Pires

Gols: Jonathan Cafu, aos 15 minutos do primeiro tempo, Renato Cajá, aos 3, e Bryan, aos 4 minutos do segundo tempo (PON); Pablo, aos 46 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Eduardo Neto, Thiago Carleto, Pablo, Diego Jardel e Bruno Mendes (AVA); Roberto (PON)

***

31ª rodada - Série B: 
Terça (21/10), às 19h30: 
Ponte Preta 3x1 Avaí 
América-RN 2x0 Vasco 
Icasa 2x1 Ceará 
Oeste 1x3 América-MG 
Paraná 1x0 Portuguesa 
Sampaio Corrêa 3x0 Bragantino 
21h50: 
Joinville 3x0 ABC 
Atlético-GO 3x0 Luverdense 
Boa Esporte 1x0 Náutico 
Terça (28/10), às 19h30: 
Santa Cruz x Vila Nova

Classificação: 
1º - Ponte Preta - 60 pontos (31 jogos)
2º - Joinville - 57 pontos (31 jogos)
3º - Vasco - 54 pontos (31 jogos)
4º - Avaí - 52 pontos (31 jogos)
5º - Ceará - 50 pontos (31 jogos)
6º - Boa Esporte - 47 pontos e 14 vitórias (31 jogos)
7º - Sampaio Corrêa - 47 pontos e 11 vitórias (31 jogos)
8º - Atlético-GO - 46 pontos (31 jogos)
9º - América-MG - 45 pontos e 15 vitórias (31 jogos) *
10º - Náutico - 45 pontos e 13 vitórias (31 jogos)
11º - Santa Cruz - 45 pontos e 11 vitórias (30 jogos)
12º - Luverdense - 40 pontos e 12 vitórias (31 jogos)
13º - Paraná - 40 pontos e 10 vitórias (31 jogos)
14º - Bragantino - 36 pontos (31 jogos)
15º - ABC - 36 pontos (31 jogos)
16º - Oeste - 35 pontos (31 jogos)
17º - América-RN - 33 pontos (31 jogos)
18º - Icasa - 32 pontos (31 jogos)
19º - Vila Nova - 23 pontos (30 jogos)
20º - Portuguesa - 21 pontos (31 jogos)

* O América-MG perdeu 6 pontos por escalar o lateral Eduardo de forma irregular.

0 comentários :

Postar um comentário