sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Pela segunda fase do Mundial Feminino de Vôlei, Brasil enfrenta a Rússia

Brasileiras encaram as russas às 15h (de Brasília) deste sábado, em Verona, na Itália


De Verona (Itália).
Por Vicente Condorelli, da Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Voleibol. 


04/10/2014 - A seleção brasileira feminina de vôlei terá um conhecido adversário para manter a invencibilidade no Campeonato Mundial. Neste sábado (04.10), às 15h (horário de Brasília), o Brasil enfrentará a Rússia, no Palaolimpia, em Verona, na Itália. A partida terá transmissão ao vivo do SporTV e será válida pela segunda fase da competição. O time verde e amarelo tem sete vitórias em sete jogos e luta por um título inédito.

No momento, o Brasil aparece em segundo lugar no grupo F, com 14 pontos. Os Estados Unidos lideram com 15, a Sérvia está em terceiro, com 11, a Rússia em quarto, com 10, a Turquia em quinto, com quatro, a Bulgária em sexto, com três, a Holanda em sétimo, também com três, mas um pior saldo de sets, e o Cazaquistão em oitavo, sem pontos. As três melhores equipes do grupo passarão à terceira fase.


Fabiana é entrevistada no final do treinamento dessa sexta-feira. 
(Foto: Divulgação/CBV)

O treinador José Roberto Guimarães comentou sobre a dificuldade de enfrentar a Rússia e chamou a atenção para um detalhe do time europeu. “A Rússia é sempre um time difícil de ser batido pela característica de jogo delas com muitas bolas altas. O nosso saque terá que ser preciso e agressivo porque as russas estão com dificuldade na recepção. No entanto, elas têm atacantes especialistas em bolas altas como a Gamova, que é muito versátil, e a Kosheleva, que está fazendo um excelente campeonato. A nosso bloqueio e a defesa também terão que tocar nas bolas”, disse José Roberto Guimarães.

A bicampeã olímpica Fabiana falou da expectativa gerada em torno do confronto contra a Rússia.
“Sabemos que elas formam uma grande equipe, ainda mais com o retorno da Gamova. O jogo entre Brasil e Rússia é um clássico esperado por todos. No entanto, não podemos pensar somente na Gamova porque elas têm outras boas jogadoras como a Kosheleva e a Goncharova”, afirmou Fabiana.

TABELA - Primeira fase:
23.09 - Brasil 3 x 0 Bulgária (25/19, 25/22 e 25/16)
24.09 - Brasil 3 x 0 Camarões (25/14, 25/15 e 25/18)
25.09 - Brasil 3 x 0 Canada (25/14, 25/8 e 25/18)
27.09 - Brasil 3 x 2 Turquia (17/25, 22/25, 25/19, 25/21 e 15/10)
28.09 - Brasil 3 x 1 Sérvia (24/26, 25/21, 25/19 e 25/23)

Segunda fase:
01.10 - Brasil 3 x 0 Cazaquistão (25/22, 25/22 e 25/18)
02.10 - Brasil 3 x 1 Holanda (23/25, 25/20, 25/16 e 25/16)
04.10 - Brasil x Rússia às 15h (horário de Brasília) - SporTV
05.10 - Brasil x Estados Unidos às 15h (horário de Brasília) - SporTV


***

Nota do B.A. - Regulamento

Na primeira fase, as 24 seleções estiveram divididas em quatro grupos de seis equipes em cada e jogaram entre si dentro de sua chave. As quatro melhores de cada avançaram à segunda fase, onde estão divididas em dois grupos de oito equipes (um com os melhores dos grupos A e D e outro com os melhores de B e C). 

Na segunda fase, os classificados do Grupo A jogam contra os do D e os do grupo B enfrentam os do C, totalizando quatro rodadas. Os times carregam a pontuação conquistada na primeira fase contra as equipes classificadas. As três melhores avançam à terceira fase e jogam em dois grupos de três. As duas melhores de cada fazem a semifinal e, posteriormente, a final.

0 comentários :

Postar um comentário