sábado, 11 de outubro de 2014

Na superação, Botafogo vence Corinthians no Amazonas

Em Manaus, Fogão supera dificuldades, marca uma vez e sai da lanterna; Timão estaciona na tabela


De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

11/10/2014 - Heroica. Assim pode se resumir a vitória do Botafogo sobre o Corinthians, por 1 a 0, na Arena da Amazônia, com gol marcado por Wallyson, de pênalti, em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro e disputada na noite deste sábado (11). O jogo era de extrema importância para o time carioca, na lanterna do torneio, muito devido aos problemas financeiros no futebol que têm sido uma tônica da equipe botafoguense dentro do Brasileirão.

O Botafogo teve que se superar após ter jogadores dispensados, salários atrasados e até um pedido de demissão negado do técnico Vagner Mancini. Dentro do jogo, valeu até ficar um jogador a menos, já que o volante Bolatti foi expulso após levar o segundo cartão amarelo em falta cometida em cima do meia Petros. Com todos estes ingredientes, o Fogão foi valente, encarou o Timão e saiu vitorioso frente ao torcedor amazonense.

 Helton Leite foi o grande nome do Botafogo na partida contra o Corinthians.
(Foto: Divulgação/Flickr Botafogo Oficial)

Com o resultado, o Botafogo deixou a lanterna do Campeonato Brasileiro para o Criciúma. O time carioca está na 17ª colocação e soma 29 pontos. Por sua vez, o Corinthians perdeu uma ótima chance de voltar ao G-4. O Timão segue em quinto lugar com 46 pontos e torce por um tropeço do Atlético-MG diante do São Paulo, neste domingo, para não perder posição.

Na próxima rodada, ambos jogam no domingo (19). O Botafogo recebe o Sport Recife, no Estádio Raulino de Oliveira, às 18h30. Mais cedo, o Corinthians vai ao Beira-Rio encarar o Internacional, às 16hs. Antes, na quarta (15), o Timão desembarca em Belo Horizonte (MG) e vai enfrentar o Atlético-MG, às 22h. No dia seguinte, o Botafogo vai a Vila Belmiro realizar o embate contra o Santos, às 19h30, pela segunda partida da fase de quartas de final da Copa do Brasil.

O jogo

A partida começou com o Corinthians jogando ao seu modo mais conhecido, impondo uma marcação adiantada para buscar o gol nos primeiros minutos. O Botafogo, desestruturado, não conseguia sair da estratégia de marcação adiantada do Timão. Após a bola no travessão no chute do corintiano Bruno Henrique, o Fogão acordou e passou a sair mais. Gabriel trazia os cariocas, que ainda contavam com investidas de Yuri Mamute.

Com o jogo mais equilibrado, o Botafogo conseguiu uma penalidade máxima, muito bem marcada pelo árbitro Andre Luiz Freitas Castro, após toque de mão do lateral Fábio Santos no cruzamento de Gabriel. Na cobrança, Wallyson bateu forte, deslocando Cássio para o canto contrário e a bola morrendo nas redes.

No segundo tempo, o Corinthians retomou o controle do jogo após a saída de Guilherme Andrade e a entrada de Malcom. O Botafogo tentava chegar, mas era facilmente dominado pela defesa corintiana. A situação foi ruim para o botafoguense após a expulsão de Bolatti, que levou seu segundo cartão amarelo em falta sobre Petros.

Entrou em cena o goleiro Helton Leite, filho de João Leite, ex-goleiro do Atlético-MG. O Botafogo ficou encurralado em sua defesa e sofreu uma pressão incrível do Corinthians, mas a noite era botafoguense. Helton fechou o gol com três defesas impressionantes. Os cariocas tiveram apenas mais uma chance com Murilo, que parou nas luvas salvadoras de Cássio.

Ficha de jogo

Botafogo 1 x 0 Corinthians

BOTAFOGO:
Helton Leite; Régis Souza, Dankler, André Bahia e Junior Cesar; Bolatti, Gabriel e Rodrigo Souto; Wallyson (Andreazzi), Rogério (Matheus) e Yuri Mamute (Murilo).
Técnico: Vagner Mancini

CORINTHIANS:
Cássio; Fagner (Jadson), Felipe, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique (Gustavo Tocantins), Guilherme Andrade (Malcom), Petros e Danilo; Ángel Romero e Luciano.
Técnico: Mano Menezes

28ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Público: 19.989 pagantes
Renda: R$1.782.790
Data: 11/10/2014
Horário: 18h30 (de Brasília)

Gol: Wallyson (pênalti), aos 28 minutos do primeiro tempo

Árbitro: André Luiz Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Christian Passos Sorence (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

Cartões amarelos: Yuri Mamute, Rogério e Bolatti (BOT); Fagner e Fábio Santos (COR)
Cartão vermelho: Bolatti (BOT) 

***

28ª rodada: 
Sábado (11/10), às 18h30: 
Botafogo 1x0 Corinthians 
Goiás 3x0 Coritiba 
21h: 
Palmeiras 2x1 Grêmio 
Domingo (12), às 16h: 
Flamengo x Cruzeiro 
Atlético-MG x São Paulo 
Internacional x Fluminense 
Bahia x Chapecoense 
18h30: 
Atlético-PR x Figueirense 
Sport x Vitória 
Criciúma x Santos 

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 56 pontos (27 jogos) 
2º - São Paulo - 49 pontos (27 jogos)
3º - Internacional - 47 pontos (27 jogos)
4º - Grêmio - 46 pontos e 13 vitórias (28 jogos)
5º - Corinthians - 46 pontos e 12 vitórias (28 jogos)
6º - Atlético-MG - 44 pontos (27 jogos)
7º - Santos - 42 pontos e 12 vitórias (27 jogos)
8º - Fluminense - 42 pontos e 11 vitórias (27 jogos)
9º - Goiás - 37 pontos (28 jogos)
10º - Sport - 36 pontos (27 jogos)
11º - Palmeiras - 34 pontos e 10 vitórias (28 jogos)
12º - Flamengo - 34 pontos e 9 vitórias (27 jogos)
13º - Figueirense - 32 pontos (27 jogos)
14º - Chapecoense - 31 pontos, 8 vitórias e -3 gols de saldo (27 jogos)
15º - Atlético-PR - 31 pontos, 8 vitórias e -7 gols de saldo (27 jogos)
16º - Bahia - 30 pontos (27 jogos)
17º - Botafogo - 29 pontos e 8 vitórias (28 jogos)
18º - Coritiba - 29 pontos e 7 vitórias (28 jogos)
19º - Vitória - 28 pontos (27 jogos)
20º - Criciúma - 27 pontos (27 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário