domingo, 12 de outubro de 2014

Luan decide, Galo bate São Paulo e retorna ao G-4

Em tarde quente no Horto, gol salvador sai apenas na segunda etapa; Atlético cola no Tricolor, que perde nova chance de encostar no líder


De Belo Horizonte.
Por Leonardo Henrique.

12/10/2014 - Com muitos desfalques por motivos de contusão, suspensão e seleção brasileira, Atlético-MG e São Paulo duelaram neste domingo no Independência para somar três pontos e continuar lutando pela vaga na Taça Libertadores 2015. Para os donos da casa, uma vitória simples bastava para retornar ao G-4, já que Grêmio e Corinthians perderam no sábado (11). E foi isso que aconteceu. Com uma linda jogada de Alex Silva, Luan apareceu livre na grande área para marcar o gol da vitória por 1 a 0. O Galo é o quarto colocado com 47 pontos, dois a menos que o São Paulo, uma posição acima. O Tricolor poderia cortar a desvantagem em relação ao Cruzeiro para quatro pontos, pois a Raposa parou no Flamengo perdendo por 3 a 0.
No próximo sábado (18), Atlético e São Paulo entram em campo pela 29ª rodada do Brasileiro. O time paulista recebe o Bahia no Morumbi, às 18h30. Também em casa, o clube minero encara a Chapecoense novamente no Horto, às 21h. Antes, os dois times terão compromissos em torneios diferentes. Na quarta-feira (15), às 22h, o Alvinegro tentará reverter desvantagem de 2 a 0 contra o Corinthians pelas quartas da Copa do Brasil, no Mineirão. O São Paulo pega o Huachipato, no Chile, às 19h30, com vantagem de 1 a 0 nas oitavas da Copa Sul-Americana.
Luan comemora o gol do jogo.
(Foto: Bruno Cantini/Atlético)
As duas equipes começaram a partida com muita dificuldade para articular as jogadas, pois era visível a falta que os seus armadores estavam fazendo (entre os principais desfalques, o Atlético não tinha Tardelli e Guilherme, enquanto o São Paulo não contou com Souza, Ganso e Kaká). Após os dez primeiros minutos, a partida ficou mais movimentada, principalmente com as chegadas do São Paulo. Alexandre Pato recebeu passe de Osvaldo e finalizou com perigo, obrigando o goleiro Victor a fazer uma bela defesa.
O Atlético conseguia chegar ao ataque, mas não acertava o passe decisivo. Com isso, proporcionava os espaços para os são-paulinos, que estavam aproveitando os erros atleticanos para levar perigo. Aos 26 e 28 minutos, novamente com Alexandre Pato, o São Paulo levou muito perigo, com um cabeceio na trave e outro desvio para fora. O Atlético acordou depois dos trinta minutos e começou a chegar com mais perigo. Aos 40, após belo cruzamento de Alex Silva, improvisado na lateral esquerda, André cabeceou para fora. Aos 44 minutos, Dátolo finalizou da intermediaria, obrigando Rogério Ceni a fazer uma grande defesa. Na última do primeiro tempo, Victor parou o chute após ótima jogada de Michel Bastos, após driblar dois aos 46 minutos. 
As duas equipes retornaram para segunda etapa com a mesma vontade, mas o Atlético voltou um pouco melhor. Chegando pelas pontas e criando os espaços necessários na defesa do São Paulo, ainda faltava uma grande finalização. Já o São Paulo conseguia chegar, mas não levava perigo ao gol do Atlético.
Com uma procura muito maior ao gol, o Atlético começou a sufocar o São Paulo, e a partir dos 15 minutos, subiu suas linhas ofensivas para tentar surpreender o time paulista. E com essa atitude não demorou muito tempo para a casa dos são-paulinos cair. Aos 26 minutos, Alex Silva fez uma linda jogada individual e deixou Luan na cara do gol. O camisa 27 deslocou Rogério Ceni e abriu o placar no Independência. O São Paulo foi para cima buscando o empate, mas não conseguiu criar nenhuma finalização que assustasse os atleticanos. 

Ficha do jogo:

Atlético-MG 1x0 São Paulo

ATLÉTICO:
Victor; Marcos Rocha, Edcarlos, Jemerson e Alex Silva; Leandro Donizete, Dátolo, Luan (Josué) e Maicosuel (Cesinha); Carlos e André (Marion).
Técnico: Levir Culpi

SÃO PAULO: 
Rogério; Hudson, Antônio Carlos, Edson Silva e Reinaldo; Denilson, Maicon (Boschilia), Michel Bastos; Alexandre Pato (Luis Fabiano), Alan Kardec e Osvaldo (Ewandro).
Técnico: Muricy Ramalho

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Público: 15.288 pagantes
Renda: R$ 331.030
Data: 12/10/2014
Horário: 16h (de Brasília) 

Gol: Luan, aos 26 minutos do segundo tempo

Árbitro: Marielson Alves da Silva (BA) 
Assistentes: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Adson Marcio Lopes Leal(BA) 

Cartão amarelo: Denilson (SPFC)

***

28ª rodada - Brasileirão:
Sábado (11/10), às 18h30: 
Goiás 3x0 Coritiba 
21h: 
Domingo (12), às 16h: 
Bahia 0x1 Chapecoense 
18h30: 
Atlético-PR 3x0 Figueirense 
Sport 1x2 Vitória 
Criciúma 3x0 Santos 

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 56 pontos (28 jogos) 
2º - Internacional - 50 pontos (28 jogos)
3º - São Paulo - 49 pontos (28 jogos)
4º - Atlético-MG - 47 pontos (28 jogos)
5º - Grêmio - 46 pontos e 13 vitórias (28 jogos)
6º - Corinthians - 46 pontos e 12 vitórias (28 jogos)
7º - Santos - 42 pontos e 12 vitórias (28 jogos)
8º - Fluminense - 42 pontos e 11 vitórias (28 jogos)
9º - Goiás - 37 pontos, 10 vitórias e 1 gol de saldo (28 jogos)
10º - Flamengo - 37 pontos, 10 vitórias e -5 gols de saldo (28 jogos)
11º - Sport - 36 pontos (28 jogos)
12º - Palmeiras - 34 pontos e 10 vitórias (28 jogos)
13º - Chapecoense - 34 pontos, 9 vitórias e -2 gols de saldo (28 jogos)
14º - Atlético-PR - 34 pontos, 9 vitórias e -4 gols de saldo (28 jogos)
15º - Figueirense - 32 pontos (28 jogos)
16º - Vitória - 31 pontos (28 jogos)
17º - Bahia - 30 pontos, 7 vitórias e -4 gols de saldo (28 jogos)
18º - Criciúma - 30 pontos, 7 vitórias e -15 gols de saldo (28 jogos)
19º - Botafogo - 29 pontos e 8 vitórias (28 jogos)
20º - Coritiba - 29 pontos e 7 vitórias (28 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário