terça-feira, 7 de outubro de 2014

Independência catalã tiraria Barcelona da Liga

Recado foi dado pelo presidente da LFP e se estende ao Espanyol


De Madrid.
Por Agência ANSA.

07/10/2014 - Barcelona e Espanyol receberam um aviso do presidente da Liga de Futebol Profissional espanhola (LFP). Segundo Javier Tebas, caso a região da Catalunha conquiste a independência, os dois clubes catalães, que disputam a primeira divisão, seriam retirados da Liga Espanhola.

"Barcelona e Espanyol não jogariam a Liga Espanhola se a Catalunha ganhasse a independência", disse Tebas, que também confirmou Andorra como único estado não espanhol que pode jogar competições oficiais espanholas, segundo as leis desportivas do país. Para que Barcelona e Espanyol jogassem a Liga Espanhola, em caso de independência catalã, seria necessário modificar a lei. "Teria que ver se o setor afetado estaria de acordo ou não", disse Tebas.

A Catalunha reivindica independência e o seu presidente regional, Artur Mas, convocou um referendo para 9 de novembro. No entanto, o governo espanhol, liderado pelo primeiro-ministro Mariano Rajoy, impugnou o referendo, pois o considera ilegal. No entanto, o governo catalão manteve o chamado para o plebiscito (ANSA)

0 comentários :

Postar um comentário