sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Fora de casa, Joinville vence Avaí, dorme na ponta e se aproxima do acesso

Mesmo jogando na Ressacada, JEC não toma conhecimento do rival, vence clássico e fica na ponta da Série B provisoriamente



De São Paulo.
Por Ronaldo Bento.

24/10/2014 - O clássico catarinense entre Avaí e Joinville, disputado na Ressacada e válido pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, era fundamental para as pretensões das duas equipes na competição. O Leão da Ilha, em momento ruim na competição, precisava do triunfo para se consolidar no G-4 e também encostar no rival. Já o JEC sonhava com o triunfo e com a liderança, ao menos de forma provisória. Vivendo melhor fase, os visitantes se deram melhor. O Joinville venceu por 3 a 0, com gols de Rogério, Fabinho e Fernando Viana, e chegou aos 60 pontos e 18 vitórias, uma a mais que a Ponte, que encara o Vasco fora de casa neste sábado e pode chegar aos 63 pontos.

Enquanto isso, o Avaí, que perdeu cinco dos últimos seis jogos no torneio, parou nos 52 pontos ganhos e está em quarto, mas pode até deixar o G-4 até o fim da rodada. Tentando vencer após três derrotas, o Avaí visita o Luverdense no Parque das Emas na próxima terça (28), às 21h50. No mesmo dia e horário, o Joinville recebe o Bragantino na Arena Joinville.

Foto: Divulgação/Site oficial do Joinville

Nas quatro linhas...

Os visitantes começaram a partida com tudo. Logo aos três minutos, o JEC abriu o placar com Rogério, que aproveitou falta bem cobrada por Marcelo Costa e apareceu sozinho para marcar. O ritmo era avassalador. Aos nove minutos, saiu mais um gol do Joinville. Em esticada de Anselmo até a entrada da área, Fernando Viana aproveitou bem e chutou no canto de Vagner para fazer 2 a 0. O Joinville mandava no jogo. Aos 21, Fernando Viana desperdiçou boa chance de fazer o terceiro, chutando para fora dentro da área do time da casa.

O Avaí por sua vez estava desorganizado e um pouco atordoado pelos gols sofridos, e tentava em cruzamentos na área o gol da possível reação. Aos 23, Marquinhos cruzou do lado direito e Anderson Lopes cabeceou para fora. O time da casa quase marcou aos 31 com Marquinhos cobrando falta lateral que ninguém desviou e obrigou Ivan a boa defesa. As chances continuaram aparecendo para o Leão. Com 35 minutos, após bate-rebate na área, a bola ficou viva e Diego Felipe perdeu boa chance. Um minuto depois, após cruzamento de Edson Ratinho, Fernando Viana, sozinho, finalizou e bola bateu na trave, nas costas de Vagner e não entrou.

O segundo tempo veio com o Avaí buscando o gol a todo custo. Aos oito minutos, Carleto acabou acertando o lado de fora da rede após chute forte. O Joinville voltou a ter chance aos 10 minutos, quando Edgar Junio recebeu ótimo passe de Edson Ratinho, mas não dominou.

Depois disso, o desespero tomou conta do time da casa e o Joinville só se fechou na defesa esperando um contra-ataque para matar o jogo. E ele apareceu aos 28 minutos, quando Edgar Junio fez toda a jogada e deixou para Fabinho encher o pé e completar para as redes para fazer 3 a 0 e matar a partida, que não teve mais a intensidade de antes com o placar já definido.

Santa Cruz surpreende no Castelão

Na sequência da rodada, Ceará e Santa Cruz se enfrentaram no Castelão e os donos da casa foram surpreendidos e passarão mais uma rodada fora do G-4. Com gols de Tony e Adilson, um no começo e outro no fim do jogo, o Tricolor pernambucano venceu por 2 a 0 e chegou aos 48 pontos, subiu quatro posições para aparecer em sétimo e manter o sonho do acesso à Série A. Já o Ceará perdeu mais uma chance e permanece com 50 pontos, em quinto.

Ficha de jogo:

Avaí 0x3 Joinville

AVAÍ:
Vagner; Marrone (Bocão), João Filipe, Bruno Maia (Wilker) e Tiago Carleto; Eduardo Costa, Eduardo Neto, Diego Felipe e Marquinhos; Anderson Lopes e Willen (Jean).
Técnico: Geninho

JOINVILLE:
Ivan; Edson Ratinho, Bruno Aguiar, Guti e Rogério; Naldo, Anselmo, Everton (Fabinho) e Marcelo Costa; Fernando Viana (Fillipe Soutto) e Edigar Junio (Schwenck).
Técnico: Hemerson Maria

32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Público: 9245 presentes
Renda: R$ 108.385
Data: 24/10/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)



Gols: Rogério, aos 3, Fernando Viana, aos 9 minutos do primeiro tempo, e Fabinho, aos 28 minutos do segundo tempo

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)
Assistentes: Elan Vieira de Souza (PE) e Helton Nunes (SC)

Cartão amarelo: Thiago Carleto (Avaí)
Cartão vermelho: Thiago Carleto (Avaí)

***

32ª rodada - Série B: 
Sexta (24/10), às 19h30: 
Portuguesa 1x2 Icasa 
21h50: 
Ceará 0x2 Santa Cruz 
ABC 2x1 Paraná 
Sábado (25), às 16h20: 
Vasco x Ponte Preta 
Náutico x Atlético-GO 
Bragantino x Boa Esporte 
21h: 
Luverdense x Oeste 
Vila Nova x Sampaio Corrêa 

Classificação: 
1º - Joinville - 60 pontos e 18 vitórias (32 jogos)
2º - Ponte Preta - 60 pontos e 17 vitórias (31 jogos)
3º - Vasco - 54 pontos (31 jogos)
4º - Avaí - 52 pontos (32 jogos)
5º - Ceará - 50 pontos (32 jogos)
6º - América-MG - 48 pontos e 16 vitórias (32 jogos) *
7º - Santa Cruz - 48 pontos e 12 vitórias (31 jogos)
8º - Boa Esporte - 47 pontos e 14 vitórias (31 jogos)
9º - Sampaio Corrêa - 47 pontos e 11 vitórias (31 jogos)
10º - Atlético-GO - 46 pontos (31 jogos)
11º - Náutico - 45 pontos (31 jogos)
12º - Luverdense - 40 pontos e 12 vitórias (31 jogos)
13º - Paraná - 40 pontos e 10 vitórias (32 jogos)
14º - ABC - 38 pontos (32 jogos)
15º - Bragantino - 36 pontos (31 jogos)
16º - Icasa - 35 pontos e 9 vitórias (32 jogos)
17º - Oeste - 35 pontos e 8 vitórias (31 jogos)
18º - América-RN - 33 pontos (32 jogos)
19º - Vila Nova - 23 pontos (30 jogos)
20º - Portuguesa - 21 pontos (32 jogos)

* O América-MG perdeu 6 pontos por escalar o lateral Eduardo de forma irregular.

0 comentários :

Postar um comentário