sábado, 11 de outubro de 2014

EUA dominam Brasil e vão à final do Mundial Feminino de Vôlei

Em jogo nervoso, Brasil vai mal, perde por 3 a 0 na semifinal e seguirá sem conquistar o Mundial


De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

11/10/2014 – Um campeonato sem derrotas e as esperanças do título do Campeonato Mundial cada vez mais fortes. Foi assim que o Brasil chegou à semifinal contra as americanas neste sábado. Mas o final foi frustrante. As americanas jogaram tudo que não tinham jogado ainda no Mundial disputado na Itália. As brasileiras não conseguiram desenvolver seus fundamentos e veio a derrota: 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 29/27 e 25/20. Vitoria e vaga na final para os Estados Unidos, que encara China ou a anfitriã Itália, que jogam ainda neste sábado, às 15h30 (de Brasília).

Zé Roberto lamenta o jogo ruim.
(Foto: FIVB/Divulgação)

Em jogo nervoso, muitos fatores foram responsáveis pela derrota brasileira, incluindo a falta de concentração nos momentos de definição, a consistência americana e os muitos erros de arbitragem. Nem deu tempo do Brasil entrar em jogo. A seleção viu as adversárias fortes e precisas desde o inicio da partida, e quando existia a oportunidade de tentar uma reação, o time ficava pequeno e os árbitros não facilitavam. Ao menos quatro erros mexeram com o psicológico das brasileiras, apesar de não ter sido esse o fator que decidiu o jogo.

A ponteira americana Larson foi muito importante na vitória e foi a maior pontuadora do jogo, com 15 acertos. A também ponta Fernanda Garay foi o destaque do Brasil, com 14.

O Brasil ainda tem jogo pela frente em Milão, mesmo palco dos jogos deste sábado. Às 12h30 (de Brasília) deste domingo, encara o perdedor do duelo entre chinesas e italianas na disputa pela medalha de bronze. As americanas jogam a final na sequência.

O jogo


Muito confiante, o time dos Estados Unidos começou forte no jogo, e conseguiu ditar o ritmo do primeiro set. Ainda apático, o Brasil não conseguia se firmar na recepção, complicando as opções da levantadora Dani Lins. Na reta final da parcial, com a entrada de Fabíola e Tandara, as brasileiras cresceram, mas as adversárias já estavam muito na frente. 25 a 18 pra elas.

O Brasil voltou com outro ânimo para o segundo set, e nem uma confusão na mesa de arbitragem esfriou o time, que chegou a ter a vantagem de 8 a 2. No decorrer do jogo, muitos erros de arbitragem prejudicaram a seleção brasileira, que, nervosa, viu os Estados Unidos diminuírem a vantagem e pressionarem até virarem o jogo e fecharem mais uma parcial, dessa vez em 29 a 27.

No terceiro set, os Estados Unidos voltaram a dominar o jogo, o Brasil mais uma vez não conseguiu ajustar seu jogo e não teve chances. As americanas foram eficientes e fecharam mais uma vez, agora em 25 a 20.

Ficha do jogo:

Estados Unidos 3 x 0 Brasil
25/18, 29/27, 25/20

EUA:
Começaram: Alisha Glass (3), Murphy (13), Larson (15), Hill (13), Harmotto (8) e Akinradewo (5). Líbero: Banwarth,
Entraram: Fawcett (3),Thompson (0) e Dixon (0).
Técnico: Karch Kiraly

BRASIL:
Começaram: Dani Lins (0), Sheilla (11), Jaqueline (4), Fernanda Garay (14), Thaísa (9) e Fabiana (5). Líbero: Camila Brait.
Entraram: Tandara (6), Natália (1), Gabi (0) e Fabíola (0).
Técnico: José Roberto Guimarães

0 comentários :

Postar um comentário