quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Em jogo fraco, Fluminense e Atlético-MG empatam no Maracanã

Tricolor e Galo desagradam torcedores em jogo sem gols no Rio; Atlético sai do G-4 e Flu cai para oitavo

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

09/10/2014 - Apresentando muito pouco do que os torcedores esperavam, Fluminense e Atlético-MG jogaram no Maracanã na noite desta quinta-feira e ficaram no empate em 0 a 0, em jogo que valia pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado foi prejudicial aos dois times, já que ambos viram Grêmio e Corinthians passar à frente e abrirem vantagem.

Pior que o resultado de empate foi a postura de Fluminense e Atlético. As duas equipes não aparentavam qualquer importância ao jogo e ao que ele representava para a tabela de classificação, não só na rodada que se encerrou hoje, como também no desfecho do Campeonato Brasileiro dentro de dois meses. Um jogo como o desta noite merecia um tratamento mais condizente com a amplitude que ele se desenhava.

O Fluminense, de Cícero, e o Atlético, de Luan, não conseguiram fazer um bom jogo no Maracanã.
(Foto: Nelson Perez/Fluminense/Divulgação)

O resultado deixou Fluminense e Atlético-MG fora do G-4. Pior para o time carioca, que com a vitória do Santos sobre o Bahia, viu o Peixe pedir passagem, colocando o tricolor das Laranjeiras em oitavo lugar, com 42 pontos. O Galo, antes quarto colocado, caiu para a sexta posição, com 44.

Na próxima rodada, os dois times jogam no domingo (12), às 16h. O Fluminense vai a Porto Alegre encarar o Internacional no Beira-Rio, e o Atlético recebe o São Paulo no Independência.

O jogo

O primeiro tempo não começou empolgando os torcedores presentes ao Maracanã. Com poucas jogadas de criação e muitas bolas esticadas, Fluminense e Atlético procuravam o encaixe do jogo, que só foi aparecer depois da metade da etapa inicial. A partir dos 20 minutos, o time carioca passou a se atentar para os erros do Galo e começou a pressionar. A melhor chance foi do meia Cícero, que colocou a bola no travessão após cruzamento de Conca no escanteio.

Sentindo que o Fluminense havia crescido no jogo, o Atlético começou a sair para o jogo para pressionar. O Galo chegava com perigo, mas perdia chances muito claras de gol por excesso de preciosismo, aliado à precipitação na conclusão da jogadas. Guilherme, o mais inspirado em campo, teve uma oportunidade e a desperdiçou.

No segundo tempo, os torcedores esperavam um jogo mais dinâmico, aberto e franco. Ambos os times tinham bola e jogadores que poderiam fazer isso. Mas a etapa final foi apenas um repeteco dos primeiros 45 minutos. Fluminense e Atlético pecavam insistentemente nos passes errados e nas jogadas individuais.

O técnico Cristóvão Borges ainda apostou em Chiquinho e Kenedy - nos lugares de Fernando e Edson -, mas nada adiantou. O comandante tricolor chegou a ser chamado de "burro" por seus torcedores. Já Levir Culpi trocou seis por meia duzia ao tirar Luan e promover o estreante Cesinha. Com estes ingredientes, ficou bem claro que o jogo caminhava para um empate amargo e nada colaborador aos anseios de Fluminense e Atlético.

Ficha do jogo:

Fluminense 0 x 0 Atlético-MG

FLUMINENSE:
Diego Cavalieri; Bruno, Marlon, Fabrício e Fernando (Chiquinho); Edson (Kenedy), Rafinha, Cícero, Conca e Wagner; Fred. 
Técnico: Cristóvão Borges

ATLÉTICO:
Victor; Marcos Rocha, Edcarlos, Jemerson e Alex Silva; Leandro Donizete, Dátolo, Luan (Cesinha) e Guilherme; Carlos e Jô.
Técnico: Levir Culpi

27ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Público pagantes: 10.320 pagantes - 11.933 presentes
Renda: R$248.565,00
Data: 09/10/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (FIFA-SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Nadine Schramm Camara Bastos (FIFA-SC)

Cartões amarelos: Cícero (FLU); Leandro Donizete e Luan (ATL)

***

27ª rodada - Brasileirão: 
Quarta (8/10), às 19h30: 
Coritiba 1x0 Criciúma
21h: 
Vitória 2x2 Goiás
22h: 
Grêmio 2x0 Sport
Figueirense 1x2 Flamengo
Quinta (9/10), às 19h30: 
Santos 1x0 Bahia
20h30:

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 56 pontos (27 jogos) 
2º - São Paulo - 49 pontos (27 jogos)
3º - Internacional - 47 pontos (27 jogos)
4º - Grêmio - 46 pontos e 13 vitórias (27 jogos)
5º - Corinthians - 46 pontos e 12 vitórias (27 jogos)
6º - Atlético-MG - 44 pontos (27 jogos)
7º - Santos - 42 pontos e 12 vitórias (27 jogos)
8º - Fluminense - 42 pontos e 11 vitórias (27 jogos)
9º - Sport - 36 pontos (27 jogos)
10º - Goiás - 34 pontos, 9 vitórias e -2 gols de saldo (27 jogos)
11º - Flamengo - 34 pontos, 9 vitórias e -8 gols de saldo (27 jogos)
12º - Figueirense - 32 pontos (27 jogos)
13º - Palmeiras - 31 pontos e 9 vitórias (27 jogos)
14º - Chapecoense - 31 pontos, 8 vitórias e -3 gols de saldo (27 jogos)
15º - Atlético-PR - 31 pontos, 8 vitórias e -7 gols de saldo (27 jogos)
16º - Bahia - 30 pontos (27 jogos)
17º - Coritiba - 29 pontos (27 jogos)
18º - Vitória - 28 pontos (27 jogos)
19º - Criciúma - 27 pontos (27 jogos)
20º - Botafogo - 26 pontos (27 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário