terça-feira, 28 de outubro de 2014

Com novo favorito e cheia de brazucas, temporada da NBA começa nesta terça

Veja a prévia da temporada 2014/2015 do melhor basquete do mundo, que tem sete brasileiros e três jogos na noite de abertura


De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

28/10/2014 - A bola vai subir para a temporada 2014/2015 da NBA, a liga norte-americana de basquete. O Boleiros da Arquibancada acompanha mais um ano do melhor basquete do mundo, com a cobertura diária de jogos e uma página especial sempre atualizada. Na temporada 2013/2014, o San Antonio Spurs foi o campeão batendo o Miami Heat na decisão que você conferiu aqui. Para o novo ano, que tem sete brasileiros em quadra, o favorito promete ser outro: o Cleveland Cavaliers, do brasileiro Anderson Varejão e que recebeu de volta o "bom filho" LeBron James.


LeBron está feliz e em casa, em Cleveland.
(Foto: NBAE/Getty Images)

O fator LeBron James

Mais do que pelo aspecto comercial, a volta de LeBron a Cleveland coloca a equipe entre as favoritas ao título da Conferência Leste. O "King" é a peça chave que faltava para a franquia de Ohio voltar a aparecer entre as grandes equipes. Finalistas em 2007 e derrotados pelo San Antonio Spurs, os Cavs passaram por maus bocados nos últimos anos, situação que parece que não se repetirá por agora.

Isso porque os Cavaliers não são só LeBron. Cleveland foi ao mercado e apresenta equipe bastante interessante, com jovens nomes, como Irving e Waiters, e outros já consagrados, como Love e Varejão. No banco, nomes como os veteranos Mike Miller e Shawn Marion podem somar. O time tem tudo para ir longe e, se eu tivesse que apostar neste instante, os colocaria como favoritos.

O campeão sem sua estrela

Miami tem o desafio de provar que é muito mais do que o time onde LeBron James se tornou campeão (era o time, no caso). Sem seu principal nome, o Heat, bicampeão com James e atual vice, volta a ter em Dwyane Wade uma espécie de líder, assessorado à altura por Chris Bosh. Para herdar a posição de LeBron, quem chega é Luol Deng, ótimo jogador que se destacou em Chicago e passou por Cleveland.

A estrutura do time segue parecida, mas sem LeBron, claro. Entre os reservas, Chris Andersen e Danny Granger, que enfrentou sérias lesões nos últimos anos, são os nomes que mais chamam a atenção. Diferentemente dos últimos anos, a confiança em definir Miami como um dos favoritos não é mais a mesma.


Saudável, Kobe tentará conduzir os Lakers a um lugar digno na temporada.
(Foto: NBAE/Getty Images)

Ele está de volta

Recuperado de lesão, Kobe Bryant é a aposta do Los Angeles Lakers para tentar voltar a ter sua camisa respeitada. Segundo maior campeão com 16 conquistas, os Lakers viveram mau tempo. Na última temporada, a franquia foi a segunda pior da Conferência Oeste, com apenas 27 vitórias em 82 jogos, pior desempenho da história. Para esse ano, é quase certo que o time não deve chegar longe.

A equipe ganha em qualidade com as chegadas de Jeremy Lin e Carlos Boozer, jogadores questionáveis por alguns, mas que têm tudo para auxiliar Kobe, acostumado a conviver com sérias lesões nos últimos anos. Falando em lesão, a péssima notícia dos últimos dias foi a definição de que o veterano Steve Nash estará indisponível durante toda a temporada, devido a um grave problema nas costas. Com isso, o grande armador praticamente encerra sua carreira aos 40 anos.

Também chegaram outros nomes, como o experiente armador Ronnie Price, titular durante os jogos da pré-temporada quando Lin e Nash não jogaram. Porém, Pau Gasol foi embora para Chicago, e essa é uma perda considerável.


Rose lidera os Bulls na temporada.
(Foto: NBAE/Getty Images)

Outros bons times

Algumas boas equipes também prometem cumprir bom papel na temporada. Começando pelo lado Leste, o Chicago Bulls apresenta estrutura interessante montada em volta da estrela Derrick Rose, outro que espera viver um ano sem lesões dessa vez. Com um garrafão pesado formado por Joakim Noah e o ex-Lakers Pau Gasol, o time ainda tem Jimmy Butler vindo de uma boa pré-temporada e nomes como Taj Gibson, Kirk Hinrich e Mike Dunleavy.

Com boa parte do elenco da última temporada, os Nets também não devem fazer feio. Deron Williams e Joe Johnson comandam o time que também tem Brook Lopez, Kevin Garnett e, vindo do banco, a novidade Jarrett Jack, ex-Warriors. Paul Pierce deixou o time do Brooklyn e jogará ao lado de Nenê no Washington Wizards. O time da capital tem como base a aposta nos armadores John Wall e Bradley Beal e a presença de outros nomes, como Andre Miller. Pode ser que vingue.

Após uma ótima temporada regular no ano passado, o Indiana Pacers é uma incógnita. Importante saber em que condições retornará Paul George, que fraturou a tíbia e a fíbula há três meses em um amistoso preparatório para o Mundial de Basquete e já voltou a trabalhar leve com bola. O time continua contando com nomes como Roy Hibbert, George Hill, David West e o reserva Luis Scola.


Será que o trio conseguirá manter o alto nível em San Antonio?
(Foto: NBAE/Getty Images)

Do lado Oeste, o campeão San Antonio Spurs é uma incerteza para alguns devido à idade avançada de suas estrelas. Como será que chegam Tony Parker (32), Tim Duncan (38) e Manu Ginóbili (37) para o novo ano? É bom não duvidar do trio, ainda mais após o título. Os ótimos Danny Green e Kawhi Leonard, MVP das últimas finais, seguem na equipe, que também tem Boris Diaw e Patty Mills, além de Tiago Splitter. Já o Oklahoma City Thunder, que sempre chega, tem a mesma estrutura, com Russell Westbrook, Serge Ibaka e a estrela Kevin Durant, MVP da última temporada, além de outros que sempre podem contribuir, como Reggie Jackson. 

Times sempre interessantes de assistir são Golden State Warriors e Los Angeles Clippers. O primeiro tem Stephen Curry, Andre Iguodala, Klay Thompson, David Lee e, agora, Leandrinho; o segundo conta com Chris Paul, Blake Griffin, DeAndre Jordan e Jamal Crawford. Já o Memphis Grizzlies espera ser mais regular e mantém a base com Mike Conley, Tony Allen, Tayshaun Prince, Zach Randolph e Marc Gasol, com o veterano Vince Carter entre os reservas.

Enquanto isso, o Dallas Mavericks, de Dirk Nowitzki, ganha com as chegadas de Tyson Chandler, Chandler Parsons, Monta Ellis, Raymond Felton e Jameer Nelson, entre outros, para tentar incomodar.


A pré-temporada

O Toronto Raptors, de Kyle Lowry e DeMar DeRozan foi o melhor time da pré-temporada, com sete vitórias em oito partidas e aproveitamento de 87,5%. Consequentemente, foi o melhor da Conferência Leste, seguido por Cleveland e Detroit, com cinco vitórias em sete partidas. 

Do lado Oeste, Houston e Golden State venceram seis em oito jogos. O vice-campeão Miami viveu início irregular, com quatro vitórias e quatro derrotas. Já o campeão San Antonio foi ainda pior, com apenas duas vitórias em sete partidas. Clique e confira a classificação completa.


Varejão está em seu último ano de contrato em Cleveland. Ele é um dos sete brasileiros na liga.
(Foto: NBAE/Getty Images)

Brasil em quadra

Anderson Varejão em Cleveland, Leandrinho Barbosa em Golden State, Nenê em Washington, Tiago Splitter em San Antonio, Vitor Faverani em Boston, Bruno Caboclo e Lucas Bebê em Toronto. O Brasil nunca teve tantos representantes na principal liga de basquete do mundo. 

Varejão já é uma unanimidade nos Cavs, Splitter acaba de se tornar o primeiro brasileiro campeão, Nenê é importante para os Wizards, Leandrinho precisa voltar a ter boa sequência e os outros mais novos precisam mostrar o seu jogo.

Os primeiros jogos

Dallas Mavericks e San Antonio Spurs, clássico texano em San Antonio, e Orlando Magic e New Orleans Pelicans, em Nova Orleans, abrem a temporada a partir das 22h (de Brasília) desta terça-feira (28). O Space mostra Mavs e Spurs para o Brasil. À 0h30, Los Angeles Lakers e Houston Rockets se enfrentam em Los Angeles.


TABELA DE JOGOS - TEMPORADA REGULAR*
* horário de Brasília

28/10/2014: 
22h: Orlando Magic @ New Orleans Pelicans 
22h: Dallas Mavericks @ San Antonio Spurs (ao vivo no Space)
0h30: Houston Rockets @ Los Angeles Lakers (ao vivo no Sports+)

29/10/2014: 
21h: Milwaukee Bucks @ Charlotte Bobcats 
21h: Philadelphia 76ers @ Indiana Pacers 
21h30: Brooklyn Nets @ Boston Celtics 
21h30: Washington Wizards @ Miami Heat 
21h30: Atlanta Hawks @ Toronto Raptors 
22h: Minnesota Timberwolves @ Memphis Grizzlies 
22h: Chicago Bulls @ New York Knicks 
23h: Detroit Pistons @ Denver Nuggets 
23h: Houston Rockets @ Utah Jazz 
0h: Los Angeles Lakers @ Phoenix Suns 
0h: Golden State Warriors @ Sacramento Kings 
0h30: Oklahoma City Thunder @ Portland Trail Blazers (ao vivo na ESPN)

Na página da NBA, confira, sempre atualizadas, a tabela de jogos completa e as classificações.

0 comentários :

Postar um comentário