quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Brasil estreia com vitória na segunda fase do Mundial Feminino de Vôlei

Brasileiras passaram pelo Cazaquistão por 3 sets a 0, em Verona, na Itália; Adversária desta quinta será a Holanda


De Verona (Itália).
Por Vicente Condorelli, da Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Voleibol. 


01/10/2014 - A seleção brasileira feminina de vôlei estreou na segunda fase do Campeonato Mundial com vitória. Nesta quarta-feira (01.10), o Brasil superou o Cazaquistão por 3 sets a 0 (25/22, 25/22 e 25/18), em Verona, na Itália. Foi a sexta vitória consecutiva do time verde e amarelo que segue invicto na competição. As atuais campeãs olímpicas lutam por um título inédito.

Com o resultado, o Brasil continua em segundo lugar no grupo F, com 11 pontos. O Estados Unidos lideram com 12, a Rússia está em terceiro, com nove, a Sérvia em quarto, com oito, a Bulgária em quinto, com três, a Holanda em sexto, também com três, mas com um pior saldo de sets, a Turquia em sétimo, com dois, e o Cazaquistão em oitavo, sem pontos. As três melhores equipes do grupo passarão à fase final.

Brasileiras alcançaram a sexta vitória consecutiva.
(Foto: Divulgação/FIVB)

O próximo desafio das brasileiras na competição será a Holanda. O time verde e amarelo duelará com as holandesas às 15h (horário de Brasília) desta quinta-feira (02.10) com transmissão ao vivo do SporTV.

A central Thaísa foi a maior pontuadora do confronto, com 14 acertos. A ponteira Jaqueline, com 12, a central Fabiana e a oposto Sheilla, com 11 cada, também pontuaram bem.

A bicampeã olímpica Thaísa comentou sobre a dificuldade de marcar as jogadoras do Cazaquistão. "O time cazaque está muito diferente em relação ao ano passado. Foi um jogo difícil. Conseguimos manter a concentração, principalmente, nos momentos decisivos e isso é muito importante. Estamos todas nos ajudando o que também é fundamental", disse Thaísa, que ainda falou do adversário de amanhã das brasileiras.

"A Holanda tem grandes atacantes. Elas atacam muito forte, portanto acredito que o nosso bloqueio será decisivo. Também vamos ter que forçar o saque para elas não jogarem com o passe na mão", afirmou a bicampeã olímpica.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise da atuação do Brasil contra a equipe asiática. "O Cazaquistão joga com muitos cruzamentos e diferentes combinações de jogadas. Tivemos um pouco de dificuldade no início, mas quando nossa defesa começou a tocar nas bolas e o nosso bloqueio simples apareceu conseguimos mais contra-ataques. É um time que melhorou do ano passado para esse e deu trabalho nos dois primeiros sets. O importante foi a vitória e os três pontos, "analisou José Roberto Guimarães, que assim como a central Thaísa, comentou sobre a expectativa de enfrentar a Holanda.

"As holandesas também melhoraram do ano passado para esse. Jogamos contra elas quatro vezes no ano passado em amistosos pelo Brasil. É um time que tem feito jogo duro com todas as equipes", alertou o treinador brasileiro.

O JOGO

O set começou equilibrado. O Brasil foi para a primeira parada técnica com um de vantagem (8/7). Com um bom contra-ataque da central Thaísa, o time verde e amarelo abriu dois (12/10). As atuais campeãs olímpicas cresceram de produção e fizeram 16/12. Bem no bloqueio, as cazaques encostaram (17/16). A ponteira Fê Garay conseguiu um ace e o time verde e amarelo voltou a abrir (19/16). Bem nos contra-ataques, o Cazaquistão empatou (19/19). O treinador José Roberto Guimarães pediu tempo. A parada fez bem ao time brasileiro que voltou a sacar bem e fechou a primeira parcial por 25/22.

O início do segundo set também foi equilibrado. Com um ace, o Cazaquistão abriu dois (8/6). Depois de um longo rally, o Brasil empatou (8/8). A central Thaísa conseguiu uma boa sequência de saques e as brasileiras fizeram 12/9. As atuais campeãs olímpicas foram para a segunda parada técnica com um de vantagem (16/15). A central Fabiana fez um ponto de bloqueio e o time verde e amarelo abriu dois (19/17). Com muito volume de jogo, as cazaques viraram o marcador (20/19). O final do set foi disputado ponto a ponto, mas o Brasil foi melhor nos momentos decisivos e venceu a segunda parcial por 25/22.

O time verde e amarelo começou o terceiro set com uma substituição. Entrou Natália e saiu Fê Garay. Com um ponto de ataque da central Fabiana, o Brasil fez 9/6. A levantadora Dani Lins conseguiu uma boa sequência de saques e as brasileiras fizeram 15/8. As atuais campeãs olímpicas seguiram melhores até o final e venceram a terceira parcial por 25/18 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES
BRASIL – Dani Lins, Sheilla, Fê Garay, Jaqueline, Fabiana e Thaísa. Líbero - Camila Brait
Entraram: Fabíola, Tandara e Natália
Técnico: José Roberto Guimarães

CAZAQUISTÃO –Tatyana, Issayeva, Sana, Olga, Korinna e Inna. Líbero – Storozhenko
Entraram: Beresneva, Alena e Irina
Técnico: Gutor Oleksandr

GALERIA DE FOTOS:
TABELA - Primeira fase:
23.09 - Brasil 3 x 0 Bulgária (25/19, 25/22 e 25/16)
24.09 - Brasil 3 x 0 Camarões (25/14, 25/15 e 25/18)
25.09 - Brasil 3 x 0 Canada (25/14, 25/8 e 25/18)
27.09 - Brasil 3 x 2 Turquia (17/25, 22/25, 25/19, 25/21 e 15/10)
28.09 - Brasil 3 x 1 Sérvia (24/26, 25/21, 25/19 e 25/23)

Segunda fase:
01.10 - Brasil 3 x 0 Cazaquistão (25/22, 25/22 e 25/18)
02.10 - Brasil x Holanda às 15h (horário de Brasília) - SporTV
04.10 - Brasil x Rússia às 15h (horário de Brasília) - SporTV
05.10 - Brasil x Estados Unidos às 15h (horário de Brasília) - SporTV

***

Nota do B.A. - Regulamento

Na primeira fase, as 24 seleções estiveram divididas em quatro grupos de seis equipes em cada e jogaram entre si dentro de sua chave. As quatro melhores de cada avançaram à segunda fase, onde estão divididas em dois grupos de oito equipes (um com os melhores dos grupos A e D e outro com os melhores de B e C). 

Na segunda fase, os classificados do Grupo A jogam contra os do D e os do grupo B enfrentam os do C, totalizando quatro rodadas. Os times carregam a pontuação conquistada na primeira fase contra as equipes classificadas. As três melhores avançam à terceira fase e jogam em dois grupos de três. As duas melhores de cada fazem a semifinal e, posteriormente, a final.

0 comentários :

Postar um comentário