quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Abrindo as quartas da Copa do Brasil, Cruzeiro luta para vencer ABC

Com muitos titulares poupados, Raposa não faz boa partida, mas consegue vitória magra diante do ABC no Mineirão


De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

01/10/2014 - Quem pensou que o Cruzeiro iria passar fácil pelo ABC de Natal se enganou. Com apenas três titulares, o time celeste encontrou dificuldades, porém, conseguiu a vitória por 1 a 0 e abriu vantagem no duelo pelas quartas de final da Copa do Brasil. A Raposa esbarrou na forte marcação adversária e na falta de entrosamento do time. O sistema ofensivo não estava em seu melhor dia, já que não mostrou criatividade e movimentação e só conseguiu o gol no fim da partida em uma jogada aérea. O zagueiro Léo, aos 34 minutos do segundo tempo, foi o responsável por balançar as redes.

Cruzeiro e ABC fazem o jogo da volta no dia 15 de outubro, uma quarta-feira, às 22h (de Brasília), na Arena das Dunas, em Natal. O time mineiro joga pelo empate ou por uma derrota por um gol de diferença, desde que balance as redes. O ABC precisa de dois gols de vantagem para passar de fase, ou pode repetir o resultado para decidir nos pênaltis.

Gol azul saiu em cobrança de escanteio.
(Foto: Washington Alves/LightPress/Site oficial do Cruzeiro)

O jogo

O ABC foi a campo com a proposta de arrancar um empate do Cruzeiro no Mineirão e, no primeiro tempo, cumpriu com o seu objetivo. O time nordestino foi muito aplicado tecnicamente e, com a defesa muito bem postada, segurou o ataque cruzeirense. A equipe mineira, com apenas três titulares, sofreu com a falta de entrosamento e criatividade no setor ofensivo, o que resultou em poucas finalizações. A Raposa não conseguia infiltrar na área do ABC e utilizou pouco recursos como o chute de longe e a bola aérea para vencer a forte marcação.

A primeira oportunidade foi do ABC aos 15 minutos. Madson deixou dois marcadores para trás e cruzou no pé de João Paulo, que pegou mal e mandou por cima do gol. Porém, as melhores oportunidades foram do Cruzeiro, criadas em lances individuais isolados. Aos 17 minutos, Egídio avançou pela esquerda e chutou para grande defesa do goleiro Camilo. Dez minutos depois, Willian Farias arriscou de fora da área. A bola desviou na zaga e passou à esquerda do gol de Camilo, que apenas olhou a bola saindo. Aos 37 minutos, Marlone fez boa jogada individual e chutou forte para o gol, errando por pouco.

O segundo tempo começou com o Cruzeiro lento na criação das jogadas, sem movimentação e criatividade. A Raposa tinha maior posse de bola, entretanto, não conseguia ser incisiva no ataque. Os jogadores do ABC se fechavam ainda mais à espera do apito final. Mesmo sem mostrar força ofensiva, quem chegou primeiro foi a equipe de Natal. Aos 15 minutos, Madson conseguiu cruzamento no esforço e a bola apareceu livre para João Paulo; o atacante não chegou na bola e perdeu grande chance de abrir o placar.

O técnico cruzeirense, Marcelo Oliveira, querendo a vitória em casa, colocou Ricardo Goulart e Marcelo Moreno, que deram mais força ofensiva ao Cruzeiro. Após cruzamento na área, aos 23 minutos, Borges cabeceou com perigo, mas a bola foi para fora. Aos 28 minutos, foi a vez de Dagoberto errar o cabeceio. Cinco minutos depois, o zagueiro Léo não perdoou. Após cobrança de escanteio, o defensor subiu e cabeceou no gol; a bola ainda desviou em Sueliton antes de estufar as redes.

Ficha de jogo

Cruzeiro 1 x 0 ABC

CRUZEIRO:
Fábio; Ceará, Léo, Manoel e Egídio (Mayke); Willian Farias (Ricardo Goulart), Nilton e Marlone; Dagoberto, Willian e Borges (Marcelo Moreno).
Técnico: Marcelo Oliveira

ABC:
Camilo, Madson, Suéliton, Marlon e Samuel; Fábio Bahia, Patrick (Luciano Amaral), Daniel Amora e Xuxa; João Paulo (João Henrique) e Rodrigo Silva (Beto).
Técnico: Moacir Júnior

1º jogo das quartas de final da Copa do Brasil
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 01/10/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)

Gols: Leo, aos 33 minutos do segundo tempo (Cruzeiro)

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

Cartões amarelos: Dagoberto (Cruzeiro); João Paulo, Camilo, Suéliton, Xuxa (ABC)

***

Copa do Brasil - Quartas de final (jogos de ida): 
Quarta (1/10), às 19h30: 
22h: 

0 comentários :

Postar um comentário