quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Cruzeiro é pressionado, mas vence o Coritiba no Couto Pereira

Raposa sai na frente no primeiro tempo, toma pressão do Coxa na segunda etapa, mas se recupera da derrota no clássico e expande vantagem

De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

24/09/2014 - Jogando no Couto Pereira, o Cruzeiro confirmou o seu retrospecto como o melhor visitante do Campeonato Brasileiro e venceu o Coritiba por 2 a 1, pela 24ª rodada,  na noite desta quarta-feira. A equipe mineira saiu em vantagem logo aos sete minutos de jogo, com gol de pênalti de Marcelo Moreno, artilheiro isolado da competição com 12 gols. Ainda no primeiro tempo, o ex-Coritiba Éverton Ribeiro ampliou o marcador. Na segunda etapa, o Coxa veio melhor, pressionou os cruzeirenses e diminuiu a diferença com o ex-cruzeirense Martinuccio, mas não conseguiu reverter o placar.

A vitória dá ainda mais tranquilidade ao Cruzeiro, que chega aos 52 pontos na ponta da tabela e abre oito para o novo vice-líder, o Internacional, que fez 3 a 0 sobre o Criciúma, e nove pontos para o São Paulo, que caiu para terceiro ao empatar com o Flamengo por 2 a 2 em casa. A situação do Coritiba fica ainda mais complicada, com apenas 23 pontos 18 posição. Na próxima rodada, o Cruzeiro pega o Sport, na Arena Pernambuco, às 18h30 do sábado (27). No dia seguinte, o Coritiba enfrenta o Internacional no Beira-Rio, às 18h30.


Foto: Geraldo Bubniak/LightPress/Site oficial do Cruzeiro

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, foi o Cruzeiro quem tomou a iniciativa do jogo. A pressão desde o princípio da partida não demorou a dar resultado. Aos cinco minutos, o volante Nilton foi derrubado dentro da área por Germano após a batida de escanteio e o juiz assinalou pênalti. Marcelo Moreno foi para cobrança, a bola beliscou a trave e foi parar no fundo das redes. O goleiro Vanderlei caiu no canto certo e quase defendeu. Com a vantagem no placar, o time mineiro passou a trabalhar as jogadas com mais calma em busca do segundo gol.

Em situação dramática no campeonato, só a vitória interessava ao Coritiba, que foi atrás do resultado. Entretanto, a Raposa marcava a saída de bola da equipe paranaense, criando dificuldades no setor ofensivo dos donos da casa. O meia Alex tinha que buscar a bola na defesa para distribuir as jogadas. Saindo mais para o ataque, o Coxa acabou deixando espaços para o Cruzeiro contra-atacar. Dessa maneira, os visitantes ampliaram a diferença no marcador aos 38 minutos. Ceará cruzou e Éverton Ribeiro teve que chutar duas vezes contra o gol de Vanderlei para marcar.

Na segunda etapa, o Coritiba veio para o tudo ou nada e sufocou a equipe celeste. Depois de criar algumas oportunidades, o Coxa diminuiu a diferença. O gol teve dedo do técnico Marquinhos, que tirou o volante Germano e colocou o atacante Martinuccio, o autor do gol. Em cobrança de falta, Alex mandou na área, a zaga cruzeirense afastou mal e a bola sobrou para o argentino, que soltou a bomba balançando as redes. Após o gol, a partida ganhou velocidade e emoção.

As duas equipes passaram a ter espaços para avançar e tiveram boas oportunidades para marcar seus gols. Aos 21 minutos, Ribeiro e Moreno fizeram ótima jogada e Ricardo Goulart recebeu na área para finalizar sobre o gol de Vanderlei. Aos 32 minutos, foi a vez do Coritiba chegar com muito perigo. Zé Love acertou uma cabeçada certeira e obrigou o goleiro Fábio a fazer um milagre. Dez minutos depois, o Cruzeiro teve a chance de matar a partida. Marquinhos apareceu bem na direita, o cruzamento atravessou toda a área e passou por Marcelo Moreno e Egídio, que não chegaram a tempo de finalizar.

Inter é o novo vice-líder

O Internacional venceu o Criciúma por 3 a 0, no Beira-Rio, e segue firme na disputa pelas primeiras posições. A vitória teve gols de Aránguiz, Eduardo Sasha e D'Alessandro. Rafael Moura ainda desperdiçou um pênalti, mas a atuação vermelha fez jus ao placar. Com o resultado, o Inter sobe para 44 pontos e ultrapassa o São Paulo, que empatou com o Flamengo em 2 a 2 e ficou em terceiro. O Criciúma fica com 23 pontos, em 19º lugar. O lanterna Palmeiras, com um ponto a menos, joga nesta quinta-feira contra o Vitória. O próximo adversário do Colorado é o Coritiba, novamente no Beira-Rio, às 18h30 do domingo (28). O Tigre encara a Chapecoense na Arena Condá, às 18h30 do sábado (27).

Ficha de jogo:

Coritiba 1 x 2 Cruzeiro

CORITIBA:
Vanderlei; Norberto, Leandro Almeida, Luccas Claro e Carlinhos; Hélder (Dudu), Rosinei (Geraldo), Germano (Martinuccio) e Alex; Zé Eduardo e Joel.
Técnico: Marquinhos Santos

CRUZEIRO:
Fábio; Ceará, Dedé, Manoel e Egídio; Nilton, Henrique, Everton Ribeiro (Lucas Silva) e Ricardo Goulart (Marlone); William (Marquinhos) e Marcelo Moreno.
Técnico: Marcelo Oliveira

24ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Público: 9521 pagantes - 11928 presentes
Renda: R$ 171.099
Data: 24/09/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)

Gols: Martinuccio, aos 16 minutos do segundo tempo (COR); Marcelo Moreno, aos sete minutos do primeiro tempo, e Éverton Ribeiro, aos 38 minutos do primeiro tempo (CRU)

Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Vicente Romano Neto (SP)

Cartões amarelos: Germano, Alex, Carlinhos (Coritiba); William, Dedé (Cruzeiro)

***

24ª rodada - Brasileirão: 
Quarta (24/9), às 19h30: 
Coritiba 1x2 Cruzeiro 
Internacional 3x0 Criciúma 
21h: 
Chapecoense 3x0 Atlético-PR 
Bahia 1x0 Sport 
22h: 
Figueirense 1x0 Corinthians 
Fluminense 0x0 Grêmio 
São Paulo 2x2 Flamengo 
Quinta (25), às 19h30: 
Palmeiras x Vitória 
Botafogo x Goiás 
20h30: 
Atlético-MG x Santos 

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 52 pontos (24 jogos) 
2º - Internacional - 44 pontos (24 jogos)
3º - São Paulo - 43 pontos (24 jogos)
4º - Grêmio - 40 pontos e 11 vitórias (24 jogos)
5º - Corinthians - 40 pontos e 10 vitórias (24 jogos)
6º - Fluminense - 37 pontos, 10 vitórias e 13 gols de saldo (24 jogos)
7º - Atlético-MG - 37 pontos, 10 vitórias e 6 gols de saldo (23 jogos)
8º - Sport - 35 pontos (24 jogos)
9º - Santos - 33 pontos (23 jogos)
10º - Flamengo - 31 pontos (24 jogos)
11º - Goiás - 30 pontos (23 jogos)
12º - Figueirense - 29 pontos (24 jogos)
13º - Atlético-PR - 28 pontos (24 jogos)
14º - Chapecoense - 27 pontos (24 jogos)
15º - Bahia - 26 pontos (24 jogos)
16º - Vitória - 24 pontos (23 jogos)
17º - Botafogo - 23 pontos e 6 vitórias (23 jogos)
18º - Coritiba - 23 pontos, 5 vitórias e -2 gols de saldo (24 jogos)
19º - Criciúma - 23 pontos, 5 vitórias e -19 gols de saldo (24 jogos)
20º - Palmeiras - 22 pontos (23 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário