quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Brasil vence Camarões no segundo desafio pelo Mundial Feminino de Vôlei

Brasileiras superaram as camaronesas por 3 sets a 0, em Trieste, na Itália; próximo desafio será contra o Canadá, às 5h30 desta quinta


De Trieste (Itália).
Por Vicente Condorelli, da Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Voleibol.

24/09/2014 - A seleção brasileira feminina de vôlei conseguiu a segunda vitória no Campeonato Mundial. Nesta quarta-feira (24.09), o Brasil superou Camarões por 3 sets a 0 (25/14, 25/15 e 25/18), no Palatrieste, em Trieste, na Itália. Na estreia, o time verde e amarelo venceu a Bulgária pelo mesmo placar. Brasileiras, camaronesas e búlgaras estão no grupo B que ainda tem Canadá, Turquia e Sérvia. As atuais campeãs olímpicas lutam por um título inédito.


No primeiro jogo dessa quarta-feira pelo grupo B, a Turquia passou pelo Canadá por 3 sets a 0. Ainda hoje, Sérvia e Bulgária medirão forças na última partida da chave.

Foto: Divulgação/FIVB

O treinador José Roberto Guimarães começou a partida dessa quarta-feira com uma formação diferente em relação a última partida, com a levantadora Fabíola, a oposto Tandara, as ponteiras Gabi e Natália, as centrais Adenízia e Carol e a líbero Camila Brait. A campeã olímpica Natália teve atuação destacada e foi a maior pontuadora do confronto, com 18 acertos (13 de ataque, um de bloqueio e quatro de saque). A oposto Tandara e a central Adenízia marcaram 10 pontos cada. Pelo lado de Camarões, Nana foi o maior destaque, com 13 acertos.

O treinador José Roberto Guimarães comentou a atuação do time verde e amarelo contra a equipe africana. "A partida contra Camarões foi importante para dar ritmo de jogo para todas as jogadoras. Agora, já temos que pensar no Canadá. O Mundial já começou e tivemos algumas surpresas como as derrotas da Alemanha e do Japão. Por isso, todo o cuidado é pouco. Essa competição é longa e precisamos de todas as jogadoras bem. Também foi positivo ver como Camarões está jogando. Elas entraram no jogo e tentaram. É um time forte tecnicamente que, se melhorar a técnica, pode evoluir muito no futuro", disse José Roberto Guimarães.

A ponteira Gabi, que fez uma bonita defesa com o pé no primeiro set, lembrou da importância de vencer mais um jogo por 3 sets a 0. "Cometemos um pouco mais de erros do que ontem, mas o importante foi a vitória e os três pontos. Não conhecíamos o time de Camarões e elas jogam com uma bola mais alta, no entanto, foi bom para ganharmos ritmo. Já aquela minha defesa com o pé, aprendi com a Fabizinha (líbero bicampeã olímpica)", brincou Gabi.

O JOGO

O Brasil começou sem dar chances para Camarões e fez 10/1. As brasileiras foram para o segundo tempo técnico com dez de vantagem (16/6). Quando o time verde e amarelo vencia por 19/7, o técnico da equipe africana pediu tempo. A ponteira Gabi conseguiu uma linda defesa com o pé quando o placar estava 23/11 para as atuais campeãs olímpicas. Com tranquilidade, as brasileiras venceram o primeiro set por 25/14.

O time verde e amarelo seguiu melhor no início do segundo set e fez 8/4. Bem no bloqueio e no saque, as brasileiras abriram sete (13/6). Se aproveitando dos erros das africanas, a diferença no placar subiu para nove (18/9). As brasileiras seguiram sem dar chances para as camaronesas e fecharam o segundo set com 25/15.

O terceiro set começou equilibrado (4/4). O time verde e amarelo fez quatro pontos seguidos e abriu vantagem no marcador (8/4). A equipe africana conseguiu uma boa sequência de saques e virou o marcador (9/8). Com um ace da levantadora Fabíola,o Brasil voltou a abrir quatro (14/10). As atuais campeãs olímpicas seguiram melhores até o final, venceram o set por 25/18 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES
BRASIL – Fabíola, Tandara, Gabi, Natália, Carol e Adenízia. Líbero – Camila Brait
Técnico: José Roberto Guimarães

CAMARÕES - Fotso, Nana, Moma, Koulla, Mballa e Bikatal. Líbero - Bille
Entraram -Roline, Juliette, Victorie e Fawziya
Técnico - Jean Rene

GALERIA DE FOTOS:
TABELA – Primeira fase:
23.09 – Brasil 3 x 0 Bulgária (25/19, 25/22 e 25/16)
24.09 – Brasil 3 x 0 Camarões (25/14, 25/15 e 25/18)
25.09 – Brasil x Canadá às 5h30 (horário de Brasília) – SporTV
27.09 – Brasil x Túrquia às 15h (horário de Brasília) – SporTV
28.09 – Brasil x Sérvia às 15h (horário de Brasília) - SporTV

***

Nota do B.A. - Regulamento:

Na primeira fase, as 24 seleções estão divididas em quatro grupos de seis equipes em cada e jogam entre si dentro de sua chave. As quatro melhores de cada avançam à segunda fase, onde estarão divididas em dois grupos de oito equipes (um com os melhores dos grupos A e D e outro com os melhores de B e C). 

Na segunda fase, os classificados do Grupo A jogam contra os do D e os do grupo B enfrentam os do C, totalizando quatro rodadas. As três melhores avançam à terceira fase e jogam em dois grupos de três. As duas melhores de cada fazem a semifinal e, posteriormente, a final.

No momento, o Brasil lidera a chave, com seis pontos, seguido por Sérvia, Turquia e Canadá, com três, além de Camarões e Bulgária, que não pontuaram.

0 comentários :

Postar um comentário