domingo, 24 de agosto de 2014

Xô, crise!

Com bela atuação de Fred e Cícero, Fluminense goleia Sport no Maracanã e faz as pazes com torcida

De Belo Horizonte.
Por João Vítor Marques.

24/08/2014 – Após semana de protestos de algumas torcidas organizadas, polêmicas com Fred e ameaça de greve dos jogadores, o Fluminense finalmente voltava a jogar no Maracanã desde a eliminação da Copa do Brasil contra o América de Natal. Apesar das dificuldades, o resultado contra o Sport, em jogo pela 17ª rodada do Brasileirão, saiu melhor que a encomenda. O Flu contou com ótimas atuações de Fred e Cícero para golear por 4 a 0 o rival pernambucano e fazer as pazes com o seu torcedor. Mesmo com a vitória, a equipe carioca segue na quinta posição, com 29 pontos, dois a menos que o Corinthians. Já o Sport não dá sequência à reação iniciada na última rodada, e cai para oitavo, com 25 pontos.

No próximo domingo (31), às 16h (de Brasília), o Fluminense tem jogo de “seis pontos” contra o Corinthians, em São Paulo. No mesmo dia, o Sport recebe o Criciúma no Recife, também às 16h. Mas antes, as duas equipes têm compromisso pela Copa Sul-Americana. O Flu recebe o Goiás na quarta (27), às 18h; e o Leão trava duelo nordestino contra o Vitória em casa, às 22h de quinta.    

Foto: CBF.com.br

O jogo

O primeiro tempo começou com as duas equipes encontrando dificuldades para trocar passes, e o que se via era uma partida com nível técnico abaixo do que Flu e Sport podem oferecer. Aos 14 minutos, o volante Valência se desequilibrou sozinho e torceu o tornozelo em disputa de bola com Renê. O colombiano, que ficou de fora da Copa por lesão, saiu de campo chorando, para a entrada de Edson.

As equipes dividiam as poucas chances criadas, com o Sport um pouco superior. Aos 28, a melhor chance do Leão: Neto Baiano recebeu lançamento de frente para o goleiro Klever, substituto de Diego Cavalieri, mas foi travado na hora do chute. No rebote, Patric, com pouco ângulo, acertou a trave. Mas o Fluminense se mostrou mais preciso. Após saída errada de Patric, Cícero recebeu passe de Fred dentro da área, dominou com a direita e bateu com a canhota embaixo do goleiro Magrão, aos 34 minutos.

Depois do gol, o Flu ganhou confiança e ampliou o marcador ainda na primeira etapa. Principal alvo da torcida organizada durante os protestos que ocorreram durante a semana, Fred vinha fazendo boa partida, ajudando na marcação e se movimentando mais do que de costume. Mas foi em bela jogada de Cícero pela direita que o camisa 9 se consagrou. O meia retribuiu a assistência e cruzou na medida para Fred, que se antecipou à zaga e testou firme para as redes, aos 42.

O Sport começou a segunda etapa esboçando reação, com a entrada de Diego Souza no lugar de Zé Mário, mas era o Fluminense quem criava as principais oportunidades. Logo aos quatro minutos, Conca deu mostras do futebol que encantou os tricolores em 2010. O argentino cobrou direto a falta sofrida por Cícero na ponta esquerda e enganou o sistema defensivo rubro-negro. A bola ainda tocou no gramado antes de passar por Magrão e estufar as redes.

Com a vantagem de 3 a 0 e a relação com a torcida reestabelecida, o Fluminense conseguia “cozinhar” o jogo. Mas, aos 25 minutos, o tricolor perdeu outro jogador por lesão. Após choque com Diego Souza, Edson sentiu perna direita e saiu para a entrada de Rafinha. Pelo lado do Sport, nem a nova dupla de meio-campistas, formada por Ibson e Diego Souza, conseguiu melhor dar sobrevida à equipe.

E ainda deu tempo para mais um de Fred, aos 34 minutos. O atacante subiu mais alto que os dois marcadores em cruzamento do lateral-direito Bruno, e cabeceou no canto direito de Magrão para fechar a goleada tricolor. Ao ser substituído para a entrada de Walter, o camisa nove despertou reação mista entre a torcida. Enquanto os torcedores “comuns” cantavam “o Fred vai te pegar”, a organizada protestava contra o artilheiro da partida. Resta saber se o clima nas Laranjeiras estará mais tranquilo durante a semana.

Flamengo mantém recuperação

Em outra partida das 16h, o Flamengo foi à Santa Catarina enfrentar o desesperado Criciúma e deu sequência aos bons resultados. A equipe rubro-negra se valeu, novamente, das modificações feitas por Luxemburgo no segundo tempo. Lucas Mugni, num contestado pênalti, e o atacante Eduardo da Silva, assim como no duelo do meio de semana contra o Atlético, marcaram os gols que garantiram a quarta vitória seguida do Fla, num momento em que o Criciúma era melhor. Com a derrota, o Tigre estaciona nos 17 pontos e é o primeiro time do Z-4, com uma vitória a menos que o Palmeiras, 16º colocado. O time de Vagner Lopes vai a Recife enfrentar o Sport no domingo (31), às 16h. No mesmo dia, o Flamengo, agora na 11ª posição com 22 pontos, enfrenta o Vitória no Barradão, às 18h30.

Ficha do jogo:

Fluminense 4x0 Sport

FLUMINENSE: 
Klever; Bruno, Henrique, Elivelton e Chiquinho; Valência (Edson (Rafinha), Jean, Cícero e Conca; Rafael Sóbis e Fred (Walter). 
Técnico: Cristóvão Borges

SPORT: 
Magrão; Patric, Oswaldo, Durval e Renê;Wendel (Augusto), Rithely, Zé Mário (Diego Souza) e Ananias; Felipe Azevedo (Ibson) e Neto Baiano. 
Técnico: Eduardo Baptista

17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 24/08/2014
Horário: 16h (de Brasília)

Gols: Cícero, aos 34 minutos do primeiro tempo, Fred, aos 42 minutos do primeiro tempo e aos 34 minutos do segundo tempo, e Conca, aos 4 minutos do segundo tempo (FLU)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Alessandro Alvaro Rocha de Matos

Cartão amarelo: Cícero (FLU)


***


Brasileirão - 17ª rodada:
Sábado (23/8), às 18h30: 
Atlético-MG 1x0 Internaciconal
Botafogo 1x0 Chapecoense
21h: 
Palmeiras 1x0 Coritiba
Domingo (24), às 16h: 
São Paulo 2x1 Santos
Grêmio 2x1 Corinthians
Fluminense 4x0 Sport
Vitória 0x1 Figueirense
Criciúma 0x2 Flamengo
18h30: 
Atlético-PR 0x0 Bahia
Goiás 0x1 Cruzeiro

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 39 pontos (17 jogos) 
2º - São Paulo - 32 pontos (17 jogos)
3º - Internacional - 31 pontos e 9 vitórias (17 jogos)
4º - Corinthians - 31 pontos e 8 vitórias (17 jogos)
5º - Fluminense - 29 pontos (17 jogos)
6º - Atlético-MG - 26 pontos (17 jogos)
7º - Grêmio - 25 pontos, 7 vitórias e 1 gol de saldo (17 jogos)
8º - Sport - 25 pontos, 7 vitórias e -7 gols de saldo (17 jogos)
9º - Atlético-PR - 24 pontos (17 jogos)
10º - Santos - 23 pontos (17 jogos)
11º - Flamengo - 22 pontos (17 jogos)
12º - Figueirense - 20 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
13º - Goiás - 20 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
14º - Botafogo - 19 pontos, 5 vitórias e 0 gol de saldo (17 jogos)
15º - Chapecoense - 19 pontos, 5 vitórias e -5 gols de saldo (17 jogos)
16º - Palmeiras - 17 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
17º - Criciúma - 17 pontos e 4 vitórias (17 jogos)
18º - Bahia - 16 pontos (17 jogos)
19º - Coritiba - 15 pontos, 3 vitórias e -4 gols de saldo (17 jogos)
20º - Vitória - 15 pontos, 3 vitórias e -7 gols de saldo (17 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário