sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Único invicto

Diante de sua torcida, Brasil abre segunda semana do Grand Prix de Vôlei com vitória e excelente partida contra a Coreia

De Uberlândia 
Por Aline Guerra

08/08/2014 – Abrindo a segunda semana do Grand Prix no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, a seleção brasileira feminina de vôlei enfrentou a Coreia do Sul na tarde desta sexta-feira. Conhecidas por terem sua base em torno da oposta Kim Yeon-Koung, as coreanas hoje não tiveram chances diante de um Brasil confiante e superior. Vitória das donas da casa por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/12 e 25/15. O Brasil encarou a Coreia consciente da maior arma das adversárias, soube anular a jogadora mais importante da equipe asiática e, com tranquilidade, não sofreu. Muito bem no bloqueio e na distribuição de bola, as brasileiras souberam administrar a partida sem sofrer nenhuma pressão.

Em apresentação de gala, Brasil inicia segunda semana do Grand Prix com o pé direito.
(Foto: FIVB/Divulgação)

Apesar de não ter tanto destaque como o de costume, Kim foi a maior pontuadora da partida, com 16 pontos. Pelo Brasil, a ponteira Fernanda Garay marcou 15, dois a mais que a central Thaísa. Amanhã (sábado, 9), o Brasil tem jogo mais complicado pela frente, contra a Rússia, derrotada nesta sexta pelos Estados Unidos por 3 sets a 1, também em São Paulo. O duelo entre brasileiras e russas será às 10h (de Brasília), de novo no Ibirapuera. 

A seleção brasileira segue na liderança do Grupo 1 do Grand Prix, como única equipe com 100% de aproveitamento e 12 pontos conquistados. A Coreia está em nono, com seis. 

O jogo

Em um começo de set bastante equilibrado, a Coreia jogava tudo com Kim Yeon-Koung e o Brasil tentava superar a forte defesa asiática. Defendendo muito bem e bastante concentrado, o time brasileiro conseguiu anular as adversárias fazendo um ponto atrás do outro. A equipe funcionou bem, todo mundo pontuou. 25 a 16 para as donas da casa no primeiro set.

O Brasil seguiu consciente e superior no segundo set, anulando a melhor atacante das adversárias e impedindo a Coreia de criar jogadas e de pontuar, consequentemente. O time fez seu trabalho com tranquilidade, fechando mais uma parcial, dessa vez em 25 a 12.

Com mais equilíbrio no terceiro set, o protagonista do Brasil foi o bloqueio, que impediu as atacantes coreanas de levarem perigo no placar. A seleção brasileira mais uma vez cresceu, se mostrou superior e fechou a partida de maneira excelente por 25 a 15.

Regulamento 

Nesta edição do Grand Prix, 12 equipes disputam a fase classificatória no chamado Grupo 1, das melhores colocadas no ranking. A cada semana, são formados três grupos com quatro times em cada. Os quatro melhores avançam à fase final, que também terá o Japão, país sede, e o vencedor dos grupos J a O (Argentina, Bélgica, Canadá, Cuba, Holanda, Polônia, Peru e Porto Rico), que estão no Grupo 2, uma espécie de "segunda divisão".

Ficha do jogo:

Brasil 3 x 0 Coreia do Sul
25/16, 25/12 e 25/15

Brasil:
Começaram: Dani Lins (4), Sheilla (10), Jaqueline (9), Fernanda Garay (15), Thaísa (13) e Fabiana (8). Líbero: Camila Brait.
Entraram: Natália (L), Monique (1), Fabíola (0) e Gabi (0).
Técnico: José Roberto Guimarães

Coreia do Sul:
Começaram:  Lee Dayeong (1), Kim Yeon-Koung (16), Park Jeong-Ah (1), Han Song-Yi (3), Kim Hee-Jim (3) e Lee-Jaeyeong (6). Líbero: Hae-Ran.
Entraram: Mok-Haw (0) e Jie-Youn (0).
Técnico: Sungoo Lee

Local: Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP) 
Público: 5069 
Data: 08/08/2014 
Horário: 14h45 (de Brasília) 

Arbitragem: Fabrizio Pasquali (ITA) e Walter Vera (PER)

***

Grand Prix - Resultados da sexta-feira (8): 
Japão 2x3 Itália 
China 3x1 Tailândia 
Sérvia 0x3 Alemanha 
Rússia 1x3 Estados Unidos 
Bélgica 3x0 Polônia 
Turquia 2x3 República Dominicana 
Holanda 2x3 Porto Rico 
Brasil 3x0 Coreia do Sul 
Canadá 0x3 Cuba 
Argentina 3x0 Peru


Classificação - Grupo 1 (clique para ampliar):
Foto: FIVB.org

Grupo 2 (clique para ampliar):
Foto: FIVB.org

0 comentários :

Postar um comentário