terça-feira, 12 de agosto de 2014

Supercampeão

Cristiano Ronaldo faz os dois gols da vitória sobre o Sevilla e o Real Madrid coloca a Supercopa da UEFA na sua galeria de troféus

De Aracaju.

Por Henrique Ferrera.

12/08/2014 - O campeão europeu Real Madrid começou a nova temporada do jeito que terminou a antiga: levantando taças, graças aos dois gols de Cristiano Ronaldo que deram aos campeões europeus a conquista da Supercopa da UEFA sobre o Sevilla. A vitória desta terça-feira, em jogo disputado em Cardiff, no País de Gales, foi por 2 a 0.

Foi o segundo título do Real Madrid nessa competição, juntamente com o de 2002. O Sevilla também já conquistou uma vez a taça, em 2007. O maior vencedor da história desse torneio é o Milan, que levantou a taça em cinco oportunidades.

Real Madrid levantou sua segunda taça da Supercopa.
(Foto: Getty Images)
O jogo

O Madrid começou com uma escalação de colocar medo em qualquer adversário, com Carlo Ancelotti colocando Bale e Ronaldo junto à Benzema no ataque, e com os novos galáticos James Rodríguez e Kroos no meio-campo.

Com tanta qualidade, não foi surpreendente que o controle da partida foi do Madrid desde o começo. Bale, retornando à Cardiff - sua cidade natal -, chegou perto de abrir o placar aos 18 minutos quando se esticou para completar um cruzamento de James na segunda trave, mas Denis Suárez conseguiu bloquear.

Depois de Fazio desviar um cruzamento de Fábio Coentrão para longe do seu gol, Ronaldo arriscou, mas parou na defesa de Beto. Porém, Cristiano Ronaldo marcou mais gols contra o Sevilla no Campeonato Espanhol que contra qualquer outro time, então não foi surpresa que logo ele levou a melhor sobre o seu compatriota que estava no gol do Sevilla.

Cristiano, pela direita, atravessou uma bola para James, que por sua vez serviu Bale na esquerda; o cruzamento do galês atravessou até a segunda trave, implorando por um desvio, e Cristiano prontamente o atendeu, finalizando com precisão e abrindo o placar, aos 30 minutos.

Após Daniel Carriço falhar contra Casillas em lance perigosíssimo, o gol de Cristiano Ronaldo logo após o reinício matou a partida. Benzema serviu o português pela esquerda do ataque; ele avançou para a área e bateu com força vencendo Beto, que colocou a mão na bola, mas em vão, aos quatro minutos da etapa complementar.

Os comandados de Unai Emery, campeões da UEFA Europa League, pouparam sua torcida barulhenta de se decepcionar ainda mais graças à brilhante defesa com uma mão de Beto sobre James, embora a Iago Aspas também foi negada a chance do gol de honra por Casillas.

Quem brilhou? O primeiro dos galáticos, Cristiano Ronaldo aparentemente superou sua lesão e fez os dois gols que deram o título ao Madrid.

Quem atrapalhou? O meio-campo do Sevilla pareceu muito fora de dinamismo sem Rakitic. O meia, que foi para o Barcelona, era o metrônomo da equipe.

Próximos jogos. O Real Madrid se mantém em pré-temporada e enfrentará a Fiorentina, no sábado (16), em amistoso na Polônia; um dia antes, o Sevilla faz amistoso com a Sampdoria.

Ficha do jogo:

Real Madrid 2x0 Sevilla

REAL MADRID:
Casillas; Carvajal, Pepe, Sergio Ramos e Fábio Coentrão (Marcelo); Kroos, Modric (Illarramendi) e James Rodríguez (Isco); Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema.
Técnico: Carlo Ancelotti

SEVILLA:
Beto; Coke (Diogo Figueiras), Nico Pareja, Fazio e Fernando Navarro; Krychowiak, Daniel Carriço e Denis Suárez (Reyes); Aleix Vidal (Iago Aspas), Vitolo e Bacca.
Técnico: Unai Emery

Final da Supercopa da UEFA
Local: Cardiff City Stadium, em Cardiff (GAL)
Data: 12/08/2014
Horário: 15h45 (de Brasília)

Gols: Cristiano Ronaldo, aos 30 minutos do primeiro tempo e aos 4 minutos do segundo tempo

Árbitro: Mark Clattenburg (ING)
Assistentes: Simon Beck (ING) e Stuart Burt (ING)

Cartões amarelos: Carvajal e Kroos (Real Madrid); Fernando Navarro e Vitolo (Sevilla)

0 comentários :

Postar um comentário