quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Suado

Com gol de Ganso, São Paulo desbanca vice-líder Inter no Beira-Rio e entra no G-4

De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

21/08/2014 - Em um jogo muito disputado no Beira-Rio na noite desta quarta-feira (20), o São Paulo levou a melhor sobre o Internacional e venceu por 1 a 0, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto começou com as duas equipes lutando muito pela posse de bola e conseguindo criar poucas oportunidades de abrir o placar. O Tricolor foi eficiente e, na primeira chance que teve de balançar as redes, já deixou seu gol anotado com Ganso. O segundo tempo teve mais movimentação com os dois times buscando o jogo, porém, a bola não quis mais entrar. Com esse resultado, o São Paulo chega aos 29 pontos e entra no G-4, encostando no Inter. Mesmo derrotado, o Internacional continua na vice-liderança com 31 pontos, entretanto, nesta quinta, o Corinthians pode igualar a pontuação colorada caso bata o Goiás e o Cruzeiro, que tem 33, pode abrir mais vantagem se vencer o Grêmio.

Na próxima rodada, o Internacional enfrentará o Atlético-MG, no Independência, às 18h30 (de Brasília) do sábado (23). No dia seguinte, o São Paulo terá o clássico contra o Santos, no Morumbi, às 16h.

Em dia iluminado, Ganso faz grande partida e marca o gol da vitória tricolor. 
(Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

O jogo

A partida começou lenta e com poucas oportunidades criadas pelos dois lados. O Internacional possuía maior posse de bola, porém, não conseguia reverter essa vantagem em jogadas ofensivas. O Colorado encontrava muita dificuldade para infiltrar a defesa muito bem montada do adversário. Dessa maneira, a oportunidade mais clara dos donos da casa foi aos 26 minutos. Hudson perdeu a bola no meio de campo e o Inter partiu em velocidade; Alex recebeu de D'Alessandro na esquerda e chutou forte, para grande defesa de Rogério Ceni com os pés.

O Tricolor mostrou-se muito aplicado tecnicamente no confronto. Todos os jogadores voltavam para marcar, inclusive Ganso que fez ótimo jogo, e saíam para o ataque em jogadas de velocidade. Na primeira vez que chegou ao ataque, o São Paulo não perdoou e estufou o barbante. Aos 35 minutos, o zagueiro Juan deu passe na fogueira, Paulo Miranda roubou a bola de Bertotto no ataque e cruzou para Kaká; o craque ajeitou no peito e tocou para Álvaro Pereira chutar forte da linha de fundo; a bola desviou na zaga e sobrou, na pequena área, para Ganso, sozinho, empurrar para as redes de Dida.

Na volta do intervalo, o Inter mostrou uma postura diferente. O time deixou o toque de bola sem objetividade no meio do campo e apresentou um ataque mais incisivo. Esse novo comportamento deu resultado. Aos sete minutos, após cobrança de escanteio, D'Alessandro pegou o rebote na entrada da área e obrigou Rogério Ceni a fazer bela defesa; na sobra, Rafael Moura marcou, mas foi pego em posição irregular pela arbitragem.

Mesmo com o Internacional aumentando sua produtividade, o São Paulo continuava muito seguro na defesa. A marcação paulista estava compacta, não deixava espaço e recompunha rapidamente quando perdia a posse bola. A equipe tricolor estava com seu sistema tático bem definido para explorar os contra-ataques e, em umas dessas jogadas, quase saiu o segundo gol. Aos 18 minutos, Pato puxou pela direita e tocou para Kaká, que dominou na entrada da área e chutou forte, acertando a rede pelo lado de fora.

Na reta final do segundo tempo, a partida ficou mais movimentada, com os dois times armando lances ofensivos de melhor qualidade. No entanto, a bola teimava em não entrar. Aos 34 minutos, Michel Bastos cruzou rasteiro e a bola sobrou para Pato. O atacante chutou a bola, desviou em Juan e voltou para ele novamente. Sem marcação, o atacante bateu por cima e perdeu grande chance. Três minutos depois, Wellington Paulista cabeceou, após escanteio, e a bola explodiu no travessão. Aos 44, em cobrança de falta, Paulo Miranda não cortou e a bola sobrou para Rafael Moura, que chutou rasteiro, com perigo, à direita de Ceni.

Ficha de jogo:

Internacional 0x1 São Paulo

INTERNACIONAL:
Dida; Wellington Silva, Ernando, Juan e Fabrício; Ygor (Valdívia), Matheus Bertotto (Wellington Paulista), Aránguiz e Alex (Jorge Henrique); D'Alessandro e Rafael Moura.
Técnico: Abel Braga

SÃO PAULO:
Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Álvaro Pereira; Hudson, Denilson,
Ganso (Michel Bastos) e Kaká; Alan Kardec e Alexandre Pato (Ademilson).
Técnico: Muricy Ramalho

Local: Beira Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 20/08/2014
Horário: 22h (de Brasília)

Gol: Paulo Henrique Ganso, aos 35 minutos do primeiro tempo

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Dibert Moisés (RJ) e Michael Correia (RJ)

Cartões amarelos: Fabrício (Internacional); Hudson (São Paulo)

***

Brasileirão - 16ª rodada: 
Quarta (20), às 19h30: 
Sport 2x1 Palmeiras 
Figueirense 1x0 Botafogo 
21h: 
Coritiba 2x0 Vitória 
Bahia 0x0 Criciúma 
21h50: 
Chapecoense 1x0 Fluminense 
Quinta (21), às 19h30: 
Corinthians x Goiás 
20h30: 
Cruzeiro x Grêmio

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 33 pontos (15 jogos) 
2º - Internacional - 31 pontos (16 jogos)
3º - São Paulo - 29 pontos (16 jogos)
4º - Corinthians - 28 pontos (15 jogos)
5º - Fluminense - 26 pontos (16 jogos)
6º - Sport - 25 pontos (16 jogos)
7º - Santos - 23 pontos, 6 vitórias e 6 gols de saldo (16 jogos)
8º - Atlético-MG - 23 pontos, 6 vitórias e 3 gols de saldo (16 jogos)
9º - Atlético-PR - 23 pontos, 6 vitórias e 1 gols de saldo (16 jogos)
10º - Grêmio - 22 pontos (15 jogos)
11º - Goiás - 20 pontos (15 jogos)
12º - Chapecoense - 19 pontos, 5 vitórias e -4 gols de saldo (16 jogos)
13º - Flamengo - 19 pontos, 5 vitórias e -9 gols de saldo (16 jogos)
14º - Figueirense - 17 pontos e 5 vitórias (16 jogos)
15º - Criciúma - 17 pontos e 4 vitórias (16 jogos)
16º - Botafogo - 16 pontos (16 jogos) 
17º - Coritiba - 15 pontos, 3 vitórias e -3 gols de saldo (16 jogos)
18º - Bahia - 15 pontos, 3 vitórias e -5 gols de saldo (16 jogos)
19º - Vitória - 15 pontos, 3 vitórias e -6 gols de saldo (16 jogos)
20º - Palmeiras - 14 pontos (16 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário