domingo, 24 de agosto de 2014

Sorte de campeão?

Goiás desperdiça pênalti no último lance e líder Cruzeiro garante mais três pontos longe de casa

De Belo Horizonte.
Por Bruno Santana.

24/08/2014 - Vencendo como sempre, líder como nunca. Vindo de duas vitórias em casa, o Cruzeiro foi para o Serra Dourada, em Goiânia, enfrentar o Goiás pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro na noite deste domingo. E a terceira vitória consecutiva veio. A Raposa venceu por 1 a 0 e conseguiu, com a maior antecedência da história do campeonato (desde que foi adotado o modelo com 20 clubes), o título simbólico de campeão do primeiro turno da competição. Ainda faltam duas rodadas para o fim da primeira parte. O Cruzeiro, com pinta de campeão, ainda contou com um pênalti desperdiçado por David no último lance, jogando fora a chance de empatar a partida.


Marcelo Moreno marcou o único gol do jogo.
(Foto: Cristiano Borges/Light Press/Site oficial do Cruzeiro)

O time celeste não perde desde a oitava rodada (1 a 0 para o Corinthians, no Pacaembu), completando nove rodadas hoje. Com o resultado, a Raposa atingiu 39 pontos, seguindo na liderança e abrindo sete pontos para o segundo colocado, agora o São Paulo. O Cruzeiro agora tira a suas atenções do Campeonato Brasileiro e coloca a cabeça na Copa do Brasil. Pelo primeiro jogo das oitavas de final, receberá o Santa Rita de alagoas às 19h30 (de Brasília) da quarta-feira (27). Pela segunda fase da Sul-Americana, o Goiás encara o Fluminense no Maracanã, na quinta-feira (28), às 18h.

Pelo Brasileiro, o Cruzeiro encara a Chapecoense no Mineirão, no sábado (30), às 18h30, mesmo horário de Goiás e Atlético-PR no domingo (31), no Serra Dourada.

O jogo

Jogando em casa, o Goiás tomou a iniciativa de atacar a equipe visitante. Aos 11 minutos, David chutou de fora da área e obrigou Fábio a trabalhar pela primeira vez no Serra Dourada. Trabalhando melhor as jogadas, o Cruzeiro deu a resposta com um gol. Aos 24 minutos, Éverton Ribeiro deu um passe açucarado para Marcelo Moreno chutar forte na saída do goleiro Renan: 1 a 0. O Goiás buscava o empate, mas o Cruzeiro era eficiente na marcação e não deixava o time da casa criar novas oportunidades. A equipe mineira ficou perto do segundo gol aos 40 minutos. Alisson cruzou na cabeça de Marcelo Moreno, que tocou para o gol, mas viu Renan fazer boa defesa.

Na segunda etapa, o Goiás precisou se soltar mais em busca do empate. Aos 13 minutos, Moisés partiu pela direita, limpou para dentro e bateu colocado, e a bola saiu à esquerda do goleiro Fábio. A Raposa respondeu aos 19 minutos, com Ceará. O lateral chutou forte da direita, a bola pegou um efeito e saiu com perigo à direita do goleiro Renan, quase o pegando de surpresa. Aos 29 minutos, o Cruzeiro teve outra chance. Dagoberto, que entrou na vaga de Alisson, tabelou com William e chutou cruzado para fora. 

O Goiás respondeu aos 33 minutos, com uma bomba de David em cobrança de falta. Fábio defendeu com extrema precisão e reflexo. Aos 39 minutos, foi a vez de Erick mandar uma bomba de fora da área e o goleiro cruzeirense fazer outra boa defesa. Aos 47 minutos, o Cruzeiro quase viu seu trabalho ir todo por água abaixo com um pênalti de Dedé em Esquerdinha. Na cobrança, David bateu no canto direito de Fábio, que pulou no canto certo, mas viu a bola ir para fora. Sorte de líder, talvez de campeão.

Ficha do jogo:

Goiás 0x1 Cruzeiro

GOIÁS: Renan; Moisés (Murilo), Jackson, Felipe Macedo e Valmir Lucas; David, Thiago Mendes, Tiago Real e Leo Veloso; Samuel (Esquerdinha) e Bruno Mineiro (Erik). 
Técnico: Ricardo Drubscky

CRUZEIRO: 
Fábio; Ceará, Dedé, Leo e Egídio (Samudio); Nilton e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Alisson (Dagoberto) e Willian (Henrique); Marcelo Moreno. 
Técnico: Marcelo Oliveira

Motivo: 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 24/08/2014
Horário: 18h30 (de Brasília)

Gol: Marcelo Moreno, aos 25 minutos do primeiro tempo

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC)

Cartões amarelos: Thiago Mendes, Bruno Mineiro, Jackson e (Goiás); Ceará, Samudio e Dedé (Cruzeiro)

***


Brasileirão - 17ª rodada:
Sábado (23/8), às 18h30: 
Atlético-MG 1x0 Internaciconal
Botafogo 1x0 Chapecoense
21h: 
Palmeiras 1x0 Coritiba
Domingo (24), às 16h: 
São Paulo 2x1 Santos
Grêmio 2x1 Corinthians
Fluminense 4x0 Sport
Vitória 0x1 Figueirense
Criciúma 0x2 Flamengo
18h30: 
Atlético-PR 0x0 Bahia
Goiás 0x1 Cruzeiro

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 39 pontos (17 jogos) 
2º - São Paulo - 32 pontos (17 jogos)
3º - Internacional - 31 pontos e 9 vitórias (17 jogos)
4º - Corinthians - 31 pontos e 8 vitórias (17 jogos)
5º - Fluminense - 29 pontos (17 jogos)
6º - Atlético-MG - 26 pontos (17 jogos)
7º - Grêmio - 25 pontos, 7 vitórias e 1 gol de saldo (17 jogos)
8º - Sport - 25 pontos, 7 vitórias e -7 gols de saldo (17 jogos)
9º - Atlético-PR - 24 pontos (17 jogos)
10º - Santos - 23 pontos (17 jogos)
11º - Flamengo - 22 pontos (17 jogos)
12º - Figueirense - 20 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
13º - Goiás - 20 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
14º - Botafogo - 19 pontos, 5 vitórias e 0 gol de saldo (17 jogos)
15º - Chapecoense - 19 pontos, 5 vitórias e -5 gols de saldo (17 jogos)
16º - Palmeiras - 17 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
17º - Criciúma - 17 pontos e 4 vitórias (17 jogos)
18º - Bahia - 16 pontos (17 jogos)
19º - Coritiba - 15 pontos, 3 vitórias e -4 gols de saldo (17 jogos)
20º - Vitória - 15 pontos, 3 vitórias e -7 gols de saldo (17 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário