domingo, 24 de agosto de 2014

Sofrido

Em jogo apertado, Grêmio derrota Corinthians e sobe no Brasileirão

De São Paulo.
Por Eduardo do Carmo.

24/08/2014 - Grêmio e Corinthians fizeram partida disputadíssima na tarde deste domingo, pela 17ª rodada do Brasileirão, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Após primeira etapa zerada, o Tricolor gaúcho fez dois gols relâmpagos no início do segundo tempo, com Barcos, sofreu um do peruano Guerrero, mas segurou a pressão do alvinegro paulista e garantiu a vitória apertada.

Com o resultado, o Grêmio chegou aos 25 pontos e ganhou três posições (agora é o sétimo). Já o Corinthians, perdeu uma posição e caiu para quarto. O Timão segue com 31. Na próxima rodada, os dois jogam em casa e no domingo. O Corinthians encara o Fluminense, na Arena Corinthians, às 16h. Já o Grêmio, novamente em sua Arena, enfrenta o Bahia.

Barcos faz dois gols, garante vitória gremista e sai aplaudido de campo.
(Foto: Lucas Uebel/Site oficial do Grêmio)

Antes, pela Copa do Brasil, na quarta-feira, o Timão visita o Bragantino, na Arena Pantanal, às 22h. Na quinta-feira, o Grêmio recebe o Santos, às 20h, na Arena Grêmio. As duas partidas são válidas pela ida das oitavas de final.

Foi a primeira derrota do Corinthians na condição de visitante e segunda no geral, além de oito vitórias e sete empates. Já o Grêmio, com sete vitórias e quatro empates, tem seis derrotas.

A primeira etapa foi bem disputada e rápida. Os goleiros aceleravam o jogo após cada defesa. Grohe e Cássio por muitas vezes defendiam e já buscavam o contragolpe. Enquanto o Grêmio apostou em lançamentos e jogadas pela esquerda com Zé Roberto, o Corinthians trocou passes e dominou de modo geral os primeiros quarenta e cinco minutos. Partida com boa qualidade, faltando apenas o gol.

Após o intervalo, a história mudou e a rede balançou. Arrasador, o Grêmio abriu o marcador no primeiro minuto e ampliou aos 3. Dois gols do atacante Barcos. Rapidamente, o Corinthians diminuiu com Guerrero e pressionou durante toda a segunda etapa. Mas o empate não saiu. Felipão abdicou do ataque e deixou o seu time todo atrás para se defender e apostar em contragolpes.

O jogo

Aos 11 minutos, Elias chutou de longe, mas errou o alvo. Um minuto mais tarde, Fagner recebeu pela direita, cruzou rasteiro, mas a zaga gremista afastou. O time gaúcho chegou aos 21, quando Dudu recebeu de Matías e cruzou para trás. Ligado, Gil tirou pela linha de fundo. Aos 23, Ralf errou no meio-campo e o Tricolor partiu para o ataque. Barcos mandou para Luan, que foi derrubado perto da área por Anderson Martins. Na cobrança, Zé Roberto errou o alvo.

O Grêmio seguiu no campo ofensivo e, aos 31, Zé Roberto avançou pela esquerda, cruzou e viu a zaga do Corinthians afastar. Aos 39, a resposta do Timão. Jadson bateu cruzado e a bola se perdeu pela linha de fundo. Aos 45, a melhor oportunidade a favor do alvinegro paulista. Elias recebeu de Guerrero, cortou e avançou até a entrada da área. O volante, porém, finalizou fraco para defesa de Grohe. Na sequência, Barcos ainda teve chance do outro lado, mas não aproveitou.

Se o primeiro tempo foi acelerado, a etapa final teve início arrasador do time da casa. Ainda no primeiro minuto, Zé Roberto cruzou e a zaga do Corinthians falhou. Barcos pegou a sobra e empurrou para as redes de Cássio. Dois minutos depois, nova falha do setor defensivo e outro gol do argentino.

Aos 10, Guerrero teve oportunidade clara para diminuir o prejuízo. Lodeiro deixou o peruano na cara do gol, mas Marcelo Grohe fez excelente defesa. Aos 15, sozinho na pequena área, Fábio Santos errou o cabeceio e perdeu outra chance incrível. No minuto seguinte, porém, Guerrero invadiu a área pela esquerda e fuzilou para fazer o tento do Timão. A pressão da equipe de Mano Menezes seguiu e Luciano quase deixou tudo igual de cabeça. Grohe salvou.

O lance mais próximo para a igualdade saiu dos pés de Ralf. Aos 37, o volante arriscou de longe e carimbou a trave. Aos 45, já na área, Romarinho chutou e a bola bateu no braço de Werley. Os atletas do Corinthians reclamaram de pênalti, mas o árbitro mandou seguir. Na sequência, Guerrero se envolveu em confusão e levou cartão vermelho. Até Cássio foi para o ataque, mas o marcador ficou em 2 a 1.


Ficha do jogo:

Grêmio 2x1 Corinthians

GRÊMIO:
Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto; Ramiro, Fellipe Bastos, Luan (Matheus Biteco), Giuliano (Alan Ruiz) e Dudu; Barcos (Walace).
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CORINTHIANS:
Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos (Uendel); Ralf, Elias, Lodeiro (Romero) e Jadson; Luciano (Romarinho) e Paolo Guerrero.
Técnico: Mano Menezes

17ª rodada do Brasileirão
Local: Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público total: 32.401 
Data: 24/08/2014
Horário: 16h (de Brasília)

Gols: Barcos (2), no primeiro minuto e aos 3 do segundo tempo (GRE); Paolo Guerrero, aos 16 do segundo tempo (COR).

Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

Cartões amarelos: Rhodolfo, Matheus Biteco (GRE); Anderson Martins, Elias e Lodeiro (COR)

Cartões vermelhos: Paolo Guerrero (COR)

***

Brasileirão - 17ª rodada:
Sábado (23/8), às 18h30: 
Atlético-MG 1x0 Internaciconal
Botafogo 1x0 Chapecoense
21h: 
Palmeiras 1x0 Coritiba
Domingo (24), às 16h: 
São Paulo 2x1 Santos
Grêmio 2x1 Corinthians
Fluminense 4x0 Sport
Vitória 0x1 Figueirense
Criciúma 0x2 Flamengo
18h30: 
Atlético-PR 0x0 Bahia
Goiás 0x1 Cruzeiro

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 39 pontos (17 jogos) 
2º - São Paulo - 32 pontos (17 jogos)
3º - Internacional - 31 pontos e 9 vitórias (17 jogos)
4º - Corinthians - 31 pontos e 8 vitórias (17 jogos)
5º - Fluminense - 29 pontos (17 jogos)
6º - Atlético-MG - 26 pontos (17 jogos)
7º - Grêmio - 25 pontos, 7 vitórias e 1 gol de saldo (17 jogos)
8º - Sport - 25 pontos, 7 vitórias e -7 gols de saldo (17 jogos)
9º - Atlético-PR - 24 pontos (17 jogos)
10º - Santos - 23 pontos (17 jogos)
11º - Flamengo - 22 pontos (17 jogos)
12º - Figueirense - 20 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
13º - Goiás - 20 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
14º - Botafogo - 19 pontos, 5 vitórias e 0 gol de saldo (17 jogos)
15º - Chapecoense - 19 pontos, 5 vitórias e -5 gols de saldo (17 jogos)
16º - Palmeiras - 17 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
17º - Criciúma - 17 pontos e 4 vitórias (17 jogos)
18º - Bahia - 16 pontos (17 jogos)
19º - Coritiba - 15 pontos, 3 vitórias e -4 gols de saldo (17 jogos)
20º - Vitória - 15 pontos, 3 vitórias e -7 gols de saldo (17 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário