domingo, 10 de agosto de 2014

Rumo ao G-4

Atlético-MG vence o Palmeiras, dá um salto na tabela e vê a zona da Libertadores mais próxima

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

10/08/2014 - Foi um domínio técnico e territorial de apenas um time. Porém, o resultado não era condizente com o que era apresentado. Por fim, com muita raça e vontade, valeu a pena esperar por mais três pontos na tabela de classificação. Na noite deste domingo, o Atlético-MG venceu o Palmeiras por 2 a 1, no Independência, e comemorou o terceiro jogo seguido sem derrota no Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Diego Tardelli, no primeiro tempo, com Henrique empatando para os alviverdes e Dátolo dando a vitória para o Galo na etapa final.

Com o resultado, o Atlético-MG pegou um elevador na classificação e saltou da 10ª posição para o sexto lugar, com 22 pontos, quatro a menos que o Fluminense, último do G-4. O Palmeiras estacionou na 14ª posição, com 14 pontos, mas agora enxerga a zona do rebaixamento no retrovisor, pois o primeiro do Z-4, Botafogo, tem um ponto a menos.

 Dátolo garante a vitória do Galo sobre o Palmeiras
(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Na próxima rodada, ambos jogam no domingo (17). O Atlético-MG visitará o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, às 18h30 (de Brasília). Por sua vez, o Palmeiras joga mais cedo, às 16h, no clássico diante do São Paulo, no Pacaembu.

O jogo

Os primeiros minutos foram de equilíbrio entre as duas equipes. Ambos entraram em campo com muita intensidade e sempre em busca o ataque. Até nos defeitos, Galo e Palmeiras se esbarravam na igualdade. Os dois times sentiam falta de um toque mais refinado no meio-campo para facilitar a criação de jogadores aos atacantes. Na defesa, a dupla de volantes, Pierre e Josué, pelo Atlético-MG, Renato e Wesley, pelo alviverde, apareciam mal na marcação.

Após a metade do primeiro tempo, o Atlético-MG passou a dominar o jogo e empurrar o Palmeiras para o campo de defesa. Entretanto, as oportunidades não aconteceram da maneira desejada e o Galo passou a investir em chutes a média e longa distância. Em uma dessas, o alvinegro acertou o alvo. Diego Tardelli ajeitou e arrematou de perna esquerda e mandou a bola no alto das redes de Fábio, aos 43, da entrada da área.

No segundo tempo, ambos os times retornaram apresentando os mesmos problemas, mas com o placar adverso, o Palmeiras saiu mais ao ataque e adiantou suas linhas para buscar o empate. E ele veio aos oito minutos. No escanteio batido por Allione, um desvio no meio do caminho por Felipe Menezes deixou Henrique tranquilo para vencer o volante Pierre, finalizar e empatar.

Após o gol, o Palmeiras ainda teve uma chance de ouro após uma falha do goleiro Victor, mas Mouche bateu com pouca força e facilitou a vida do goleiro atleticano. Depois deste lance, só deu Galo. Luan entrou no lugar de Maicosuel e deu mais velocidade e movimentação ao Atlético, mas o desempate só saiu aos 42 minutos. Luan chegou a linha de fundo e cruzou; a bola ficou a serviço de Dátolo, que substituiu o lesionado Guilherme no primeiro tempo, e o meia chutou forte para decretar a vitória do alvinegro.

Ficha do jogo

Atlético-MG 2 x 1 Palmeiras

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Pedro Botelho; Pierre, Josué, Maicosuel (Luan), Guilherme (Dátolo) e Diego Tardelli; Jô (André).
Técnico: Levir Culpi

PALMEIRAS
Fábio; Weldinho, Lucio, Tobio e Victor Luis; Renato, Wesley (Josimar), Felipe Menezes e Allione; Leandro (Mouche) e Henrique (Diogo).
Técnico: Ricardo Gareca

Motivo: 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Público: 14.089 torcedores
Renda: R$460.980,00
Data: 10/08/2014
Horário: 18h30 (de Brasília)

Gols: Diego Tardelli, aos 43 minutos do primeiro tempo, e Dátolo, aos 42 minutos do segundo tempo (CAM); Henrique, aos 8 minutos do segundo tempo (PAL)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Eduardo Souza Couto (RJ)

***

14ª rodada - Brasileirão: 
Sábado (9/8), às 18h30: 
Bahia 1x0 Goiás 
21h: 
Domingo (10/8), às 16h: 
Atlético-PR 2x0 Botafogo 
Flamengo 1x0 Sport 
18h30: 
Chapecoense 0x1 Figueirense

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 30 pontos (14 jogos) 
2º - Internacional - 28 pontos (14 jogos)
3º - Corinthians - 27 pontos (14 jogos)
4º - Fluminense - 26 pontos (14 jogos)
5º - São Paulo - 23 pontos (14 jogos)
6º - Atlético-MG - 22 pontos, 6 vitórias e 4 gols de saldo (14 jogos)
7º - Atlético-PR - 22 pontos, 6 vitórias e 3 gols de saldo (14 jogos)
8º - Sport - 21 pontos (14 jogos)
9º - Santos - 20 pontos, 5 vitórias e 7 gols de saldo (14 jogos)
10º - Goiás - 20 pontos, 5 vitórias e -2 gols de saldo (14 jogos)
11º - Grêmio - 19 pontos (14 jogos)
12º - Criciúma - 16 pontos (14 jogos)
13º - Chapecoense - 15 pontos (14 jogos)
14º - Palmeiras - 14 pontos e 4 vitórias (14 jogos)
15º - Vitória - 14 pontos e 3 vitórias (14 jogos)
16º - Figueirense - 13 pontos e 4 vitórias (14 jogos)
17º - Botafogo - 13 pontos, 3 vitórias e -2 gols de saldo (14 jogos)
18º - Bahia - 13 pontos, 3 vitórias e -5 gols de saldo (14 jogos)
19º - Flamengo - 13 pontos, 3 vitórias e -11 gols de saldo (14 jogos)
20º - Coritiba - 12 pontos (14 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário