quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Quase lá!

Mesmo jogando na Arena, Santos vence o Grêmio e conquista ótima vantagem na Copa do Brasil

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

28/08/2014 - Fechando a série inicial dos jogos das oitavas de final da Copa do Brasil, o Santos fez seu papel de visitante indesejado. Na Arena do Grêmio, o Peixe venceu a equipe gremista por 2 a 0, com gols de David Braz e Robinho, ambos no primeiro tempo. A partida foi realizada na noite desta quinta-feira (28). No jogo de volta, na Vila Belmiro, na próxima quarta-feira (3), o Tricolor gaúcho tem que vencer por três gols de diferença para conquistar a classificação. Uma vitória por dois gols de diferença, desde que marque três vezes ou mais, também classifica o Grêmio.

Antes da segunda partida pela Copa do Brasil, o Grêmio recebe o Bahia novamente em sua Arena pela 18ª rodada do Brasileirão, no domingo (31), às 18h30 (de Brasília). Mais cedo, às 16h, o Santos faz o clássico contra o Botafogo, no Maracanã.

 Aos 40 anos, Zé Roberto ocupou novamente sua posição de origem: lateral-esquerdo.
(Foto: Lucal Uebel/Grêmio)

Lamentável

A nota triste do jogo vai para os insultos racistas endereçados ao goleiro santista Aranha, no decorrer da partida. O camisa 1 do Santos deixou o campo revoltado com as imitações de Macaco proferidas pelos torcedores do Grêmio. O arqueiro ainda cobrou atitudes severas das autoridades em mais um caso lamentável no nosso futebol.

O jogo

O Grêmio se atirou ao ataque contra o Santos durante boa parte do primeiro tempo. O trio de meias formado por Luan, Giuliano e Dudu, além de atacar, dava sustentação para que Barcos aparecesse bem como atacante fixo. A melhor oportunidade gremista foi no chute de Luan, que viu o lateral esquerdo Mena tirar a bola em cima da linha.

O Santos, visivelmente recuado e esperando uma chance de dar o bote, se segurou como pôde. Mas quando teve a oportunidade, foi visceral. Aos 37 minutos, Lucas Lima cobrou escanteio, a zaga do Grêmio ficou olhando, e David Braz, livre, cabeceou a bola para o fundo das redes tricolores. O segundo gol saiu na jogada que o Peixe tanto esperava. No contra-ataque, Lucas dominou com o braço e seguiu ao ataque. Na linha de fundo, cruzou rasteiro para Robinho completar aos 45.

Na etapa final, o Grêmio voltou a campo sem Felipão, expulso por reclamação após a jogada iniciada no segundo gol. O Tricolor empurrou o Santos para o campo de defesa e dominou a partida tecnicamente e territorialmente. O erro gremista foi buscar jogadas aéreas com apenas um jogador de referência. Virou uma presa fácil para defesa santista.

Com o passar do tempo, o Grêmio abandonou de vez a defesa e deixou um espaço enorme para o Santos explorar os contra-ataques. O placar só não aumentou porque Rildo e Thiago Ribeiro pararam no goleiro Marcelo Grohe, que não deixou aumentar o prejuízo.

Ficha do jogo:

Grêmio 0 x 2 Santos

GRÊMIO:
Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto (Matías Rodriguez); Walace (Matheus Biteco), Ramiro, Luan (Alan Ruiz), Giuliano e Dudu; Barcos.
Técnico: Luiz Felipe Scolari

SANTOS
Aranha; Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Mena; Alison, Arouca e Lucas Lima; Gabriel (Leandro Damião), Thiago Ribeiro (Alan Santos) e Robinho (Rildo).
Técnico: Oswaldo de Oliveira

1º jogo das oitavas de final da Copa do Brasil 2014
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 30.294
Renda: R$814.899,00
Data: 28/08/2014
Horário: 20h (de Brasília)

Gols: David Braz, aos 37, e Robinho, aos 45 minutos do primeiro tempo

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

***

Copa do Brasil - Oitavas de final (jogos de ida):
Terça (26/8), às 19h30:
Quarta (27/8), às 19h30: 
América-RN 3x0 Atlético-PR (volta em 3/9, às 19h30) 
22h: 
Coritiba 3x0 Flamengo (volta em 3/9, às 22h)
Botafogo 1x2 Ceará (volta em 3/9, às 22h)
Quinta (28/8), às 20h: 
Grêmio 0x2 Santos (volta em 3/9, às 22h)

0 comentários :

Postar um comentário