quinta-feira, 21 de agosto de 2014

No caminho

Brasil se recupera, faz jogo equilibrado e com diferente postura, vence China e é vice-líder da fase final do Grand Prix

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

21/08/2014 – Depois de conhecer sua primeira derrota neste Grand Prix contra a Turquia, na abertura da fase final da competição, a seleção brasileira feminina de vôlei mudou sua postura e encarou a China na madrugada desta quinta-feira, em Tóquio. E em uma partida equilibrada, o Brasil saiu atrás nos dois primeiros sets, mas conseguiu administrar a vitória por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/20, 25/21. O resultado faz o Brasil virar vice-líder da fase final com quatro pontos, dois atrás do líder Japão, dono da casa. 

Jaqueline foi o destaque brasileiro.
(Foto: FIVB/Divulgação)
Diante da paciente China, o Brasil fez um jogo de concentração e equilíbrio. As adversárias saíram em vantagem nos primeiros sets e foram alcançadas com um passe mais consistente e um saque estratégico. Na terceira parcial, a seleção brasileira teve mais tranquilidade, não precisou seu recuperar no placar e conseguiu administrar sua vantagem. Poucos erros, melhoras visíveis e primeira vitória na fase final.

Melhor em quadra, a ponteira Jaqueline foi, junto com a também ponta Fernanda Garay, a maior pontuadora do jogo, com 15 pontos. O destaque chinês foi outra ponteira, Liu, com 13 acertos. Nesta sexta, também às 3h (de Brasília), o Brasil já enfrenta seu novo desafio: a Bélgica de Lisa Van Hecke e Helene Rousseaux. 

Nos outros jogos desta quinta-feira em Tóquio, a Rússia venceu a Bélgica por 3 sets a 0 e o Japão derrotou a Turquia pelo mesmo placar. As japonesas lideram com seis pontos, seguidas pelo Brasil com quatro e por Rússia e China com três. A Turquia tem dois pontos e a Bélgica ainda não pontuou. Os jogos da fase final vão até domingo (24).

O jogo

Apostando em um jogo rápido, a China começou ditando o ritmo, e logo abriu vantagem de três pontos no inicio da partida. O Brasil baseou a virada em um saque eficiente, passou à frente e equilibrou o confronto. No fim, as chinesas ainda salvaram dois sets points, mas as brasileiras conseguiram fechar em 25 a 23.

O segundo set começou mais equilibrado. A China ficava à frente por dois pontos no máximo e o Brasil corria para conseguir o empate. Mais uma vez, as brasileiras tiveram uma parcial dura e só conseguiram assumir a liderança nas últimas bolas, fechando em 25 a 20.

Apesar do equilíbrio e dos erros contados, o Brasil respirou melhor no terceiro set. A equipe assumiu a dianteira do placar e esteve muito pouco pressionada. Administrando sua vantagem, a seleção brasileira evitou uma reação chinesa e fechou o jogo na terceira parcial com 25 a 21.

Ficha do jogo:

Brasil 3 x 0 China
25/23, 25/20 e 25/21

BRASIL:
Começaram: Dani Lins (1), Sheilla (11), Jaqueline (15), Fernanda Garay (15), Thaísa (8) e Fabiana (11). Líbero: Camila Brait.
Entraram: Monique (0).
Técnico: José Roberto Guimarães

CHINA:
Começaram: Shen (4), Zeng C.L. (11), Liu (13), Li (7), Yuan (2) e Yang J. (6). Líbero: Chen Zan
Entraram: Yang F. (1), Qiao (1), Wang Na (0) e Wang (0).
Técnico: Lang Ping 

Local: Ariake Collesium, em Tóquio (Japão) 
Público: 2000 
Data: 21/08/2014 
Horário: 3h (de Brasília)

0 comentários :

Postar um comentário