domingo, 31 de agosto de 2014

Na mesma

Goleiros brilham no Orlando Scarpelli e Figueirense e São Paulo ficam no empate por 1 a 1

De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

31/08/2014 - Em uma partida decidida pelos goleiros, Figueirense saiu na frente no marcador, mas São Paulo conseguiu arrancar o empate por 1 a 1, no Orlando Scarpelli, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O arqueiro do Figueira, Tiago Volpi, fez três milagres que impediram o gol do adversário em lances com Kaká e Alan Kardec. Rogério Ceni, além de fazer uma ótima defesa, foi responsável pela conversão da penalidade que resultou no gol tricolor. Com o resultado, o Figueirense fica com 21 pontos, na 14ª posição. O São Paulo chega a 33 pontos, perde a vice-liderança para o Internacional, que venceu o Palmeiras no sábado por 1 a 0, e cai para o terceiro lugar.

Rogério tentou impedir gol de Giovanni Augusto, mas não conseguiu.
(Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Os times voltam a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, dia 7, pela última rodada do primeiro turno. O Figueirense terá pela frente o Inter, às 18h30, em Porto Alegre. O São Paulo recebe o Sport, no Morumbi, às 16h. Antes disso, o Tricolor tem compromisso pela Sul-Americana. Na quinta-feira (4), decide uma vaga contra o Criciúma. Após derrota por 2 a 1 no Heriberto Hülse, a equipe paulista precisa do resultado positivo, diferente do placar da última partida, para avançar.

O jogo

A partida começou com muita marcação das duas equipes. Apesar de jogar em seus domínios, o Figueirense priorizava a defesa e esperava uma bola para matar a partida. Entretanto, quando tinha oportunidades, mostrava dificuldades para sair jogando e encaixar o contra-ataque. O São Paulo possuía maior posse de bola, mas ameaçou pouco o adversário. Mesmo com muita movimentação entre os homens de frente, o Tricolor criou poucas oportunidades e só não abriu o placar devido às boas defesas Tiago Volpi.

Kaká foi o dono do ataque do time paulista. O meia foi o principal responsável pela armação das jogadas ofensivas. A primeira oportunidade foi aos 14 minutos. Kaká deu lindo passe para Alan Kardec, que bateu cruzado; Tiago Volpi, já caído, conseguiu desviar com os pés. A resposta do Figueira só veio aos 23 minutos. Clayton invadiu a área e dividiu com Rogério Ceni, que afastou o perigo. A chance mais clara saiu, aos 28 minutos, após Osvaldo deixar Kaká de cara para o gol, para defesa milagrosa de Volpi.

O segundo tempo mal tinha começado e o Figueirense balançou as redes. Aos dois minutos, Clayton deixou Giovanni Augusto na cara do gol, e o meia tentou fazer de cobertura, parando na linda defesa de Ceni; porém, a bola sobrou limpa para Giovanni tocar para o gol vazio. O Figueira ainda teve oportunidade de ampliar pouco tempo depois. Clayton recebeu em profundidade e tocou para dentro da área, mas ninguém chegou para empurrar para as redes.

Atrás no marcador, o São Paulo foi para cima e só não deixou tudo igual aos 10 minutos porque Volpi fez milagre. Após cobrança de escanteio, Paulo Miranda desviou na primeira trave e Alan Kardec cabeceou livre; o goleiro espalmou e a bola ainda bateu na trave. O Tricolor pressionava, mas não conseguia concluir com qualidade, até que, aos 29 minutos, Paulo Roberto cometeu pênalti em Osvaldo. Na cobrança, Rogério Ceni converteu e deixou tudo igual. Aos 42 minutos, um lance lamentável. Michel Bastos acertou um chute no rosto de Leandro Silva e foi expulso.

Ficha de jogo:

Figueirense 1 x 1 São Paulo

FIGUEIRENSE:
Tiago Volpi; Leandro Silva, Thiago Heleno (Nirley), Marquinhos e Cereceda; Paulo Roberto, Dener, Marco Antônio e Giovanni Augusto; Marcão (Everaldo) e Clayton (Pablo).
Técnico: Angel Fucks

SÃO PAULO:
Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Michel Bastos; Denilson, Souza e Kaká (Boschilia); Ademilson (Reinaldo), Alan Kardec e Osvaldo.
Técnico: Muricy Ramalho

18ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Público: 15.803 pagantes - 16.288 presentes
Renda: R$ 317.880
Data: 31/08/2014
Horário: 16h (de Brasília)

Gols: Giovanni Augusto, aos dois minutos do segundo tempo (Figueirense), Rogério Ceni, aos 31 minutos do segundo tempo (São Paulo).

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho (GO) e Bruno Boschilia (PR)

Cartões amarelos: Paulo Roberto (Figueirense); Ademilson, Kaká (São Paulo)
Cartão vermelho: Michel Bastos (São Paulo)

***

Brasileirão - 18ª rodada: 
Sábado (30/8), às 18h30: 
Domingo (31/8), às 16h: 
Corinthians 1x1 Fluminense 
Coritiba 0x0 Atlético-MG 
Botafogo 1x0 Santos 
Sport 2x0 Criciúma 
18h30: 
Vitória 1x2 Flamengo 
Goiás 3x1 Atlético-PR 
Grêmio 1x0 Bahia 

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 42 pontos (18 jogos) 
2º - Internacional - 34 pontos (18 jogos)
3º - São Paulo - 33 pontos (18 jogos)
4º - Corinthians - 32 pontos (18 jogos)
5º - Fluminense - 30 pontos (18 jogos)
6º - Grêmio - 28 pontos, 8 vitórias e 2 gols de saldo (18 jogos)
7º - Sport - 28 pontos, 8 vitórias e -5 gols de saldo (18 jogos)
8º - Atlético-MG - 27 pontos (18 jogos)
9º - Flamengo - 25 pontos (18 jogos)
10º - Atlético-PR - 24 pontos (18 jogos)
11º - Santos - 23 pontos, 6 vitórias e 4 gols de saldo (18 jogos)
12º - Goiás - 23 pontos, 6 vitórias e -5 gols de saldo (18 jogos)
13º - Botafogo - 22 pontos (18 jogos)
14º - Figueirense - 21 pontos (18 jogos)
15º - Chapecoense - 19 pontos (18 jogos)
16º - Palmeiras - 17 pontos e 5 vitórias (18 jogos)
17º - Criciúma - 17 pontos e 4 vitórias (18 jogos)
18º - Coritiba - 16 pontos, 3 vitórias e -4 gols de saldo (18 jogos)
19º - Bahia - 16 pontos, 3 vitórias e -6 gols de saldo (18 jogos)
20º - Vitória - 15 pontos (18 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário