quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Mundo do Tênis #5 - Especial US Open: Dia 2

Segundo dia do US Open tem eliminação de Teliana e derrota de 'gente grande' para adolescente de apenas 15 anos

De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

27/08/2014 - Serena Williams, Roger Federer, Petra Kvitova, David Ferrer, Eugenie Bouchard, Ana Ivanonic... todos esses gigantes venceram no segundo dia de disputa do US Open, quarto e último Grand Slam de tênis da temporada. Porém, teve gente decepcionando. Vice-campeã do Australian Open deste ano, a eslovaca Dominika Cibulkova, número 13 do mundo, foi derrotada por uma tenista de apenas 15 anos e ficou de fora logo na estreia pela competição. A terça-feira (26) também foi de derrota brasileira no torneio de simples (Teliana Pereira) e vitória brasileira nas duplas (André Sá).

Catherine Bellis, de apenas 15 anos, tirou uma vice-campeã de Grand Slam em 2014. 
(Foto: Getty Images)

WTA - Feminino

A zebra passeou pelas quadras de Flushing Meadows já neste segundo dia de disputas. Tem adolescente na segunda rodada. A convidada Catherine Bellis, americana de apenas 15 anos e apenas a número 1208 do mundo, foi a responsável por tirar Dominika Cibulkova, cabeça de chave número 12. A vitória em três sets teve direito a um 6/1 no primeiro set, seguido por um 6/4 contra e outro 6/4 a favor. Bellis é a primeira com 15 anos a participar do US Open em 18 anos (desde a russa Anna Kournikova, em 1996) e é a primeira tenista com 15 anos a avançar a uma segunda rodada no Slam americano em 28 anos (como a americana Mary Joe Fernández, em 1986). Bellis jogará agora contra a cazaque Zarina Diyas (48ª), que tirou a ucraniana Lesia Tsurenko (128ª).

Quem não deu sopa pro azar foi a número 1 do mundo, Serena Williams, que encerrou o dia de disputas. A americana passou com tranquilidade pela compatriota Taylor Townsend (103ª), com parciais de 6/3 e 6/1. Serena tem pela frente outra americana: Vania King (81ª). Mais cedo, a tcheca Petra Kvitova, cabeça de chave 3 e campeã de Wimbledon, passou com ainda mais facilidade pela francesa Kristina Mladenovic (73ª): 6/1 e 6/0. Kvitova jogará agora contra a xará e compatriota Petra Cetkovska (63ª).

Números 7 e 8 do torneio, a canadense Eugenie Bouchard e a sérvia Ana Ivanovic também venceram em dois sets. Bouchard fez 6/2 e 6/1 na bielorrussa Olga Govortsova (117ª) e Ivanovic fez 6/3 e 6/0 sobre a americana Alison Riske (45ª). Longe de sua melhor fase, a bielorrussa Victoria Azarenka, cabeça de chave 16, suou para eliminar a japonesa Misaki Doi (90ª): 6/7 (3), 6/4 e 6/1; assim como a italiana Flavia Pennetta, cabeça 11, que tirou a alemã Julia Goerges (94ª): 6/3, 4/6 e 6/1. Com menos trabalho, a cabeça de chave 17, a russa Ekaterina Makarova, fez 6/4 e 6/2 na americana Grace Min (105ª). 





ATP - Masculino

Cabeça de chave número 2, o suíço Roger Federer fez o primeiro jogo do período noturno e passou pelo australiano Marinko Matosevic (76º) em três sets: 6/3, 6/4 e 7/6 (4). O adversário de Federer será outro australiano: Sam Groth (104º). Cabeça de chave 4, o espanhol David Ferrer teve que correr um pouco mais para tirar o bósnio Damir Dzumhur (119º): 6/1, 6/2, 2/6 e 6/2. Tenista da casa e cabeça de chave 13, John Isner fez 7/6 (5), 6/2 e 7/6 (2) no também americano Marcos Giron (419º). 

O japonês Kei Nishikori não teve dor de cabeça contra o americano Wayne Odesnik (176º): 6/2, 6/4 e 6/2 para o cabeça de chave 10. Richard Gasquet, cabeça de chave 12, fez jogo mais apertado contra o uzbeque Denis Istomin (44º), mas também passou em três sets: 7/5, 7/6 (5) e 6/4. 

O Brasil no US Open

A brasileira Teliana Pereira estreou e já foi eliminada. Primeira do Brasil a jogar os quatro Slams em uma mesma temporada desde Maria Esther Bueno em 1965, a pernambucana parou na cabeça de chave 23, Anastasia Pavlyuchenkova, que conseguiu a vitória por 6/2 e 6/0. Quando jogou com o primeiro serviço, a russa foi praticamente perfeita, vencendo 18 dos 21 pontos. Teliana teve mais dificuldades em seus serviços, aproveitando apenas 39% das chances em que seu primeiro saque entrou. Vida que segue.

Ao lado do croata Mate Pavic, o brasileiro André Sá está na segunda rodada das duplas masculinas. Na estreia, eles derrotaram os americanos Chase Buchanan e Tennys Sandgren em dois sets: 6/2 e 6/3. Pavic e Sá terão jogo duro contra os espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco, cabeças de chave 7, na segunda rodada. 

Nas duplas mistas, Bruno Soares e a indiana Sania Mirza estreiam na tarde desta quarta-feira contra os americanos Ernesto Escobedo e Tornado Alicia Black. A parceria do brasileiro é a número 1 da competição. Pelas duplas masculinas, Soares e o austríaco Alexander Peya ainda não tiveram a data e horário da estreia confirmada (contra os argentinos Maximo Gonzalez e Diego Schwartzman), assim como Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig (contra Steve Johnson e Sam Querrey).

Clique e confira todos os resultados do 2º dia.

***

O 3º dia

Nesta quarta-feira (27), a partir das 12h (de Brasília), destaque para o encerramento da primeira rodada e a abertura da segunda etapa para quem jogou na segunda-feira (25). Na quadra principal, a Arthur Ashe, tem estreia do cabeça de chave 6, o tcheco Tomas Berdych, contra o experiente australiano Lleyton Hewitt (41º). Na Louis Armstrong, nos jogos diurnos, destaque para o encontro entre a número 4, Agnieszka Radwanska, e a chinesa Shuai Peng (39ª), e entre a número 2, Simona Halep, e a eslovaca Jana Cepelova (65ª). 

Outra promessa de bom jogo é a estreia entre o croata Marin Cilic, cabeça de chave 14, e o cipriota Marcos Baghdatis (86º). Os jogos diurnos da quadra principal serão encerrados com Maria Sharapova (6ª) vs. Alexandra Dulgheru (95ª), já pela segunda rodada. 

Nos duelos noturnos, Brasil em destaque. O suíço Stanislas Wawrinka, cabeça de chave 3, é o favorito contra o brasileiro Thomaz Bellucci (91º), que bateu Nicolas Mahut na estreia. O jogo terá transmissão da ESPN e do SporTV 2 para o Brasil logo após Venus Williams (20ª) vs. Timea Bacsinszky, às 20h (de Brasília).


A coluna Mundo do Tênis vai ao ar sempre às segundas-feiras, dia de atualização dos rankings, aqui no Boleiros da Arquibancada. Durante o US Open, traremos informações com maior frequência, atualizando sobre os destaques do último Grand Slam do ano.

0 comentários :

Postar um comentário