sábado, 2 de agosto de 2014

Mais um tropeço

São Paulo empata com o Criciúma em casa e não se recupera no Brasileirão

De São Paulo.
Por Eduardo do Carmo.


02/08/2014 - Logo após a Copa do Mundo, o São Paulo venceu o Bahia e deu sinal de bons resultados pela frente. Mas o bom momento no Brasileirão ficou na Fonte Nova. Depois de duas derrotas seguidas, o Tricolor tropeçou novamente e ficou no empate por 1 a 1 com o Criciúma, no Morumbi. O duelo deste sábado, válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, poderia marcar a reabilitação da equipe paulista, que conseguiu um placar positivo pela Copa do Brasil no meio de semana. A igualdade, porém, deixa o São Paulo um pouco mais longe do G-4.

O atacante Alan Kardec marcou o seu primeiro gol no Morumbi e Rodrigo Souza fez pelo Criciúma. As redes foram balançadas apenas na etapa final. Tal fato ocorreu muito por conta de erros fatais de Alexandre Pato, que foi vaiado pela torcida. Os tricolores presentes ainda gritaram por Luis Fabiano em diversas oportunidades.

Alan Kardec faz o primeiro gol no Morumbi, mas São Paulo só empata com Criciúma.
(Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Os gritos eram apenas em protesto, já que Luis Fabiano não estava no banco de reservas. Com um estiramento na coxa direita, o centroavante foi desfalque. Antônio Carlos, Osvaldo e Kaká foram as outras baixas do São Paulo. Pelo lado do Criciúma, Serginho, João Vitor, Cortez, Michael, Paulo Baier, Ricardinho e Rafael Donato não puderam atuar.

O São Paulo fica na sétima posição, com 20 pontos, enquanto o Criciúma é 12º, com 15. Na próxima rodada, os catarinenses recebem o líder Cruzeiro, no sábado (9), às 18h30, no Heriberto Hulse. No domingo (10), no mesmo horário, o Tricolor encara o vitória, novamente no Morumbi.

O jogo


Todo de branco, o São Paulo demorou para criar a primeira chance diante do Criciúma. Aos 17, da direita, Maicon cruzou e Alexandre Pato pegou de primeira. A bola saiu à esquerda do gol. O Tigre de Santa Catarina respondeu dois minutos mais tarde. Rafael abriu para Bruno Lopes, que chutou cruzado para defesa de Rogério Ceni. Já aos 24, o Tricolor retrucou em chute de Kardec. Ganso lançou o atacante, que finalizou por cima do travessão.

Aos 32, Pato tabelou com Kardec, invadiu a área, mas chutou na zaga. No rebote, ele mesmo rolou para Maicon, que carimbou a defesa mais uma vez. Aos 35, Álvaro Pereira pegou a sobra e o goleiro Luiz salvou o Criciúma. Aos 39, um pouco depois do meio-campo, Ganso fez ótimo lançamento para Pato na entrada da pequena área. Cara a cara com o goleiro do Tigre, Pato errou a finalização.

Na volta do intervalo, o São Paulo seguiu no campo ofensivo. Aos 4 minutos, após falta sofrida perto da área, Pato bateu forte e Martinez tirou. Aos 7, Álvaro Pereira cruzou rasteiro e o zagueiro Ronaldo Alves afastou o perigo. Aos 14, Pato recebeu lançamento, mas chutou fraco, nas mãos de Luiz.

A pressão Tricolor seguiu e, aos 17, quem assustou o Criciúma foi Ganso, que bateu firme para boa defesa de Luiz. Aos 23, Ganso tocou para trás e Denílson disparou a bomba. Com as pernas, Luiz salvou o Criciúma. No rebote, Álvaro Pereira mandou para fora.

O gol, que estava amadurecendo, saiu aos 28. Souza tocou para Ganso, que passou para Kardec. O camisa 14 bateu de esquerda na saída de Luiz e abriu o marcador. Aos 35, porém, na primeira real chance de gol dos visitantes, saiu o empate. Após cobrança de falta, Rogério espalmou para frente e Rodrigo Souza mandou rasteiro para a rede.

Aos 37, Ademílson, que entrou no lugar de Pato, fez boa jogada individual, mas bateu por cima do gol. Com a igualdade, o Tricolor se lançou ao ataque e o Tigre apenas se defendeu. Aos 42, Tolói desviou cruzamento de cabeça e acertou a trave. O zagueiro são-paulino, no entanto, estava impedido. Nem os cinco minutos de acréscimo foram suficientes para o gol da vitória.

Ficha do jogo:

São Paulo 1x1 Criciúma

SÃO PAULO:
Rogério Ceni; Douglas, Rafael Tolói, Rodrigo Caio e Álvaro Pereira; Souza, Denílson, Maicon e Ganso; Alan Kardec e Alexandre Pato.
Técnico: Muricy Ramalho

CRICIÚMA:
Luiz; Eduardo, Ronaldo Alves, Fábio Ferreira e Giovanni; Rodrigo Souza, Martinez, Rafael Costa e Wellington Bruno (Higor); Silvinho e Bruno Lopes.
Técnico: Wagner Lopes 

13ª rodada do Brasileirão
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Público total: 46.617
Renda: R$ 1.243.465,00
Data: 02/08/2014
Horário: 18h30 (de Brasília)

Gols: Alan Kardec, aos 28 minutos do segundo tempo (SAO); Rodrigo Souza, aos 35 do segundo tempo (CRI).

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA - MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (FIFA - MG) e Guilherme Dias Camilo (MG)

Cartões amarelos: Douglas (SAO) e Luiz (CRI)

***

13ª rodada - Série A:
Sábado (02/08), às 18h30:
21h:
Vitória 2x1 Grêmio
Domingo (03/08), às 16h:
Coritiba x Corinthians
Chapecoense x Flamengo
Palmeiras x Bahia
Figueirense x Sport
18h30:
Internacional x Santos
Fluminense x Goiás
Atlético-MG x Atlético-PR

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 29 pontos (13 jogos) 
2º - Corinthians - 23 pontos (12 jogos)
3º - Fluminense - 22 pontos e 7 vitórias (12 jogos)
4º - Internacional - 22 pontos e 6 vitórias (12 jogos)
5º - Sport - 21 pontos (12 jogos)
6º - Santos - 20 pontos, 5 vitórias e 9 gols de saldo (12 jogos)
7º - São Paulo - 20 pontos, 5 vitórias e 4 gols de saldo (13 jogos)
8º - Goiás - 20 pontos, 5 vitórias e 1 gol de saldo (12 jogos)
9º - Atlético-PR - 19 pontos, 5 vitórias, 3 gols de saldo (12 jogos)
10º - Grêmio - 19 pontos, 5 vitórias e 1 gol de saldo (13 jogos)
11º - Atlético-MG - 15 pontos, 4 vitórias e 1 gol de saldo (11 jogos)
12º - Criciúma - 15 pontos, 4 vitórias e -10 gols de saldo (12 jogos)
13º - Vitória - 14 pontos (13 jogos)
14º - Palmeiras - 13 pontos e 4 vitórias (12 jogos)
15º - Botafogo - 13 pontos e 3 vitórias (12 jogos)
16º - Chapecoense - 11 pontos (11 jogos)
17º - Coritiba - 10 pontos, 2 vitórias e -4 gols de saldo (12 jogos)
18º - Flamengo - 10 pontos, 2 vitórias e -11 gols de saldo (12 jogos)
19º - Bahia - 9 pontos (12 jogos)
20º - Figueirense - 7 pontos (12 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário