sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Largada positiva

Em estreia contra a China, Brasil tem jogo duro, mas vence e soma três primeiros pontos no Grand Prix de Vôlei

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

01/08/2014 – A sexta-feira foi dia da seleção brasileira feminina de vôlei fazer sua estreia no Grand Prix 2014. Com um formato diferente nessa edição do torneio, o Brasil só enfrenta adversários de tradição e força nessa primeira fase. Em um grupo com Itália, China e Republica Dominicana, a primeira semana promete ser movimentada. E já na primeira partida contra as chinesas, em Sassari, na Itália, a equipe brasileira teve que mostrar força de vontade para virar placares desfavoráveis e buscar a vitória. No final, 3 a 1 com parciais de 25/21, 23/25, 25/17 e 25/16.


A ponteira Fernanda Garay foi a principal pontuadora do Brasil no jogo, com 19 acertos.
(Foto: FIVB/Divulgação)


Os dois primeiros sets foram equilibrados. O Brasil conseguiu uma virada na primeira parcial e a China ficou com a segunda. Depois disso, as brasileiras acharam uma combinação quase perfeita de recepção com um ataque mais regular e passaram a ter mais tranquilidade em quadra, vencendo as duas últimas parciais. Um dos grandes destaques da partida foi a ponteira Jaqueline, que depois de um ano sem jogar, voltou a ser titular da seleção e fez a diferença tanto na defesa e passe do time como para ajudar na hora de pontuar. 

A maior pontuadora do jogo foi a chinesa Zhu Ting, com 24 pontos. Já pelo Brasil, Fernanda Garay foi o destaque com 19. As centrais Fabiana e Thaísa fizeram 18 e 16, respectivamente, e a ponteira Jaqueline fez 15. 

Amanhã, o Brasil volta a jogar, dessa vez contra as italianas, donas da casa. A partida será realizada a partir das 15h, no horário de Brasilia. 

O jogo

O Brasil começou o set atrás no placar, perdendo por 4 a 0. Aos poucos, o bloqueio e o saque entrou no jogo e elas se recuperaram bem, apesar de chegar na primeira parada técnica com 8 a 7 para as adversárias. As brasileiras evoluíram e, de virada, superaram a harmonia chinesa e fizeram 25 a 21. 

A seleção chinesa voltou mais uma vez impondo seu ritmo de jogo e saindo na frente do placar. O Brasil tentou pressionar e acabou se perdendo nas jogadas. E mais uma vez as brasileiras tentaram surpreender a China, mas mesmo virando o placar a seu favor, viram as adversárias se recuperarem e vencerem por 25 a 23. 

Na terceira parcial, o equilíbrio prevaleceu. O Brasil passou a errar menos dando menos facilidade para as chinesas. Com mais tranquilidade do que nos sets anteriores, as brasileiras contaram com um ataque mais efetivo e com isso fecharam em 25 a 17, ficando a pouco da vitória. 

Mais tranquilo, o Brasil dominou a quarta parcial, com grande destaque para Jaqueline, fundamental no passe e bastante efetiva no ataque. As orientais se atrapalharam no esquema defesa e contra-ataque, que funcionou nos primeiros sets, e não conseguiram fazer frente. 25 a 16 para as brasileiras.

Regulamento

Nesta edição do Grand Prix, 12 equipes disputam a fase classificatória. A cada semana, são formados três grupos com quatro times em cada. Os quatro melhores avançam à fase final, que também terá o Japão, país sede, e o vencedor dos grupos J a O (Argentina, Bélgica, Canadá, Cuba, Holanda, Polônia, Peru e Porto Rico).

Ficha do jogo:

Brasil 3 x 1 China
25/21, 23/25, 25/17, 25/16.

BRASIL:
Começaram: Dani Lins (3), Sheilla (8), Jaqueline (15), Fernanda Garay (19), Thaísa (16) e Fabiana (18). Líbero: Camila Brait.
Entraram: Natália (0), Monique (0), Andréia (0) e Fabíola (0).
Técnico: José Roberto Guimarães

CHINA:
Começaram:  Wang (2), Zeng C.L. (13), Zhu Ting (24), Yang (4), Xu Yulin (3) e Hui Ruoqi (13). Líbero: Chen Zan
Entraram: Yuan (0), Yang F. (0), Wei (1), Liu (0) e Wang (0).
Técnico: Lang Ping 

Local: Pala Serradimigni, em Sassari (Itália) 
Público: 1500 
Data: 01/08/2014 
Horário: 12h30 (de Brasília) 

0 comentários :

Postar um comentário