sábado, 16 de agosto de 2014

Irregular

Corinthians empata com Bahia em casa, vê o Inter abrir e desperdiça mais uma chance de se igualar ao Cruzeiro

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

16/08/2014 - Na Arena Corinthians, os donos da casa desafinaram frente ao seu torcedor. O Bahia, que não é bobo, fez sua parte e conquistou um ponto precioso no campo do adversário. Com gols de Kieza, para o tricolor baiano, e Gil, para o time paulistano, ambos ficaram no empate de 1 a 1, em partida disputada na noite deste sábado (16).

O empate foi péssimo para o Corinthians, que segue em terceiro lugar, com 28 pontos. Além de assistir o Internacional chegar à liderança com a vitória sobre o Goiás, o Timão tem que torcer para o rival Santos para não se afastar do Cruzeiro, atual vice-líder. Por outro lado, o Bahia comemorou o pontinho somado, pois dorme fora da zona de rebaixamento, em 16º, com 14.  

 Disputa de bola intensa entre Jadson, do Corinthians, e Titi, do Bahia.
(Foto: Agencia Getty Images) 

Na próxima rodada, o Corinthians recebe o Goiás, quinta-feira (21), às 19h30 (de Brasília), de novo na Arena Corinthians. Por sua vez, o Bahia joga em casa contra o Criciúma, na quarta-feira (20), às 21h, na Fonte Nova.

O jogo

O frio não afastou os torcedores do Itaquerão. Mais de 30 mil torcedores assistiram um início de jogo movimentado por parte do Corinthians, que tentava ir pra cima do adversário, mas não tinha muito sucesso. Aos poucos, o Bahia se soltava, mas de forma muito tímida, e encaixava os contra-ataques aproveitando a velocidade de Maxi Biancucchi e Kieza.

Com o jogo equilibrado, o Bahia se assanhou no ataque e chegou ao primeiro gol em um lance de bola parada com 35 minutos. Emanuel Biancucchi cobrou falta, o zagueiro Cleber não alcançou a bola, e Kieza, por trás, escorou para as redes de Cássio. O gol foi um balde de água gelada no torcedores corintiano na fria e gelada Itaquera, mas não diminuiu o ímpeto corintiano, que empatou aos 42. Guerrero cruzou e o zagueiro Gil marcou também de cabeça.

No segundo tempo, o Bahia se fechou em uma retranca impressionante, visando afastar o Corinthians de sua grande área. Por outro lado, Mano Menezes alterou o time, colocando em campo Renato Augusto, Romarinho e Luciano. Mesmo assim, o treinador corintiano não teve sucesso, pois sobrava velocidade, mas faltava inteligência para criar as jogadas mais agudas da equipe.

O técnico Gilson Kleina, estreante pelo Bahia, parecia não se assustar com as ofensivas corintianas. No final do jogo, foi por muito pouco que o tricolor baiano não saiu do Itaquerão com a vitória. Gil cometeu pênalti em Branquinho, lance não foi dado pelo árbitro Anderson Daronco. Mesmo assim, ficou de bom tamanho para os visitantes. Para o Corinthians, só restou assistir o adversário levar dois pontos para Salvador.

Ficha do jogo

Corinthians 1 x 1 Bahia

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Cléber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros (Renato Augusto), Jadson (Romarinho) e Angel Romero (Luciano); Guerrero.
Técnico: Mano Menezes

BAHIA
Marcelo Lomba; Railan, Demerson, Titi e Raul; Fahel, Rafael Miranda, Léo Gago e Emanuel Biancucchi (Branquinho); Maxi Biancucchi (Willian Bárbio) e Kieza.
Técnico: Gilson Kleina

15ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Público pagante: 30.819
Público presente: 31.014
Renda: R$ 2.096.556,50

Gols: Kieza, aos 35 minutos do primeiro tempo (Bahia); Gil, aos 42 minutos do primeiro tempo (Corinthians)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: José Javel Silveira (RS) e José Eduardo Cauza (RS)

***

15ª rodada - Brasileirão: 
Sábado (16/8), às 18h30: 
Goiás 0x1 Internacional
21h: 
Corinthians 1x1 Bahia
Domingo (17/8), às 16h: 
Cruzeiro x Santos
Palmeiras x São Paulo
Coritiba x Flamengo
Grêmio x Criciúma
Vitória x Chapecoense
18h30: 
Sport x Atlético-PR
Figueirense x Atlético-MG
Botafogo x Fluminense

Classificação: 
1º - Internacional - 31 pontos (15 jogos)
2º - Cruzeiro - 30 pontos (14 jogos) 
3º - Corinthians - 28 pontos (15 jogos)
4º - Fluminense - 26 pontos (14 jogos)
5º - São Paulo - 23 pontos (14 jogos)
6º - Atlético-MG - 22 pontos, 6 vitórias e 4 gols de saldo (14 jogos)
7º - Atlético-PR - 22 pontos, 6 vitórias e 3 gols de saldo (14 jogos)
8º - Sport - 21 pontos (14 jogos)
9º - Santos - 20 pontos, 5 vitórias e 7 gols de saldo (14 jogos)
10º - Goiás - 20 pontos, 5 vitórias e -3 gols de saldo (15 jogos)
11º - Grêmio - 19 pontos (14 jogos)
12º - Criciúma - 16 pontos (14 jogos)
13º - Chapecoense - 15 pontos (14 jogos)
14º - Palmeiras - 14 pontos e 4 vitórias (14 jogos)
15º - Vitória - 14 pontos, 3 vitórias e -4 gols de saldo (14 jogos)
16º - Bahia - 13 pontos, 3 vitórias e -5 gols de saldo (15 jogos)
17º - Figueirense - 13 pontos e 4 vitórias (14 jogos)
18º - Botafogo - 13 pontos, 3 vitórias e -2 gols de saldo (14 jogos)
19º - Flamengo - 13 pontos, 3 vitórias e -11 gols de saldo (14 jogos)
20º - Coritiba - 12 pontos (14 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário