domingo, 17 de agosto de 2014

Imparável

Com mais de 40 mil no Mineirão, Cruzeiro bate o Santos e não larga a liderança do Brasileiro

De Belo Horizonte.
Por Bruno Santana.

17/08/2014 - Em Belo Horizonte, a vitória para o Cruzeiro é quase certa. Na tarde deste domingo, o Cruzeiro recebeu o Santos pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, sufocou o time do litoral paulista e venceu os visitantes com certa facilidade por 3 a 0 no Mineirão, que recebeu quase 42 mil torcedores. Com o resultado, o primeiro positivo após dois empates, a Raposa retomou a liderança que passou a noite nas mãos do Internacional (venceu o Goiás na noite de sábado). O time mineiro, que não perde desde a oitava rodada, atinge os 33 pontos e é o único com aproveitamento superior aos 70%. Já o Peixe ocupa a 10ª posição, com 20 pontos.


O Cruzeiro continua em Belo Horizonte nesta semana, onde receberá o Grêmio na próxima quinta-feira (21), às 20h30 (de Brasília), no Mineirão. O Santos volta para o litoral para receber o Atlético Paranaense na quarta-feira (20), às 19h30, na Vila Belmiro.

O líder não vacilou.
(Foto: Washington Alves/Lightpress/Site oficial do Cruzeiro)

O jogo

O primeiro lance de perigo do confronto foi do Cruzeiro. Aos oito minutos, Éverton Ribeiro apareceu pela esquerda e chutou cruzado, à esquerda da meta do goleiro Aranha. A equipe mineira seguiu melhor. Aos 18 minutos, Alan Santos errou um passe na defesa e a bola sobrou com Henrique, que acionou Marcelo Moreno na grande área. O centroavante cruzeirense poderia ter batido de primeira, mas preferiu cortar para o meio e chutou fraco, nas mãos do goleiro santista.

Aos 19 minutos, Egídio cruzou na grande área e Éverton Ribeiro completou para as redes, mas antes da finalização, o meia dominou a bola com o braço. Gol corretamente anulado e cartão amarelo para o cruzeirense. O gol azul estava amadurecendo e ele apareceu cinco minutos depois. Aos 24, Éverton alçou a bola para a grande área em cobrança de falta, Marcelo Moreno deu um leve desvio e Aranha aceitou a bola que era defensável. Explosão no Mineirão e 1 a 0 no placar.

O Santos só levou algum perigo aos 38 minutos. Mena chutou forte em direção à grande área e encontrou Leandro Damião, que tentou chutar no contra pé de Fábio. A bola foi para fora. No minuto seguinte, Robinho achou Thiago Ribeiro na esquerda. O ex-cruzeirense ajeitou para a perna direita e bateu colocado, vendo a bola passar com muito perigo rente à trave esquerda de Fábio. Reação muito tarde em um primeiro tempo que foi dominado pelo Cruzeiro.

Na volta para o segundo tempo, o segundo gol da Raposa. Em troca de passes muito rápida entre Egídio, Willian e Ricardo Goulart, o último, com um toque, dominou, tirou da defesa e ajeitou para a perna esquerda para fuzilar para o fundo das redes: 2 a 0, aos dois minutos.

Aos 23 minutos, Thiago Ribeiro apareceu na cara do goleiro Fábio, que cresceu pra cima do atacante e abafou o lance. Aos 27, o Cruzeiro apareceu com um ataque de pé em pé novamente e quase marcou o terceiro. A jogada terminou com Willian tabelando com Júlio Baptista, que entrou no lugar de Moreno, e chutou à esquerda do gol santista. Apesar do Santos ainda tentar, como aos 34 minutos, com Robinho, quem marcou mais um foi o Cruzeiro. Aos 42 minutos, Everton Ribeiro arrancou do campo de defesa e acionou Julio Baptista que balançou as redes de Aranha: 3 a 0.


Ficha do jogo:

Cruzeiro 3x0 Santos

CRUZEIRO: 
Fábio; Mayke (Ceará), Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart (Dagoberto) e Willian; Marcelo Moreno (Júlio Baptista). 
Técnico: Marcelo Oliveira

SANTOS:
Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Bruno Uvini (Nailson) e Mena; Alan Santos (Leandrinho), Arouca e Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Leandro Damião (Rildo) e Robinho. 
Técnico: Oswaldo de Oliveira

15ª rodada do Campeonato BrasileiroLocal: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 39.215 pagantes - 41.967 presentes
Renda: R$ 2.047.658,00
Data: 17/08/2014
Horário: 16h

Gols: Marcelo Moreno, aos 24 minutos do primeiro tempo, Ricardo Goulart, aos 2,  e Júlio Baptista, aos 42 minutos do segundo tempo

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden – RS (Fifa/RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Asp. Fifa/RS) e Alexandre Kleiniche (RS)

Cartão amarelo: Éverton Ribeiro, Mayke e Júlio Baptista (Cruzeiro). Alan Santos (Santos)

***

15ª rodada - Brasileirão: 
Sábado (16/8), às 18h30: 
Goiás 0x1 Internacional
21h: 
Corinthians 1x1 Bahia
Domingo (17/8), às 16h: 
Cruzeiro 3x0 Santos
Palmeiras 1x2 São Paulo
Coritiba 0x1 Flamengo
Grêmio 2x0 Criciúma
Vitória 0x0 Chapecoense
18h30: 
Sport 1x1 Atlético-PR
Figueirense 2x2 Atlético-MG
Botafogo 2x0 Fluminense

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 33 pontos (15 jogos) 
2º - Internacional - 31 pontos (15 jogos)
3º - Corinthians - 28 pontos (15 jogos)
4º - Fluminense - 26 pontos e 8 vitórias (15 jogos)
5º - São Paulo - 26 pontos e 7 vitórias (15 jogos)
6º - Atlético-MG - 23 pontos, 6 vitórias e 4 gols de saldo (15 jogos)
7º - Atlético-PR - 23 pontos, 6 vitórias e 3 gols de saldo (15 jogos)
8º - Grêmio - 22 pontos, 6 vitórias e 1 gol de saldo (15 jogos)
9º - Sport - 22 pontos, 6 vitórias e -4 gols de saldo (15 jogos)
10º - Santos - 20 pontos, 5 vitórias e 4 gols de saldo (15 jogos)
11º - Goiás - 20 pontos, 5 vitórias e -3 gols de saldo (15 jogos)
12º - Botafogo - 16 pontos, 4 vitórias e 0 gol de saldo (15 jogos) 
13º - Chapecoense - 16 pontos, 4 vitórias e -5 gols de saldo (15 jogos)
14º - Flamengo - 16 pontos, 4 vitórias e -10 gols de saldo (15 jogos)
15º - Criciúma - 16 pontos, 4 vitórias e -12 gols de saldo (15 jogos)
16º - Vitória - 15 pontos (15 jogos)
17º - Palmeiras - 14 pontos, 4 vitórias e -9 gols de saldo (15 jogos)
18º - Figueirense - 14 pontos, 4 vitórias e -11 gols de saldo (15 jogos)
19º - Bahia - 14 pontos e 3 vitórias (15 jogos)
20º - Coritiba - 12 pontos (15 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário