domingo, 3 de agosto de 2014

Faltou bola

Em jogo ruim, Coritiba e Corinthians empatam no Couto Pereira. Timão perde chance de colar no Cruzeiro

De Belo Horizonte.
Por Leonardo Henrique.

03/08/2014 - Na tarde deste domingo, Coritiba e Corinthians se enfrentaram pela 13ª rodada do Brasileirão vivendo situações opostas. O Coritiba buscava a vitória para sair da zona de rebaixamento, enquanto o Corinthians só pensava na oportunidade de diminuir a vantagem do Cruzeiro para três pontos, aproveitando o empate da Raposa contra o Botafogo no sábado. Mas não foi isso que aqueles que estavam no Couto Pereira viram. Em um tarde super infeliz de ambas as equipes, o futebol demonstrando foi muito ruim. Desde os primeiros minutos, a dificuldade de conseguir criar jogadas e trocar mais de três passes eram visíveis e o placar não foi alterado.


Com o 0 a 0, o Timão saiu do segundo lugar e foi para o quarto, com 25 pontos, e agora pensa no Bahia no segundo duelo pela terceira fase da Copa do Brasil. No primeiro duelo, 3 a 0 para o time paulista. O segundo confronto será na próxima quarta-feira (6), às 22h, na Fonte Nova. Pelo Brasileirão, o desafio do Corinthians é contra o Santos, em clássico na Vila Belmiro, no domingo (10), às 16h. Já o Coritiba passará a semana treinando para o duelo contra o Fluminense. Permanecendo na 17ª posição com 11 pontos, o Coxa vai ao Rio, no sábado (9), às 21h.


Zé Love tenta passar pela marcação de Gil: melhor para o zagueiro.
(Foto: Divulgação/Site oficial do Coritiba)

Em situação complicada no campeonato, a equipe da casa já entrou em campo mostrando que queria jogo. Aos três minutos, em uma cobrança de falta, Alex obrigou o goleiro Cássio a fazer uma grande defesa, evitando o primeiro gol da partida. Mas se enganaram aqueles que esperam uma pressão do Coritiba para sair dessa situação difícil, ou uma atitude mais agressiva do Corinthians, que buscava diminuir a vantagem do Cruzeiro. As duas equipes não demonstraram um bom futebol, mas sim uma marcação muito forte para evitar os avanços. Com isso, as faltas aconteciam com frequência, o que gerava muita discussão dentro de campo entre jogadores e o árbitro Leandro Pedro Vuaden.

A primeira jogada de perigo do Corinthians só aconteceu aos 27 minutos, quando Petros acertou um belo chute de fora da área, obrigando Vanderlei a fazer sua primeira grande defesa na primeira etapa. O arqueiro do time paranaense apareceu novamente após uma bela cobrança de falta de Jadson aos 45 minutos, mostrando elasticidade para fazer grande defesa. Na etapa inicial, sobrou marcação e faltou criação.

No início da segunda etapa, parecia que o primeiro tempo não havia acabado. Coritiba e Corinthians permaneceram com a mesma postura, obrigando os treinadores a colocar os reservas no aquecimento logo nos primeiros cinco minutos da etapa final. Algumas mudanças feitas e a partida não engrenava de forma alguma. Aos 19 minutos, em uma jogada de contra-ataque, Fagner derrubou Zé Love e acabou levando o segundo amarelo, que determinou sua expulsão.

Com um jogador a mais, a responsabilidade do Coritiba de partir pra cima aumentou, mas já havia passado 20 minuto e nenhum perigo o Coritiba conseguiu levar ao gol do Corinthians, que estava satisfeito com o resultado por estar com um jogador a menos.

Ficha do jogo:

Coritiba 0x0 Corinthians

CORITIBA:
Vanderlei; Reginaldo, Luccas Claro, Welinton e Dener Assunção; Baraka e Germano (Geraldo); Norberto, Alex e Dudu Figueiredo (Hélder); Zé Love (Keirrison).
Técnico: Celso Roth 

CORINTHIANS: 
Cássio; Fagner, Gil, Cléber e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Jadson (Guilherme Andrade); Ángel Romero (Renato Augusto) e Romarinho (Luciano).
Técnico: Mano Menezes 

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR) 
Público: 21.296 pagantes - 24.590 presentes 
Renda: R$ 737.006,50
Data: 03/08/2014
Horário: 16h (de Brasília) 

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS) 
Assistentes: Marcelo Bertanha Barison (RS) e Rafael da Silva Alves (Asp.Fifa-RS) 

Cartões amarelos: Alex, Luccas Claro e Zé Love (Coritiba); Ángel Romero e Fagner (Corinthians
Cartão vermelho: Fagner (Corinthians)



***

13ª rodada - Série A:
Sábado (02/08), às 18h30:
21h:
Vitória 2x1 Grêmio
Domingo (03/08), às 16h:
Figueirense 3x0 Sport
18h30:
Atlético-MG 3x1 Atlético-PR

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 29 pontos (13 jogos) 
2º - Fluminense - 25 pontos e 8 vitórias (13 jogos)
3º - Internacional - 25 pontos e 7 vitórias (13 jogos)
4º - Corinthians - 24 pontos (13 jogos)
5º - Sport - 21 pontos (13 jogos)
6º - Santos - 20 pontos, 5 vitórias e 8 gols de saldo (13 jogos)
7º - São Paulo - 20 pontos, 5 vitórias e 4 gols de saldo (13 jogos)
8º - Goiás - 20 pontos, 5 vitórias e -1 gol de saldo (13 jogos)
9º - Atlético-PR - 19 pontos, 5 vitórias, 1 gol de saldo e 20 gols pró (13 jogos)
10º - Grêmio - 19 pontos, 5 vitórias, 1 gol de saldo e 11 gols pró (13 jogos)
11º - Atlético-MG - 18 pontos (12 jogos)
12º - Criciúma - 15 pontos (13 jogos)
13º - Chapecoense - 14 pontos, 4 vitórias e -4 gols de saldo (12 jogos)
14º - Palmeiras - 14 pontos, 4 vitórias e -7 gols de saldo (13 jogos)
15º - Vitória - 14 pontos e 3 vitórias (13 jogos)
16º - Botafogo - 13 pontos (13 jogos)
17º - Coritiba - 11 pontos (13 jogos)
18º - Figueirense - 10 pontos e 3 vitórias (13 jogos)
19º - Bahia - 10 pontos, 2 vitórias e -6 gols de saldo (13 jogos)
20º - Flamengo - 10 pontos, 2 vitórias e -12 gols de saldo (13 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário