quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Dos males, o menor

Com gol de Léo Silva no fim, Galo evita derrota para a Chapecoense e sobe duas posições no Brasileiro

De Belo Horizonte.
Por Bruno Santana.

07/08/2014 - Com uma grande chance de pegar o elevador e subir da 11ª para a 5ª posição no Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG visitou a Chapecoense na noite desta quarta-feira para jogo adiado da 10ª rodada da competição. Na realização da rodada, o Galo realizada o primeiro jogo da final da Recopa Sul-Americana, contra o Lanús. Em Chapecó, a derrota era quase cerca, mas o zagueiro Leonardo Silva decretou o empate em 1 a 1 com o time de Santa Catarina já no fim. De qualquer maneira, o time alvinegro desperdiçou a chance de encostar no G-4. Com o resultado, o Galo fica na nona posição, com 19 pontos, enquanto a equipe catarinense está em 12º, com 15 pontos.

O time de Levir Culpi volta para Belo Horizonte, onde receberá o Palmeiras no domingo (9), às 18h30, no Independência. No mesmo dia e horário, a Chapecoense faz duelo local em casa contra o Figueirense, novamente na Arena Condá. 

Tardelli tentou, mas não evitou o tropeço do Galo.
(Foto: Divulgação/Site oficial da Chapecoense)

O jogo

O Atlético foi melhor durante toda a partida, mas a falta de objetividade do time foi o principal vilão da equipe de Levir Culpi, que acabou pagando caro por isto. Aos 17 minutos, Fabinho driblou dois marcadores e chutou firme; Victor estava lá para defender a bola. No lance seguinte, aos 18, Pierre cruzou da direita, a bola desviou em Abuda e Danilo teve que se esticar para mandar a bola para escanteio. Um minuto depois, André chutou de fora da área e o goleiro do time de Chapecó defendeu novamente.

Após hiato de lances de perigo, aos 41 minutos, o primeiro gol da partida. E foi dos donos da casa. Após cobrança de escanteio pela direita, Emerson Conceição errou o corte de cabeça e deixou a bola na cabeça de Jaílton, que escorou de cabeça para o fundo das redes de Victor: 1 a 0. 

Na volta dos vestiários, Levir Culpi modificou a equipe em busca do empate. Luan e Dátolo entraram nos lugares de André e Maicosuel. O Galo já havia perdido o zagueiro Réver, lesionado, que deu lugar a Jemerson. Com as mudanças, o time ficou mais objetivo, jogando um futebol mais vertical e direto. Aos cinco minutos, Guilherme chutou colocado de fora da área e a bola passou ao lado da trave esquerda de Danilo. Aos sete, Luan chutou de fora da área, Danilo deu um leve desvio, a bola bateu na trave e correu toda a linha do gol, mas não entrou. 

Aos 20 minutos, Marcos Rocha emendou um belo chute de fora da área, mas o goleiro da Chapecoense estava lá para evitar o gol, novamente espalmando para o lado. Aos 42 minutos, Luan saiu na cara do gol e Danilo apareceu como um gigante abafando a finalização do atacante atleticano. 

Quando tudo parecia se encaminhar para a vitória da Chapecoense, no apagar das luzes, o empate. Aos 48 minutos, Dátolo cobrou escanteio pela esquerda e Leonardo Silva subiu no terceiro andar para estufar as redes e deixar o contador igual na Arena Condá: 1 a 1. Apesar do empate no fim, o Galo perdeu uma excelente chance de encostar no G-4.

Ficha do jogo:

Chapecoense 1x1 Atlético-MG

CHAPECOENSE: 
Danilo; Fabiano, Rafael Lima, Jaílton e Neuton (Edinei); Wanderson, Abuda, Dedé e Nenén (Zezinho); Fabinho Alves (Mailson) e Bruno Rangel.
Técnico: Celso Rodrigues

ATLÉTICO: 
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver (Jemerson) e Emerson Conceição; Pierre e Josué; Diego Tardelli, Guilherme e Maicosuel (Dátolo); André (Luan).
Técnico: Levir Culpi

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Brasileiro (jogo adiado)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 05/08/2014
Horário: 21h (de Brasília)

Gols: Jaílton, aos 41 minutos do primeiro tempo (CHA); Leonardo Silva, aos 47 minutos do segundo tempo (ATL)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa/GO) e Bruno Pires (Fifa/GO)

Cartões amarelos: Rafael Lima (CHA); Marcos Rocha (ATL)

***


Classificação: 
1º - Cruzeiro - 29 pontos (13 jogos) 
2º - Fluminense - 25 pontos e 8 vitórias (13 jogos)
3º - Internacional - 25 pontos e 7 vitórias (13 jogos)
4º - Corinthians - 24 pontos (13 jogos)
5º - Sport - 21 pontos (13 jogos)
6º - Santos - 20 pontos, 5 vitórias e 8 gols de saldo (13 jogos)
7º - São Paulo - 20 pontos, 5 vitórias e 4 gols de saldo (13 jogos)
8º - Goiás - 20 pontos, 5 vitórias e -1 gol de saldo (13 jogos)
9º - Atlético-MG - 19 pontos, 5 vitórias e 3 gols de saldo (13 jogos)
10º - Atlético-PR - 19 pontos, 5 vitórias, 1 gol de saldo e 20 gols pró (13 jogos)
11º - Grêmio - 19 pontos, 5 vitórias, 1 gol de saldo e 11 gols pró (13 jogos)
12º - Chapecoense - 15 pontos, 4 vitórias e -4 gols de saldo (13 jogos)
13º - Criciúma - 15 pontos, 4 vitórias e -10 gols de saldo (13 jogos)
14º - Palmeiras - 14 pontos e 4 vitórias (13 jogos)
15º - Vitória - 14 pontos e 3 vitórias (13 jogos)
16º - Botafogo - 13 pontos (13 jogos)
17º - Coritiba - 11 pontos (13 jogos)
18º - Figueirense - 10 pontos e 3 vitórias (13 jogos)
19º - Bahia - 10 pontos, 2 vitórias e -6 gols de saldo (13 jogos)
20º - Flamengo - 10 pontos, 2 vitórias e -12 gols de saldo (13 jogos)

14ª rodada - Brasileirão (próximos jogos): 
Sábado (9/8), às 18h30: 
Criciúma x Cruzeiro 
Bahia x Goiás 
21h: 
Fluminense x Goiás 
Domingo (10/8), às 16h: 
Santos x Corinthians 
Internacional x Grêmio 
Atlético-PR x Botafogo 
Flamengo x Sport 
18h30: 
São Paulo x Vitória
Chapecoense x Figueirense
Atlético-MG x Palmeiras

0 comentários :

Postar um comentário