sábado, 2 de agosto de 2014

Deu Brasil

Seleção brasileira masculina de basquete bate a Argentina na segunda partida da preparação para o Mundial


De Belo Horizonte. 
Por Matheus de Oliveira. 

02/08/2014 - Ao vencer a Argentina por 68 a 59 na manhã deste sábado, no Maracanãzinho, a seleção brasileira de basquete masculino levantou o troféu que simboliza o campeão do Super Desafio de Basquete, disputado também por Argentina e Angola. O torneio serve como teste para a Copa do Mundo, que começa em 30 de agosto. O cestinha da partida de hoje foi o armador portenho Campazzo, com 17 pontos. Destaque também para o pivô brasileiro Tiago Splitter, que assinalou 15 e conseguiu 12 rebotes (veja todas as estatísticas).

O Brasil contou com o time completo, enquanto a Argentina atuou sem jogadores importantes: Ginóbili, que foi vetado pelo San Antonio Spurs, devido a uma série de lesões; Luis Scola, que aprimora o condicionamento físico; e Carlos Delfino, contundido.

Na estreia no triangular, a seleção brasileira venceu a Angola por 98 a 60. Ontem, a Argentina também venceu os angolanos, por 86 a 77.

Brasil foi superior e garantiu 100% de aproveitamento.
(Foto: CBB/Divulgação)

O jogo

O bom volume de jogo do Brasil no primeiro quarto, mas o fraco aproveitamento nos arremessos fizeram com que o placar fosse pouco alterado no início do jogo. Os alas Alex, da seleção brasileira, e Nocioni, da Argentina, travaram uma disputa à parte, com braços sobrando para todos os lados e muita pegada.

Após os argentinos saírem à frente no começo do duelo, os tupiniquins conseguiram virar o jogo merecidamente. O técnico Julio Lamas pediu tempo quando o placar apontava 16 a 11 para o time de verde, mas o período de abertura terminou em 20 a 14.

O ritmo brasileiro caiu no segundo período e os adversários passaram a comandar o jogo. Quando os argentinos chegaram à dianteira (27 a 26), o técnico Rubén Magnano parou a partida e pediu mais tranquilidade à Seleção. "Estamos jogando com muita pressa", disse. A parada surtiu efeito e o Brasil conseguiu se pôr à frente mais uma vez, terminando o primeiro tempo com apenas um ponto de vantagem: 33 a 32.

A seleção brasileira voltou mais agressiva no segundo tempo e logo fez 9 a 0 no período, mas perdeu a intensidade quando Magnano promoveu substituições, para testar o banco de reservas. Saíram Alex, Spliter e Marquinhos para as entradas de Leandrinho, Varejão e Marcelinho Machado, que não conseguiram manter o bom rendimento do time titular. Os argentinos conseguiram empatar o período, mas na soma do jogo, Brasil vencia por 49 a 48.

O time brasileiro permaneceu melhor no último período, mas faltou definir melhor quando estava próximo à cesta. A defesa foi bem e a Argentina não ameaçou virar o jogo. A partida terminou de forma tranquila para o Brasil, que venceu por 68 a 59.

Sequência da preparação

O Brasil faz uma série de amistosos durante este e o próximo mês, e o Boleiros da Arquibancada irá acompanhar. O calendário é aberto com o Super Desafio de Basquete, entre 31 de julho e 2 de agosto. Depois, o Brasil joga em Buenos Aires, contra Argentina e México, entre os dias 9 e 11 de agosto. A sequência também inclui um amistoso contra os Estados Unidos, assim como na preparação para última Olimpíada, e dessa vez em Chicago, no dia 16. O Brasil viaja para a Europa logo depois, para jogar contra Lituânia e Irã, de 21 a 23 de agosto. A estreia na Copa do Mundo será no dia 30 de agosto, contra a França.

Os grupos do Mundial (avançam os quatro primeiros de cada chave)

A: Brasil, Egito, Espanha, França, Irã e Sérvia
B: Argentina, Croácia, Filipinas, Grécia, Porto Rico e Senegal
C: Estados Unidos, Finlândia, Nova Zelândia, República Dominicana, Turquia e Ucrânia
D: Angola, Austrália, Coreia do Sul, Eslovênia, Lituânia e Máxico

Argentina 68x59 Brasil

Argentina: Prigioni, Mata, Nocioni, Gutierrez e Bartolin. Entraram: Gallizzi, Richotti, Campazzo e Herrman. Técnico: Julio Lamas

Brasil: Marcelinho Huertas, Alex, Marquinhos, Nenê e Tiago Splitter. Entraram: Marcelinho Machado, Raulzinho, Hettsheimeir, Larry Taylor, Leandrinho e Anderson Varejão. Técnico: Rubén Magnano
Data: 02/08/2014

Horário: 10h
Local: ginásio Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro 1: Fernando Serpa Oliveira
Árbitro 2: Fabio Kover
Árbitro 3: Francisco Tandu

0 comentários :

Postar um comentário