domingo, 24 de agosto de 2014

Deca!

Brasil domina Japão, supera terceiro set equilibrado e fica com o décimo título do Grand Prix de vôlei feminino

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

24/08/2014 – Uma fase de grupos espetacular e apenas uma derrota, no tie-break, na fase final. É com essa campanha que a seleção brasileira feminina de vôlei alcançou sua décima conquista no Grand Prix. Porém, graças à derrota para a Turquia na estreia na fase final, em Tóquio, o Brasil enfrentou as japonesas, donas da casa, precisando de uma vitória por 3 a 0 ou 3 a 1 neste domingo para ficar com o título. E em mais uma grande atuação, o resultado veio: 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/18 e 27/25, e o Brasil conquistou o decacampeonato.

10 vezes Brasil!
(Foto: FIVB/Divulgação)
Mesmo diante da famosa defesa japonesa e do novo estilo de jogo das orientais, que jogam com apenas uma central e quatro ponteiras, o Brasil foi soberano nos dois primeiros sets. Depois da longa parada antes da terceira parcial, a seleção brasileira perdeu parte da concentração e teve que lidar com uma reação japonesa, o que trouxe emoção para o final da partida. Mas no final deu Brasil, defendendo a conquista do ano passado e garantido o décimo título.

Com 16 acertos, a oposta Sheilla foi a maior pontuadora do Brasil e da partida. No Japão, Ishii foi o destaque, com 10.

Além de 2014, o Brasil também foi campeão do Grand Prix em 1994, 1996, 1998, 2004, 2005, 2006, 2008, 2009 e 2013. A seleção brasileira encerrou a fase final com 13 pontos (4 vitórias em 5 jogos), seguido pelo Japão, com 12 pontos. O bronze ficou com a Rússia, que derrotou a China por 3 a 2 e chegou aos sete pontos, mesma pontuação da Turquia. As chinesas terminaram com seis pontos e a Bélgica não pontuou.


O jogo

A partida começou tensa e parecia que o Brasil não ia conseguir pontuar, mas com paciência e eficiência, logo as brasileiras passaram à frente e pareciam controlar cada lance. A incansável defesa japonesa e Saori Kimura foram os fatores de resistência japoneses, mas a pressão brasileira foi maior. Com disciplina tática, o Brasil fechou em um tranquilo 25 a 15.

O Japão voltou desconcentrado e com problemas na recepção, o que foram fatores a mais para fazer com que o Brasil dominasse o set. As brasileiras se complicaram em alguns erros, mas as japonesas não souberam aproveitar todas as oportunidades. Melhor para as visitantes, que fizeram 25 a 18, ficando a um set do título.

No terceiro set, a regularidade e o equilíbrio falaram mais alto. As japonesas chegaram a liderar e a ditar o ritmo da partida diante dos erros adversários. O Brasil reagiu antes da segunda parada técnica, passou à frente, mas não teve facilidade. A parcial foi tensa e a seleção brasileira ganhou na raça, por 27 a 25.

Ficha do jogo:

Brasil 3x0 Japão
25/15, 25/18 e 27/25

BRASIL:
Começaram: Dani Lins (4), Sheilla (16), Jaqueline (9), Fernanda Garay (3), Thaísa (6) e Fabiana (10) Líbero: Camila Brait.
Entraram: Monique (0).
Técnico: José Roberto Guimarães

JAPÃO:
Começaram: Miyashita (0), Nagaoka (3), Ishii (10), Kimura (9), Shinnabe (6) e Ono (2). Líbero: Tsutsui.
Entraram: Nakamichi  (1), Takada (3), Yamaguchi (2) e Ishida (3), Ebata (10), Uchiseto (0).
Técnico: Masayoshi Manabe


Local: Ariake Collesium, em Tóquio (Japão) 
Público: 8000 
Data: 24/08/2014 
Horário: 7h15 (de Brasília)

0 comentários :

Postar um comentário