segunda-feira, 21 de julho de 2014

Tetra

Brasil conquista quarto título do Mundial Feminino Universitário de Futsal 2014, batendo a Espanha

Do site oficial da Confederação Brasileira de Desporto Universitário.

21/07/2014 - Neste domingo (20), como era esperada, a final feminina do 14º Campeonato Mundial Universitário de Futsal 2014 foi um show de habilidade e emoção entre Brasil e Espanha. As brasileiras enfrentaram as espanholas na casa delas. O Ginásio Arguelles, localizado no distrito de Antequera, em Málaga, estava lotado com o público torcendo contra o Brasil, mas nossas meninas, atuais campeãs do Mundial, souberam administrar toda a pressão para fechar o placar da partida em 3 a 1 e sair da competição como únicas tetracampeãs.

Parabéns às nossas meninas. Tetracampeãs do Mundial de Futsal. 
(Foto: Everton Melo)

Desde a introdução do torneio feminino no Mundial, em 2008, o Brasil foi campeão em todas as edições (Vitória 2008, Novi Sad 2010, Braga 2012 e Málaga 2014). Na Espanha, Caroline Silva foi um dos destaques da campanha vitoriosa do Brasil durante toda a competição. Na final, a jogadora paulista marcou um dos 3 gols do tetra e também foi escolhida uma das 5 melhores jogadoras do Mundial. “A sensação é a melhor possível. Estamos muito felizes. O campeonato foi batalhado, tivemos pouco tempo de treinamento juntas, mas com muita garra e dedicação conseguimos este tetracampeonato. Obrigada a todos que torceram por nós”, disse Caroline.

Outro destaque da seleção brasileira foi a catarinense Vanessa Pereira, capitã artilheira da competição. A jogadora esteve presente em todas as conquistas do Brasil, desde 2008. "Fico feliz em dobro. Lutamos para tentar colocar o futsal feminino no lugar onde ele merece. Esse tetracampeonato só valoriza o nosso trabalho e faz as pessoas enxergarem que existem outras modalidades no Brasil", destacou Vanessa.

Eder Popiolski comandou a equipe vitoriosa em Málaga, junto com João Coelho, Wilson Saboia e Denis Peres (Fisioterapeuta) na comissão técnica do time feminino do Brasil. “Foi uma trajetória árdua. Começamos nosso trabalho a partir dos clubes e universidades representados no país. O trabalho no futsal feminino brasileiro nesses espaços é muito bom. Ganhar quatro mundiais já é marca de referência”, explicou Eder.

Seleção masculina ficou com a medalha de prata

No torneio entre os homens, a seleção brasileira conseguiu a medalha de prata do Mundial, após a disputa da final contra a Rússia, também neste domingo (20). O Brasil saiu na frente com o placar de 2 a 0 no primeiro tempo. No começo da segunda metade ampliamos a vantagem para 3, mas a forte marcação dos russos com a ajuda de 4 faltas convertidas em gols complicaram a situação para o Brasil. Houve várias expulsões durante todo o jogo marcado por adversidades encontradas pelos brasileiros em relação a arbitragem. O placar final terminou em Rússia 8 x 5 Brasil.

Nossa equipe é pentacampeã do torneio, título conquistado na Sérvia, em 2010. Jonny Gomes, nº9 do Brasil, comentou sobre a conquista da medalha de prata. “O resultado não foi o esperado, mas a dedicação de todos foi bacana. Lutamos até o último segundo. Quem acompanhou o jogo viu o que aconteceu. Infelizmente sentimos muito a influência da arbitragem na partida que dispersou o time e os russos começaram a marcar os gols”, disse Jonny. O paulista foi escolhido um dos 5 melhores jogadores do Mundial, junto com o também brasileiro, Felipe Costa.

A 14ª edição do Campeonato Mundial Universitário de Futsal 2014 aconteceu de 13 a 20/07, na cidade de Málaga, Espanha. Participaram da competição 24 países (16 equipes masculinas e 8 femininas). A delegação brasileira formada por 26 atletas (13 homens e 13 mulheres), 3 oficiais, 2 fisioterapeutas e 1 assessor de imprensa teve o apoio da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e do Ministério do Esporte para custear todas as despesas necessárias para competir.

0 comentários :

Postar um comentário