quinta-feira, 17 de julho de 2014

Só falta confirmar

Atlético vence Lanús fora de casa e está próximo de conquistar novo título continental

De Belo Horizonte. 
Por Matheus de Oliveira. 

17/07/2014 - Somente algo muito fora do habitual tomará do Atlético a taça da Recopa Sul-Americana na semana que vem. A vitória por 1 a 0 sobre o Lanús no jogo de ida da decisão, na noite dessa quarta-feira (16), deixou os mineiros em ótima situação, já que o triunfo veio no Estádio La Fortaleza, em Lanús, na Argentina. O primeiro golpe foi dado com o gol número 99 de Diego Tardelli pelo clube e, em Belo Horizonte, só resta aos alvinegros confirmar o favoritismo ainda mais acentuado após o primeiro resultado. Basta um empate na próxima partida para garantir o caneco.

O jogo de volta será na próxima quarta-feira (23), às 22h, no Mineirão. Mas antes, o Galo reinicia sua campanha no Campeonato Brasileiro, diante do Bahia no sábado (19), às 18h30, no Independência.


O jogo

O início de jogo foi empolgante, com bons ataques das duas equipes. O Atlético chegou com Maicosuel duas vezes. Na primeira, o meio-campista foi impedido de chutar. Noutra, chutou para defesa tranquila e Marchesín, aos seis minutos. O Lanús respondeu em seguida, em perigosa cabeçada de González.

Aos oito, Ronaldinho teve a grande chance da etapa inicial, ao ficar cara a cara com Marchesín, que abafou e fez boa defesa. Dois minutos depois, Santiago Silva arriscou e quase acertou.

A partir daí, nada de efetivo criou-se. O equilíbrio perdurou até o fim dos 45 minutos iniciais, com as equipes sem conseguir chegar ao gol adversário. Destaque negativo para o lateral-esquerdo do Galo, Emerson da Conceição, que quando tinha a posse de bola, era praticamente certo que logo passaria para os pés de um oponente.

Segundo tempo

Levir Culpi voltou com Guilherme e Jô nos lugares de Ronaldinho e André, respectivamente. A saída de R10 deu-se pela fraca atuação no período anterior, enquanto a de André por também pouco ter acrescentado, mas também porque Jô é o titular da posição e só não começou o jogo pela falta de ritmo de jogo, adquirida por pouco atuar pela seleção brasileira na Copa do Mundo.

Jô teve uma grande oportunidade, mas na saída de Marchesín, mandou por cima do gol. Os argentinos quase abriam o placar em cobrança de falta de Velázquez, que passou rente à meta atleticana.

A rede argentina só foi balançada aos, 21 minutos. Marcos Rocha cobrou lateral para Jô, que passou a Guilherme na entrada da área. O meia girou e deixou Diego Tardelli em ótima situação para marcar e ele não desperdiçou.

O centraovante Jô teve mais uma chance, salva por Marchesín. No rebote, Guilherme mandou na rede pelo lado de fora. Melhor em campo, O Galo teve mais chance de ampliar do que de levar o empate.

Ficha do jogo:

Lanús 0x1 Atlético-MG

LANÚS:
Marchesín; Araujo, Gómez, Braghieri e Velázquez; González, Somoza e Ayala (Ortiz); Melano (Acosta), Santiago Silva e Benítez (Alejandro Silva).
Técnico: Guillermo Barros Schelotto

ATLÉTICO:
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho (Guilherme), Maicosuel e Diego Tardelli; André (Jô).
Técnico: Levir Culpi

Motivo: jogo de ida da final da Recopa Sul-Americana
Local: Estádio La Fortaleza, em Lanús (Argentina)
Data: 16/07/2014,
Horário: 22h (de Brasília)

Árbitro: Antonio Arias (PAR)
Auxiliares: Carlos Cáceres (PAR) e Darío Gaona (PAR)

Cartões amarelos: Velázquez e Benítez (Lanús); Jemerson, Emerson Conceição, Pierre e Guilherme (Atlético)

0 comentários :

Postar um comentário