terça-feira, 8 de julho de 2014

Resta lamentar

'Pior dia da minha vida', diz Felipão. Treinador lamentou "descontrole" no primeiro tempo da partida

De Belo Horizonte.
Por Agência ANSA.

08/07/2014 - "Sou eu". Com apenas duas palavras, Luiz Felipe Scolari simplificou a resposta sobre quem é o responsável pelo massacre no Mineirão. Em entrevista coletiva após a derrota por 7 a 1 para a Alemanha, o treinador da seleção brasileira assumiu toda a culpa pelo resultado e disse que hoje (9) foi o pior dia de sua vida.

"O resultado catastrófico pode ser dividido por todo o grupo, até porque os jogadores querem isso. Mas o responsável pelas escolhas táticas e técnicas sou eu", declarou. Segundo Felipão, o jogo estava igual até o primeiro gol europeu, que foi marcado logo aos 10 minutos. Depois, entre os 20 e os 30, os alemães fizeram mais quatro e confirmaram a vitória rapidamente.

"O que aconteceu é muito diferente daquilo que temos e daquilo que jogamos. Até o primeiro gol, o jogo estava praticamente idêntico. Foi um descontrole, isso não é normal, mas acontece", acrescentou. Scolari ainda pediu desculpas ao povo brasileiro pelo vexame, mas garantiu estar consciente de que a equipe deu o seu melhor e perdeu para um grande adversário.

O treinador também afirmou que vai continuar trabalhando em busca do terceiro lugar no Mundial e se negou a falar se continuará no cargo após o torneio. "Isso não é assunto para mim", completou. (ANSA)

0 comentários :

Postar um comentário